Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sábado, 31 de agosto de 2013

Bom dia! Vamos com as principais notícias dos jornais deste sábado, 31 de agosto. Elvis está mais vivo do que nunca no Circuito da Música, hoje, em Cabo Frio. Tributo ao Rei do Rock começa a partir das 20 horas, com Edson Galhardi, no Largo São Benedito, bairro Passagem.






-------------------------------------------------------------------------------
O Globo

Zuenir Ventura
Caso dos médicos mostra que já foi mais fácil tomar partido. (Págs 1 e 19)
Manchete: Boa notícia: PIB sobe 1,5% e surpreende com alta em todos os setores
Expansão, porém, não deve se repetir no 3º trimestre. Consumo fica estagnado


"Quem não fica feliz com crescimento?", indagou a presidente Dilma, ao saber do resultado

A economia brasileira surpreendeu e registrou crescimento de 1,5% no segundo trimestre, acima das previsões das analistas. O avanço foi em todos os setores, mas a agricultura, as exportações e o investimento tomaram a vez do consumo como fator de expansão do PIB. O consumo das famílias ficou praticamente estagnado. Apesar disso, economistas alertam que o comportamento não deve se repetir no segundo semestre. O ministro Guido Mantega comemorou: "O fundo do poço foi superado não só no Brasil, mas no mundo todo" (Págs 1, 29 a 32, Merval Pereira, Miriam Leitão e editorial "PIB trimestral não garante crescimento elevado')

EUA dizem que Síria matou 1.429 com gás
Obama critica inação da comunidade internacional

Um dia após perderem o apoio do Reino Unido a uma ação militar contra a Síria, os EUA divulgaram, ontem, relatório em que acusam o governo de Bashar Al-Assad de ser responsável pelo massacre de 1429 pessoas — 426 delas crianças — num ataque químico em 12 localidades nos arredores de Damasco. O documento listou os indícios de culpa do regime. O presidente Obama criticou a paralisia da comunidade internacional e disse ter a obrigação de agir, mas assegurou que a decisão ainda não foi tomada. A Síria tachou o relatório de fabricado. O presidente da França, François Hollande, apoiou Obama. (Págs 1, págs 38 a 40)

Após a crise, o encontro
Em reunião no Suriname, o presidente da Bolívia, Evo Morales, prometeu a Dilma enviar provas de que o senador Pinto Molina é “delinquente comum". (Págs 1 e 4)
Licitação sob suspeira: TCU suspende compra de cisternas
O TCU detectou risco de “grave lesão ao erário" e suspendeu uma licitação para compra de cisternas da Codevasf, ligada ao Ministério da Integração, que pode favorecer multinacional com fábrica em Petrolina (PE), base do ministro Fernando Bezerra. (Págs 1 e 3)
Deputado prsidiário: Câmara criou um impasse, diz Barbosa
O presidente do STF, Joaquim Barbosa, disse que a Câmara criou impasse constitucional ao salvar Natan Donadon: manter o mandato de alguém sem direitos políticos. (Págs 1 e 8)
Mais médicos: Governo ameaça excluir prefeituras
O Ministério da Saúde vai excluir do programa as prefeituras que estão demitindo seus médicos para trocá-los por profissionais enviados pelo governo. (Págs 1 e 6)
Parada no tempo: Falta segurança na Grajaú-Jacarepaguá
Estatísticas mostram que acidentes subiram 41,5% de 2011 (94 registros) para 2012 (133). Ocupações irregulares e crimes crescem. (Págs 1 e 12)
Lotes de Elegê e Batavo tinham álcool
Lotes do produtos lácteos Elegê e Batavo produzidos na fábrica de Teutônia (RS) na 1ª quinzena de agosto não podem ser vendidos. (Págs 1 e 35)
Santa Casa: Erro em processo impediu bloqueio
Um equívoco na ordem judicial fez com que os imóveis do ex-provedor Zarur ficassem 24 horas liberados ontem. (Págs. 1 e 21)
Rio: De volta à cidade de 1808
O Rio da chegada da Corte Imperial ganhou três dimensões no filme "O inventor de sonhos", de Ricardo Nauemberg. (Págs 1 e 24)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: PIB surpreende, cresce 1,5% e melhora previsão para o ano
Indústria e investimentos puxam índice; mercado eleva a 2,3% projeção para 2013, mas há dúvidas sobre 2º semestre

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro superou as expectativas e avançou 1,5% no segundo trimestre. A surpresa, anunciada ontem pelo IBGE, fez o mercado financeiro elevar as projeções de crescimento da economia para cerca de 2,3% em 2013. Anualizada, a taxa seria de aproximadamente 6%. Em vez do consumo familiar, indústria e investimentos puxaram o crescimento do PIB. A produção industrial,alta de 2%, teve o melhor resultado desde o segundo trimestre de 2010. Há dúvidas, no entanto, em relação ao desempenho econômico na segunda metade do ano e também para 2014. “O pior passou, o fundo do poço foi superado”,disse o ministro Guido Mantega (Fazenda). "Nosso desafio agora é manter a expansão do investimento”, disse o presidente do BNDES, Luciano Coutinho (Economia Págs 1, B1 e B6)

