Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sábado, 31 de agosto de 2013

Apresentador da Record é vítima de atentado em frente à emissora

Ao ser deixado em frente da Record no Pará, o jornalista e apresentador da emissora, Raphael Polito, sofreu tentativa de homicídio. O caso aconteceu no início da tarde, quando um homem foi em direção ao profissional e tentou atingi-lo com uma facada. Pelo Twitter, Polito disse que está bem e contou como se livrou do criminoso.
0raphaelp2708Segundo Polito, treinamento de tae-kwon-do foi útil para se livrar de criminoso (Imagem: Arquivo pessoal)"Um criminoso me atacou com uma faca na porta da emissora. Percebi a aproximação traiçoeira dele pelo reflexo na porta do prédio. Lutamos e me defendi como pôde. Cheguei a derrubá-lo e ele se levantou para me atacar novamente. Foi quando o segurança saiu armado e perseguiu o bandido que queria me atingir pelas costas. Ele fugiu infelizmente e a polícia está atrás. Mas, estou receoso ao extremo e minha esposa extremamente abalada. Ela viu tudo do outro lado da rua, porque tinha acabado de me deixar na frente da TV em Belém", explicou.

De acordo com as informações, o homem que atacou o aprensentador vestia uma camisa do Corinthians e uma bermuda branca. Na fuga, ele deixou para trás as sandálias, que foram entregues à Seccional Urbana da Cremação, local onde o caso foi registrado. As imagens do circuito interno de segurança da TV Record e de outros prédios vizinhos poderão ser usados para ajudar nas investigações. "Obrigado aos amigos jornalistas pelo suporte e empenho. Estou bem, mas quero justiça. A violência não poupa ninguém".
O jornalista afirma que essa é a segunda vez que situações assim acontecem. O outro caso teria sido em São Paulo há alguns anos, o que causou o afastamento dele por algumas semanas. "A situação é grave. E mostra nossa vulnerabilidade. Jornalistas têm sido alvos frequentes. E a segurança está de longe próxima do ideal", lamentou.
Postar um comentário