Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







domingo, 21 de julho de 2013

Bom dia! Confira as principais notícias dos jornais e revistas deste domingo, 21 de julho. Cabo Frio promove hoje mais uma edição do 'Arraiá GLS'

Evento promovido pelo Grupo Iguais tem direito a casamento gay.
Haverá arrecadação de fundos para instituições filantrópicas.

Do G1 Região dos Lagos
O Arraiá dos Iguais, em Cabo Frio, é destinado ao público GLS (Foto: Divulgação/Grupo Iguais)O Arraiá dos Iguais, em Cabo Frio, é destinado ao público GLS (Foto: Divulgação/Grupo Iguais)
O “Arraiá dos Iguais”, promovido pelo Grupo Iguais, chega à sua 6ª edição em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. O evento será neste domingo (21), no Campo de Futebol da Gamboa (atrás do Colégio Municipal Elicéia da Silveira), a partir das 17h.


O "Arraiá dos Iguais" é uma festa julina com muitas comidas típicas, quadrilha, barraca do beijo, correio do amor e muita música ao vivo/eletrônica. Apenas uma característica o torna diferente das demais arraiás: a festividade é voltada ao público GLS (gays, lésbicas e simpatizantes) e totalmente adaptado a ele.Quem for ao local prestigiar o evento precisará contribuir com a quantia de R$ 5, que serão destinados ao caixa da instituição, que oferece diversos atendimentos sociais gratuitos à população. Além da entrada, o "Grupo Iguais" cedeu duas barracas no evento, uma para o "Lar Esperança" e outra para as "Amigas da Mama de Cabo Frio", instituições que atendem e até abrigam portadores do vírus HIV e do câncer de mama na cidade, para arrecadar fundos para as mesmas.
A programação da festa começa às 17h com muita animação. Às 18h30 haverá apresentação de quadrilha e, a partir das 20h, shows com Gisele Ferreira, Jozana Senna e Banda Korda Solta, além da irreverência da drag humorista Suzy Brasil e da top drag queen Mikaella. Presenças confirmadas também dos DJ’s Petersen e Morgana, que agitam o fim de noite a partir das 21h30.
Informações  sobre o evento podem ser obtidas pelo site do Grupo Iguais ou pelo e-mail:  arraiadosiguais@grupoiguais.org.br.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S.Paulo

Tombini diz que falta de confiança abala economia
O Globo

Jornada Mundial da Juventude: Entre bênçãos e protestos
Valor Econômico
Correio Braziliense

Os desafios do papa no Brasil
Estado de Minas

Economia a serviço do seu bolso
Zero Hora

Telefonia segue no topo da lista de reclamações
*
Veja

O papa dos pobres
Época

10 lições de vida do papa
IstoÉ

O propinoduto do tucanato paulista
Carta Capita

O papa renovador
*
Jornais internacionais
The New York Times (EUA)
Bancos lucram bilhões com estocagem de alumínio
The Washington Post (EUA)
EUA mudam drones para novas fronteiras
Le Monde (França)
Francisco, um papa não conformista em um Brasil em ebulição
El País (Espanha)
"Rajoy não poderá governar sem explicar o 'caso Bárcenas' no Congresso"
Clarín (Argentina)
Mais provas ligam Milani à repressão ilegal


--------------------------------------------------------------------------------------
O Globo

Manchete: Jornada Mundial da Juventude: Entre bênçãos e protestos
Papa chega amanhã com megaesquema de segurança, no segundo teste de grandes eventos no Rio

Após manifestações, PF dobra o número de policiais que farão a proteção pessoal do Pontífice e infiltra agentes em encontros públicos

Eleito em março, o Papa Francisco inicia amanhã sua primeira viagem internacional pelo Rio, onde se encontrará com jovens de todo o mundo em meio a um megaesquema de segurança por causa da onda de protestos.

A PF dobrou o número de homens na proteção pessoal do Pontífice, e a visita mobilizará mais de 28 mil agentes de segurança. Conhecido pela simplicidade, Francisco deve marcar sua jornada pela proximidade com o povo. (Pág. 1 e Caderno Especial)

Jovens agora esperam mudanças (Págs. 1 e 10)

Tudo sobre a programação da visita (Págs. 1, 6 e 7)
Caetano Veloso
Da janela do Leblon, conversa sobre as manifestações. (Págs. 1 e segundo caderno)
Empresa de projetos está sob suspeita
A EBP, responsável pelos projetos dos 162 portos que serão licitados, de aeroportos e de rodovias, se tornou uma gigante do setor e é alvo de processos no TCU e no Ministério Público. Concorrentes questionam sua ligação com o governo. (Págs. 1 e 27)
Violência aumenta onde renda cresce
Estados que aumentaram sua renda per capita de 2001 a 2011, sobretudo nas regiões Morte e Mordeste, tiveram um efeito indesejado: o crescimento do índice de mortes violentas (como homicídios e acidentes de trânsito), revelam Antônio
Gois e Marcelle Ribeiro, com base em dados do IBGE e do Ministério da Saúde. Para especialistas, as mudanças sociais e econômicas nesses locais não foram acompanhadas de uma melhoria da estrutura de segurança pública. (Págs. 1 e 3)
Maracanã: padrão Fifa do lado de fora
O Fluminense x Vasco de hoje, primeiro clássico do Maracanã após a Copa das Confederações, só terá padrão Fifa do lado de fora, com a interdição de dez ruas. Dentro, serão permitidos bumbo, bandeiras e torcer sem camisa. (Pág. 1 e caderno esportes)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Tombini diz que falta de confiança abala economia
Para presidente do BC, é preciso retomar ‘processo de recuperação gradual’ e pede clareza sobre ajuste fiscal

