Cabo Frio: encerradas as inscrições para o “Pronatec Copa”

Projeto gera oportunidade de qualificação para trabalho nos serviços turísticos em Cabo Frio
 Texto e fotos: Telma Flora 
Foram encerradas na segunda-feira (29/07), as pré-matrículas para os cursos de Camareira e Recepcionista em Meios de Hospedagem do Pronatec Copa, em Cabo Frio. De acordo com o responsável pelas inscrições, o turismólogo Willian Bruce, foram inscritos 48 candidatos para o curso de recepcionista e 38 para o curso de camareira.

 - Já prevíamos uma boa demanda em virtude dos contatos que foram mantidos antes do início do cadastramento dos candidatos aqui na secretaria de Turismo. Vale ressaltar, que há uma expectativa para que novos cursos sejam ofertados através do SENAC, afim de que os mesmos possam trazer aos interessados a qualificação que os levará á uma nova oportunidade, como forma de desenvolver o turismo em nossa cidade e região - informou o turismólogo.



Segundo William, foi observado que a maior parte dos candidatos inscritos nos cursos do Pronatec se encontra sem emprego.

- Constatei que os mesmos sentem uma vontade e ao mesmo tempo uma expectativa de um futuro melhor por serem inseridos no programa de qualificação do Programa do Ministério do Turismo. O objetivo maior, como os eventos como a Copa do mundo, olimpíadas e paralimpíadas abrirá um leque de oportunidades para aqueles que estarão qualificados para trabalhar no setor de hospedagem – disse.

De posse da carta de encaminhamento, o candidato deve ir diretamente a uma Agência da Caixa Econômica Federal ou lotérica para abrir uma conta, onde serão depositados os valores de ajuda de custo do curso de acordo com a frequência.

- Em seguida o candidato irá ao SENAC para fazer a matrícula e aguardará em casa a chamada para o curso pretendido, acessando a internet e visualizando o seu e-mail diariamente - explicou William Bruce.

O Programa tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar as ofertas de cursos de educação profissional e tecnológica para alunos brasileiros. O projeto irá qualificar profissionais do setor turístico de Cabo Frio e região.

O prazo para fazer a matrícula no SENAC, para curso de recepcionista, terminará no dia 1º de agosto e para o curso de camareira, no dia 2 de agosto.

O início das aulas também acontece em duas etapas: para camareira em 13 de agosto e para recepcionista no dia 12 de agosto, de terça a sexta-feira, na Rua Fagundes Varela, 216 - São Cristovão - Cabo Frio – RJ.

De olho na Copa, maioria dos candidatos está sem emprego e quer se qualificar

Moradora do bairro Guarani, Janete Gomes dos Santos, 32 anos, trabalha atualmente com venda de salgados, mas seu objetivo é trabalhar na área de hotelaria como camareira e acredita que este curso será sua grande chance.
 

- Quero aprimorar, ter mais conhecimento na área; sempre quis fazer este curso e surgiu esta oportunidade. 
Maria da Consolação do Nascimento Neto, de 51 anos é moradora do bairro Algodoal e atualmente está desempregada. Segundo ela, sempre quis fazer o curso de camareira e já trabalhou na área de hotelaria em Angra dos Reis, como recepcionista.
 
- Soube do curso pelo site do SENAC e desejo aproveitar esta oportunidade. Minha expectativa é total, vou mergulhar de cabeça - afirma Maria. 
Com 53 anos, Nilza Marina Ullmann é copeira na rede hoteleira de Arraial do Cabo, mas mora em Cabo Frio, na Vila do Ar e soube do curso de camareira através de uma professora do SENAC.
 
- Estou querendo mudar de profissão, mas dentro da rede hoteleira, por isso estou buscando especialização. Não me identifico muito com cozinha, gosto mais de fazer arrumação, limpeza e organização e se Deus quiser está será uma oportunidade de eu vir trabalhar mais próximo de casa, na rede hoteleira de Cabo Frio - sonha a copeira Nilza. 
Atualmente desempregada, Luciana Aparecida Gonçalves Corrêa, de 42 anos é moradora do bairro da Gamboa.
 
- Trabalhava na área de saúde, em farmácia e agora sem emprego, vejo neste curso a oportunidade de aprender, me especializar na profissão e futuramente trabalhar na rede hoteleira na época da Copa, já que haverá muita gente em Cabo Frio - disse. 
Paulo Augusto Mariano da Silva, de 43 anos, mora no bairro Monte Alegre, e atualmente trabalha vendendo sanduíche natural na praia.
 
- Estou fazendo também curso de garçom e acredito que com o curso de recepcionista poderei criar meios de ganhos extras, aliando as duas profissões de garçom e recepcionista, num hotel em Cabo Frio de grande porte ou não.
 Thaylane Rezende da Silva tem 19 anos, e soube do curso através da fanpage da Secretaria de Turismo de Cabo Frio. Moradora do bairro Jardim Esperança, atualmente está desempregada e espera com o curso de camareira enriquecer o seu currículo. 
- Espero conseguir uma vaga na rede hoteleira porque está muito difícil de conseguir um emprego - acredita Thaylane.  
 
Com um filho de sete meses, e também desempregada, Débora Rodrigues de Souza Conceição, de 20 anos, é moradora do Parque Eldorado, e também vai fazer o curso de camareira. 
- Já tentei fazer este curso em Búzios, mas não consegui vaga e agora com esta oportunidade aqui em Cabo Frio, e com a proximidade da Copa e das Olimpíadas, acredito que vou entrar no mercado de hotelaria e turismo - afirma Débora.
0