Análise
Celso Ming

PIB-surpresa

Guido Mantega tem motivos para festejar, mas seu diagnóstico de que o resultado é consequência de ajustes do governo é precipitado. (Págs. 1 e B2)

José Paulo Kupfer

Viés de alta para 2013

Depois de muitas revisões para baixo, chegou a hora de revisar para cima as projeções do crescimento da economia em 2013. (Págs 1 e B4)

SP ainda não terá médico em bairro distante
Bairros como Jardim Romano, Cidade Tiradentes e Guaianases, no extremo leste de São Paulo, não contarão com profissionais do Mais Médicos numa primeira etapa. Os primeiros selecionados optaram por trabalhar em áreas mais centrais, como Vila Campestre e Vila Santa Catarina. (Págs.1, Metrópole A24 a A26)
Prefeitos rejeitam bolsistas
No Piauí, 121 municípios deveriam receber profissionais do Mais Médicos. Mas ao menos três prefeitos rejeitaram os bolsistas, alegando falta de estrutura para o atendimento. (Págs 1 e A2)
Flagrado pela PF, dirigente do FNDE se demite
O presidente do FNDE (ligado ao MEC), José Carlos Wanderley Dias de Freitas, foi pego em grampo da PF avisando reitor sobre investigação de suposto desvio de RS 6,6 milhões, informa Fausto Macedo. Freitas se demitiu. (Metrópole / Págs 1 e A38)
Ataque à Síria é iminente, diz Obama
EUA acusam o regime sírio de ter matado 1.429 pessoas com armas químicas

Os EUA indicaram que estão prestes a iniciar um ataque limitado e de curto prazo contra a Síria para punir o regime de Bashar Assad pelo uso de armas químicas, que deixou 1.429 mortos no dia 21, segundo estimativa de Washington. Cinco navios americanos estão na região, prontos para disparar mísseis contra a Síria. O regime sírio disse que a acusação de uso de armas químicas é uma “mentira" semelhante à que justificou a invasão do Iraque. (Págs. 1, Internacional / A14 a A16)

Fotolegenda: Fuga. Refugiados sírios atravessam a fronteira e chegam à Turquia: França coordena ofensiva com EUA

Barack Obama
Presidente dos EUA
"Asseguro: ninguém é mais ressabiado em relação à guerra do que eu"

Barbosa cita Cingapura para justificar reajuste
Questionado sobre o que o levou a pedir um aumento salarial para os ministros do STF, o presidente da corte, Joaquim Barbosa, preferiu contar uma “história" sobre a remuneração milionária de seus pares em Cingapura. “Não estou dizendo que nós no Brasil devamos ganhar US$ 1,5 milhão. Só contei uma história", explicou. (Págs 1 e Política/ A4)
COl vê Olimpíada do Rio sob risco
Relatório confidencial do Comitê Olímpico Internacional aponta que a preparação e o financiamento do Rio para 2016 têm atraso, o que põe em risco o evento, revela Jamil Chade. (Págs 1 e A40)
Protestos afetam trânsito em sete capitais do País (Págs. 1, Metrópole / A28 e A29)


Senador boliviano busca asilo em outros 2 países (Internacional / Págs. 1 e A 20)


Notas e informações
Marretando as contas

A julgar pela proposta orçamentária do governo, as contas de 2014 serão ajustadas a pancadas. (Págs 1 e A3)

Laura Greenhalgh
Doutor Preto

Neto de escravos, Justiniano Clímaco, o Doutor Preto, teria algo a dizer aos médicos brasileiros que hoje vaiam médicos cubanos. (Págs 1 Caderno 2/ C10)

------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Alta do PIB pega até o governo de surpresa
Vilson Thomas bateu recordes na colheita de milho e soja. O bom desempenho do agronegócio impulsionou o Produto Interno Bruto, que avançou 1,5% no segundo trimestre. “Quem não fica feliz com o crescimento?”, festejou a presidente Dilma. Mas a inflação e os juros podem reduzir o fôlego da economia. (págs. 1, 7 a 10, Visão do Correio, 12)
Síria: EUA prometem “mensagem forte”
Indícios do uso de armas químicas por Al-Assad fazem a Casa Branca planejar um ataque “limitado e restrito". (Págs 1 e 14)
Polêmica: Folga para PM pensar na vida
Curso sobre relacionamentos atrai 130 policiais, que serão liberados do serviço. Especialistas criticam a medida. (Págs 1 e 19)
Manchete: Tudo pronto para o baile dos mensaleiros
O fim do voto secreto em processos de cassação só deve ser aprovado pelo Congresso depois de decidido o destino dos deputados condenados pelo Supremo no julgamento da Ação Penal 470.