O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, diz que é necessário retomar a confiança das pessoas na economia. Em entrevista a David Friedlander e Ricardo Grinbaum, afirmou que o processo de retomada do crescimento foi prejudicado. “É necessária uma reversão dessa confiança para a economia continuar no processo de recuperação gradual”, diz o presidente do BC, para quem o combate à inflação faz parte desse esforço. Para ele, só assim serão retomados os investimentos. Mesmo afirmando que a decisão de cumprir a promessa de fazer um ajuste nas contas públicas não passa pelo Banco Central, Tombini entende que o governo não pode deixar dúvidas sobre suas intenções e assumir um compromisso. “O importante é que o governo defina. E, quando definir, forneça um detalhamento à sociedade sobre como isso será alcançado.” (Págs. 1 e Economia B1)

Alexandre Tombini
Presidente do BC
“Hoje (a política fiscal do governo) é expansionista. Está na ata. Eu não poderia contradizer a própria ata, que ainda está fresca"
Ministro do TCU muda certidão e fica 2 anos mais novo
O ministro do TCU Raimundo Carreiro mudou a data de nascimento de setembro de 1946 para o mesmo mês de 1948 e, com isso, adiou a aposentadoria compulsória aos 70 anos, revela Fábio Fabrini. Carreiro, que obteve na Justiça o direito de alterar o registro, pode se tornar presidente do TCU em 2016. Ele diz que não teve “tempo nem dinheiro” para mudar o documento antes de entrar no tribunal. (Págs. 1 e Política A4)
Visita do Papa: Francisco fará 16 roteiros em carro aberto
O roteiro do papa Francisco no Brasil prevê 16 roteiros em carro aberto, segundo informa Jamil Chade. Ele vai ficar mais de três horas exposto à multidão. É a primeira vez, em mais de 30 anos, que um papa circulará em jipe aberto fora de Roma. O roteiro, segundo a Santa Sé, está pronto há uma semana e não houve mudanças. (Págs. 1 e A22)

Faltam padres no Nordeste

Dados oficiais da Igreja mostram que a região mais católica do País, o Nordeste, é a que menos tem padres em relação ao tamanho da sua população. 0 Rio tem a maior diversidade religiosa. (Págs. 1 e A16)
Em carta ao PT, Dilma diz que sabe ouvir
Como forma de tentar contornar o mal-estar criado com sua ausência em reunião do Diretório Nacional do PT, a presidente Dilma Rousseff enviou ontem carta endereçada aos “caros dirigentes” e “querida militância”, onde diz que sabe ouvir e que está disposta ao diálogo com a bancada. Ela defendeu o plebiscito e a reforma política. (Págs. 1 e Política A5)
Mais Médicos: Programa atrativo
Mais de 900 profissionais estrangeiros se inscreveram no site do Ministério da Saúde para as 10 mil vagas abertas no Brasil, relata Andrei Netto. Mas, para médicos brasileiros no exterior, como Zelma Barros, o programa é uma oportunidade de voltar para p País. (Págs. 1 e Metrópole A25)
Ativistas pedem uma ‘democracia digital’ (Págs. 1 e Política A8)

Investigação ameaça Rajoy na Espanha (Págs 1 e Internacional A10)

Extorsão rende R$ 2 mi a agentes do Denarc (Págs. 1 e Metrópole A26)

Sem candidato, direita chilena revê estratégia (Págs. 1 e Internacional A12)

Fábio Porchat
Caos aéreo

Alô, Renan? Então, eu tava tentando ligar pra FAB pra saber itinerário, escala de voo, disponibilidade e tal, mas tá dando ocupado. (Págs. 1 e Caderno 2, C4)
Notas & Informações
A visita do papa Francisco

A mobilização proporcionada por Francisco quer provar que é possível renovar a Igreja. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Os desafios do papa no Brasil
Proteção “para os jovens que vão se reunir para a Jornada Mundial da Juventude”, rogou o papa Franciso em um de seus últimos compromissos antes de embarcar para o encontro. O pontífice chega com a missão de revitalizar a força da igreja em um momento de turbulência política no país. Esquema de segurança da visita conta com 18 mil homens

Dilma falta a reunião do PT para discutir segurança

Todos os detalhes da festa no Rio de Janeiro

Mil brasilienses de malas prontas rumo ao evento

(Págs. 1, 2 a 5, 28, Visão do Correio, 14)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Machete: Economia a serviço do seu bolso
Aprender atividades como cozinhar e cortar cabelo vira alternativa para driblar alta de preços e reduzir gastos

