Homem é atropelado por escuna em Búzios

Embarcação passou por cima de braço de vítima. Polícia busca responsável
DIEGO VALDEVINO
Vítima teve escoriações no braço direito
Foto:  Divulgação
João César Ferreira Viana, 52 anos, funcionário público federal, foi atropelado por uma escuna por volta das 12h de ontem (20/7), na Praia Azedinha, em Búzios, na Região dos Lagos. Ele nadava em direção à Praia João Fernandes, A 30 metros de um costão rochoso, quando a embarcação de 80 passageiros o atingiu.

João prestou depoimento na 127ª DP (Búzios), onde o caso foi registrado como lesão corporal culposa. Os agentes buscam o responsável pela escuna.
Segundo ele, esse tipo de transporte só pode navegar a cerca de 200 metros da areia. A escuna passou por cima de seu braço, que ficou com escoriações. "Na hora, levei um susto e só deu tempo de tirar a cabeça, fiquei com o braço muito machucado, sangrando. Escapei da morte, foi um milagre. Na hora, fiquei atordoado dentro da água e apenas os turistas se preocuparam comigo, perguntando se estava tudo bem. A escuna não parou e não prestou socorro. Nadei até a areia, onde estavam minha esposa e filha, que ficaram assustadas", relatou a vítima.

    0