Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







domingo, 21 de julho de 2013

Condutor de escuna que atropelou turista em Búzios, se apresenta

Banhista foi atropelado pela escuna na última sexta-feira (19).
Condutor da embarcação fugiu sem prestar socorro à vítima.


Do G1 Região dos Lagos
 Neste sábado (20) o condutor da escuna que atropelou um turista na última sexta-feira (19) na Praia da Azeda em Armação dos Búzios, Região dos Lagos do Rio, se apresentou à polícia. De acordo com a vítima João César, de 52 anos, ele estava nadando no momento do acidente e o condutor da embarcação teria fugido sem prestar socorro.
O comandante da escuna que atropelou o banhista informou que estava a uma distância de 50 metros da costa, o que contraria a legislação. Uma norma da Capitania dos Portos define o espaço entre as embarcações e a faixa de areia e pedras nas praias da região. Nas praias da Azedinha e Azeda a distância é de, no mínimo, 80 metros.


Para os frequentadores, as imprudências acontecem porque há falta de fiscalização. Um representante da Guarda Marítima informou que neste sábado (20) não havia fiscalização nas praias da Azeda e Azedinha porque os guardas foram desviados para uma ação em terra. Mas disse que a fiscalização acontece normalmente nos fins de semana nas cinco praias com maior movimento.
A secretaria de Meio Ambiente de Armação dos Búzios informou que aguarda o envio de equipamentos por meio de medidas compensatórias para que as embarcações de fiscalização possam navegar, mas não informou um prazo para isso. Segundo a secretaria de Ordem Pública,13 escunas e 33 táxis marítimos fazem passeios turísticos no município, mas nenhum está cadastrado na prefeituras.
Os proprietários das embarcações foram notificados no início do mês e a secretaria deu um prazo de 10 dias para se cadastrarem, mas apenas sete embarcações abriram o processo administrativo. As fiscalizações devem ser intensificadas a partir de segunda-feira (22).
Postar um comentário