O reajuste acima da inflação nos preços dos serviços está provocando mudanças significativas de perfil de consumidores a fim de aliviar o orçamento doméstico. Comer em restaurantes ou pagar manicure, por exemplo, ficou 5,32% e 6,11% mais caro, respectivamente, no primeiro semestre, bem acima do IPCA de 3,10% no período. Cliente assídua de salões de beleza, a bacharel em direito Ana Cláudia Santana percebeu a alta generalizada e decidiu reduzir despesas. Aprendeu a se maquiar, fazer sobrancelhas e cortar cabelos, inclusive dos pais. “Eu tinha cadeira cativa no salão, mas aprendi a fazer tudo em casa e hoje economizo R$ 500 por mês”, diz. (Págs. 1 e 12)
Patrimônio: Urbanização é ameaça a joias coloniais
O crescimento desordenado causado por construções irregulares, loteamentos, trânsito pesado, poluição visual e atmosférica, entre muitos outros problemas, põe em risco o patrimônio de cidades históricas mineiras. Em Ouro Preto, a proposta de construção de um túnel de 270 metros no Centro Histórico é alvo de investigação do Ministério Público. (Págs. 1, 21 e 22)
Che Guevara na mira da ditadura
Documento arquivado no Departamento de Ordem Política e Social (Dops), em Belo Horizonte, revela alerta do governo militar para a possibilidade de atuação do guerrilheiro no Brasil em 1966, um ano antes de ser assassinado na Bolívia. (Págs. 1 e 8)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Trânsito mais livre na base da conversa
O JC foi ao Rio conhecer a experiência com controladores de trânsito, que o Recife adotará ainda este ano. Sem direito a multar, arma dos agentes será diálogo para orientar motoristas. (Pág. 1 e Cidades 4 e 5)
------------------------------------------------------------------------------------
Veja

Manchete: O papa dos pobres
O significado de ter Francisco entre nós em um momento explosivo para a Igreja Católica e para o Brasil.
------------------------------------------------------------------------------------
Época

Manchete: 10 lições de vida do papa
A humildade de Francisco ilumina a todos nós - e seu exemplo inspira o Brasil em crise

A pompa e a modéstia na história do catolicismo

Os riscos para a segurança durante a visita papal
Exclusivo: O delegado que segurou uma investigação sobre a campanha de Dilma (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
ISTOÉ

Manchete: O propinoduto do tucanato paulista
Como funciona o esquema de corrupção montado há quase 20 anos para desviar dinheiro das obras do Metrô e dos trens metropolitanos de São Paulo

Documentos exclusivos mostram as conexões em paraísos fiscais, pagamento para empresas de fachada e saques na boca do caixa

O cartel envolve multinacionais e já arrecadou pelo menos US$ 50 milhões
Tortura: Por que o Brasil mantém em suas delegacias as mesmas práticas que massacraram presos políticos (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
ISTOÉ Dinheiro
capa
Manchete: O jogo duvidoso do BNDES
Investimentos contestados, apostas perdidas, prejuízos bilionários e a ameaça de uma CPI para investigar a estratégia do banco de fomento colocam em xeque a gestão de Luciano Coutinho à frente do cofre de R$ 715 bilhões para financiar o setor produtivo. Ele está fazendo as escolhas certas?
Cartel: por que a Siemens denunciou o esquema do metrô (Pág. 1)

Detroit: A capital do automóvel pede concordada (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
Carta Capital

Manchete: O papa renovador
Francisco vem ao Brasil aos cem dias de pontificado já deu muitos passos à frente.
Amapá: de denunciante, o Ministério Público vira denunciado (pág. 1)

Mino carta: Dilma Rousseff precisa de novos conselheiros (pág. 1)

Economia: A pasmaceira da indústria atinge também o comércio (pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
EXAME

Manchete: Colapso
Os 7 erros capitais de Eike Batista - e o que aprender com eles

Por que o banco BTG, de André Esteves, não conseguiu salvar o grupo X

Como Eike se tornou um pesadelo para os investidores da Bovespa
Marina Silva: O que ela pensa sobre a economia brasileira (Pág. 1)

A força do interior: Os novos polos de riqueza do Brasil (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Telefonia segue no topo da lista de reclamações 
Um ano depois de operadoras retomarem licença para vender novos planos, Anatel aprova investimentos, mas usuários não veem melhora na qualidade do serviço. (Págs. 1 e Dinheiro)
O redesenho do poder
Congresso tenta retirar reforma política do papel

Em série de reportagens, ZH analisa pontos que podem transformar o sistema político brasileiro. (Págs. 1, 4 a 8, 10 - Rosane de Oliveira e 12 - Editorial)

Uma discussão sobre o voto facultativo.
O papa no Brasil: Expectativa de gestos e declarações fortes (Págs. 1 e 27 a 30)

------------------------------------------------------------------------------------

Postar um comentário