Em Campos, suspeito de matar menina de 2 anos é morto no presídio do município

Confirmação foi da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária.
Corpo foi encontrado na manhã desta quarta-feira (31).

Priscila AlvesDo G1 Norte Fluminense
Mudinho suspeito de matar Gabriely (Foto: Divulgação/Polícia Civil)'Mudinho', suspeito de matar Gabriely, foi morto no
presídio (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Foi encontrado morto no presídio de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, o surdo-mudo Marcos de Souza Silva, conhecido como "Mudinho", de 21 anos. Ele foi preso, apontado pela polícia, após exame de DNA, como o homem que estuprou e matou a menina Gabriely Batista, de 2 anos, no dia 6 de julho, em Rio das Ostras (RJ). "Mudinho" foi transferido para Campos no dia 7 de julho, mas por ter sido flagrado furtando uma residência de Rio das Ostras.




Só depois é que ele começou ser apontado como suspeito do crime contra Gabriely, sendo necessário a coleta de material para exame de DNA, com autorização da Justiça.

Presídio Carlos Tinoco da Fonseca, em Campos (Foto: Priscila Alves / G1)Presídio Carlos Tinoco da Fonseca em Campos (Foto: Priscila Alves / G1)
O resultado do exame de DNA, com a confirmação, foi divulgado pela Polícia Civil nesta terça-feira (30) e a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), por meio de nota, afirmou que a morte do detento foi na manhã desta quarta-feira (31).
Menina sumida (Foto: Arquivo pessoal)
Gabriely Batista, de 2 anos, morta depois de
violência sexual (Foto: Arquivo pessoal)
 A perícia informou que o corpo estava no chão, com um lenço amarrado ao pescoço e com várias perfurações no crânio e nas costas. A Seap disse, ainda, que abriu uma sindicância interna para apurar as circunstâncias do crime e que aguarda o laudo cadavérico.

O corpo foi encaminhado no começo da tarde de quarta para o Instituto Médico Legal de Campos e o caso foi registrado na 146ª Delegacia de Guarus, distrito de Campos.
 
0