A surpreendente sessão em que a Câmara salvou o mandato do presidiário Natan Donadon, punido com 13 anos de cadeia pelo STF, pode não ter sido a última. Após o vexame, líderes de partidos governistas e da oposição defenderam a urgente aprovação do voto aberto nos casos de perda do cargo. Mas a maioria faz apenas jogo de cena. Nos bastidores, uma conjunção de interesses que envolve PT, PMDB, evangélicos e parlamentares do baixo clero trava e pode até derrotar a proposta.

A resistência é maior principalmente por parte de petistas que veem uma eventual absolvição de mensaleiros no Legislativo como uma “desmoralização” do Supremo. Até agora, o desgaste atinge somente a imagem do próprio Congresso, que, aos olhos da sociedade, vem se comportando como se estivesse acima da lei. (Págs. 1 e 2)

Manifestantes do 07 de Setembro vão apontar vândalos (Págs 1 e 3)


Justiça autoriza o Mais Médicos para bolivianos (Págs 1 e 5)


Evo reduz críticas ao caso Molina em reunião com Dilma (págs 1 e 4)


------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Manchete: Fim do voto secreto em 11 dias: basta querer
Acordo de líderes pode acelerar tramitação da PEC que extingue votação sigilosa

Se for verdadeira a indignação manifestada por vários parlamentares depois de a Câmara livrar da cassação o deputado Natan Donadon (sem partido-RO), preso pelo desvio de R$ 8,4 milhões da Assembleia de Rondônia, o voto secreto para deliberar sobre perda de mandato está com os dias contados. Havendo vontade política para quebrar os prazos regimentais, a Proposta de Emenda à Constituição 196/12, a PEC do Voto Aberto, pode ser aprovada até 11 de setembro. Para isso, é preciso a assinatura de todos os líderes partidários. Se forem mantidos os prazos, a tramitação da PEC se prolongará pelo menos até o início de dezembro. Mesmo que seja fechado esse acordo, a aprovação da PEC ainda precisará de 308 votos, de um total de 513, em plenário. Um voto a menos e perde-se a chance de acabar com o anonimato nas decisões. (págs. 1 e 3)

PIB reage no 2º trimestre e cresce 1,5%
Desempenho da economia brasileira surpreende, com ajuda do agronegócio. Porém, resultado ainda não refletiu a disparada do dólar (Págs 1, 11, 12, e o editorial "PIB, alívio e cautela", na 8)
Usina de Jaguara: liminar do STJ mantém hidrelétrica com a CEMIG (Págs 1 e 17)


Mais Médicos: Estrangeiros dizem que idioma é o maior desafio (Págs. 1 e 22)


Áreas de risco: Sem obras, cresce medo de enchente
Proximidade da temporada de chuva em Belo Horizonte já preocupa moradores de locais que sofrem com inundações frequentes. Atraso da prefeitura na conclusão de intervenções para conter estragos dos temporais levou pessoas a mudar de bairro ou a fazer obras por conta própria, como erguer barricadas na porta de casa e construir um segundo andar. (Págs 1, 21 e 22)
Bondades: União libera recursos para o Norte de MG
Num encontro com prefeitos em Montes Claros, a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, anunciou a liberação de recursos para obras na região e de uma parcela extra do Fundo de Participação dos Municípios (em todo o país), além de entregar carros-pipa a 18 cidades. A ministra ainda prometeu acelerar o programa destinado a socorrer municípios castigadas pela seca. (Págs. 1 e 6)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Desemprego ronda a Transnordestina (Págs 1 e Economia 1 e 3)


Protesto causa prejuízo em Suape 
Pressão maior foi do servidor federal. Dia de luta não afetou muito o Recife (Págs. 1 e Economia 8)
Apagão deixa perdas de R$ 385 milhões (págs 1 e 9)


------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: PIB surpreende e tem maior crescimento em três anos
Avanço de 1,5% no segundo trimestre veio acima do esperado e só ficou atrás da expansão da China no período, animado pela safra agrícola e por uma boa reação da indústria. (Páginas 1, 4,5 e Maria Isabel Hammes, 30 )
Protestos travaram a sexta-feira na capital
Adesão parcial de rodoviários à mobilização de centrais sindicais, bloqueios e manifestações em pontos críticos afetaram serviços.

Fotolegenda: Confronto índios e PMs em frente ao Piratini
Indígenas acamparam na Praça da Matriz para cobrar do governo demarcações de áreas

(Págs. 1, 36 e 37)

1.429 mortos: EUA e França defendem reação militar na Síria
Relatório americano atribui ataque com armas químicas ao regime de Al-Assad. (Págs 1, 34 e 35)
Operação Concutare: PF indicia 49 em fraude de licenças ambientais
Polícia pede à Justiça Federal que proíba atuação de suspeitos em órgãos ligados ao setor. (Págs 1 e 18)
------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços
Postar um comentário