Desfile cívico-militar vai contar a história dos 200 anos de Macaé

O evento vai mostrar Macaé do período colonial até os dias atuais. 
A estrutura será montada na Avenida Elias Agostinho, em Imbetiba.

Do G1 Região dos Lagos

Macaé 200 anos (Foto: Juranir Badaró/Divulgação)A semana foi de últimos ensaios das bandas
(Foto: Juranir Badaró/Divulgação)
A programação do desfile cívico-militar de comemoração dos 200 anos de fundação de Macaé, interior do estado do Rio de Janeiro, está definida. O desfile acontecerá na próxima segunda-feira (29), às 10h, na Avenida Elias Agostinho, no bairro Imbetiba. A concentração está marcada para as 8h30, na Avenida Agenor Caldas, também em Imbetiba.
A organização do desfile aguarda público superior a quatro mil pessoas. E para receber o público e as atrações, uma grande estrutura está sendo montada no local do desfile, que contará com a revista da tropa, que será realizada pelo prefeito Dr. Aluízio e pelo comando do Forte Marechal Hermes.


Neste ano, o desfile vai contar o bicentenário da cidade em três atos: Macaé Colonial, Macaé Imperial e Macaé República. E essa história será contada por grupos musicais da cidade, entre eles as bandas Corporação Luiz Reid, Veteranos de Macaé e Sociedade Musical Beneficente Lyra dos Conspiradores.
O desfile também contará com as corporações do Forte Marechal Hermes, 9° Grupamento de Bombeiros Militar, Guarda Civil Municipal, Guarda Sênior, Defesa Civil e Marinha do Brasil. Vão se apresentar a Coordenadoria da Terceira Idade, Asilo Casa do Idoso, Associação Macaense de Apoio aos Cegos (Amac), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Grupo de Escoteiros, Instituto Politécnico de Ensino, Lions Clube de Macaé, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Moto Clube, Projeto Nova Vida e a Escola Municipal de Artes Maria José Guedes. O último pelotão será dos representantes da secretaria de Educação.
Selo Macaé 200 anos (Foto: Divulgação/Secom Macaé)Selo Macaé 200 anos (Foto: Divulgação/Secom Macaé)
Estrutura
Banheiros químicos serão montados próximos à área de desfile para os moradores e participantes do evento. Lixeiras para coleta seletiva também serão montadas ao longo da área do desfile. Equipes da secretaria de Limpeza Pública ficarão responsáveis pela manutenção do local.

A Rua da Igualdade, em Imbetiba, será interditada devido às localizações das áreas de concentração e dispersão dos participantes dos desfiles. A secretaria de Ordem Pública vai utilizar câmeras para o monitoramento do evento. Ambulâncias serão disponibilizadas para atender a população. Os ônibus escolares estarão estacionados na rua ao lado do Forte Marechal Hermes, paralela à Rua da Igualdade, e nas adjacências.
0