Rio das Ostras marca presença na premiação dos vencedores da Olimpíada de Matemática



Estudantes da rede pública de todo o País receberam medalha de ouro em cerimônia realizada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Os investimentos continuados na Educação renderam mais um prêmio para a Rede Municipal de Rio das Ostras, dessa vez na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Durante a Cerimônia Nacional de Premiação realizada nesta quarta-feira, dia 19, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, o aluno Enoque Edson Almeida Marinheiro recebeu medalha de ouro. A entrega das medalhas foi feita pelos ministros da Educação, Aloizio Mercadante, e da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp.
“Um aluno da rede municipal de Rio das Ostras vencer uma competição que reúne 19 milhões de participantes é motivo de orgulho para a cidade. A conquista da medalha é importante para o currículo do estudante, que ainda ganha uma bolsa de iniciação científica, e também um importante estímulo para o professor. Percebemos que o trabalho bem feito em sala de aula aumenta as perspectivas e contribui para elevar a autoestima dos nossos jovens”, afirma a secretária municipal de Educação, Andrea Machado, que participou da premiação.


Vencedor da edição 2012 da OBMEP como aluno do 7º ano da Escola Municipal Francisco de Assis Medeiros Rangel, Enoque conta que a premiação foi emocionante. “Fiquei muito feliz com essa conquista. É algo que vou levar para a vida toda e vai me abrir muitas portas. Sempre gostei muito de Matemática e planejo cursar Engenharia Civil ou Química”, conta o estudante de 13 anos.

CERIMÔNIA NACIONAL – Foram distribuídas 500 medalhas de ouro aos finalistas que competiram entre mais de 19 milhões alunos de 46.728 escolas públicas brasileiras. Durante a cerimônia, Mercadante anunciou que os medalhistas poderão participar do Programa Quero Ser Cientista, Quero Ser Professor sem ter que passar por processo seletivo. O programa dará 100 mil bolsas de estudo nas áreas de química, física, matemática e biologia. O ministro disse ainda que as universidades federais vão dar apoio à iniciativa para servirem de estímulo adicional aos alunos, que ele chamou de elite da matemática brasileira.
Essa oitava edição, realizada em duas fases, premiou também 901 alunos com medalhas de prata, 3.102 com medalha de bronze e 40.929 com menções honrosas.

OBMEP 2013 – A primeira etapa da OBMEP 2013 em Rio das Ostras, que aconteceu no dia 4 de junho, foi aplicada em 13 escolas municipais para 1.542 alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental (Nível I), 963 dos Anos Finais (Nível II) e 123 do Ensino Médio. A segunda etapa da prova será em 14 de setembro. O resultado final está previsto para o dia 29 de novembro.
Além de medalhas de ouro, prata e bronze, os alunos que se destacam na OBMEP têm a oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica Júnior. A iniciativa tem duração de um ano e as atividades do programa envolvem tanto encontros presenciais quanto a participação em um Fórum Virtual que possibilita o contato, via internet, com estudantes de todo o País que se interessam por Matemática. 
0