Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







domingo, 11 de agosto de 2013

Bom dia! Veja as manchetes e o resumo dos principais jornais e revistas deste domingo, 11 de agosto: Dia dos Pais! Em Arraial do Cabo, Praia Moto Fest termina hoje na Praia Grande.

Vai até este domingo (11) a sexta edição do Praia Moto Fest deArraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio. Durante o fim de semana, motociclistas de todo o país foram recepcionados pelo motoclube local Corsários do Cabo. O evento está sendo realizado na Orla Flávia Alessandra, na Praia Grande.

Segundo os organizadores, o Praia Moto Fest deste ano deverá contar com a participação de mais de 300 motoclubes do Brasil. O público estimado é de mais de oito mil pessoas durante os quatro dias.  A entrada no evento é gratuita.


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------


Folha de S.Paulo

Agora S.Paulo
O Estado de S.Paulo

Brasil espionou vizinhos na ditadura, revela arquivo
O Globo

Farra ilegal: Senadores usam verba oficial até para abastecer jatinhos
Correio Braziliense

Lei das babás provoca fila para creche integral
Estado de Minas

Futebol, um grande negócio
Zero Hora

Uma dívida que sufoca e engessa o Rio Grande
----------------------------------------------------------------------------------------
Veja
Manchete: A revolução dos músculos: Os exercícios rápidos e intensos que estão mudando (quase) tudo nas academias (Pág. 1)

Exclusivo: O ministro Ricardo Lewandowski interferiu em processo para beneficiar o PT e a presidente Dilma (Pág. 1)

Caso Siemens: Como o maior escândalo de corrupção empresarial do mundo chegou ao Brasil (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
Época
Manchete: Especial Alimentação – A comida do futuro
Hambúrguer de laboratório, insetos fritos, larvas, pão sem trigo... Essa culinária de vanguarda ainda chegará a seu prato.
Exclusivo A Sombra do PMDB na Petrobras
Uma lobista denuncia cobrança de propina para fechar contratos e diz que o dinheiro foi para deputados - e até para a campanha presidencial
Crime
O mistério que cerca o assassinato da famíla de PMs em São Paulo (Pág. 1)
------------------------------------------------------------------------------------
ISTOÉ
Manchete: Exclusivo: Escândalo no metrô: Os tucanos já sabiam
Os documentos do Tribunal de Contas e do Ministério Público que há cinco anos alertam o governo paulista sobre as fraudes nas licitações.

11 indiciados pela Polícia Federal são ligados ao propinoduto do PSDB.

Como o esquema operou também em Brasília envolvendo os ex-governadores Arruda e Roriz.

A nova vida do superexecutivo que a Siemens demitiu por causa das propinas. (Pág. 1)
Caso Isabella
Anna Carolina e Alexandre Nardoni falam para ISTOÉ...e perícia feita nos EUA pode reabrir as investigações sobre o assassinato da menina.(Pág. 1)
------------------------------------------------------------------------------------
ISTOÉ Dinheiro
capa
Manchete: A Honda vem com tudo
O CEO da Honda na América do Sul, Masahiro Takedagawa revela à Dinheiro como fará a montadora japonesa dobrar o tamanho no país, com investimentos que passam de R$ 1 bilhão nos próximos dois anos.

E mais: conheça a revoluçaõ nos negócios e na vida da população da pacata Itirapina, cidade do interior paulista que receberá a nova fábrica da marca e já vive euforia de entrar para o mapa da indústira automobilística mundial.

Takedagawa: Novo carro compacto será feito no Brasil e também será exportado.
(Pág. 1)
Economia: O resgate dos três pilares do Plano Real (pág. 1)

Pré-sal: "Governo deve ficar com 75% do lucro, diz Ministor Lobão (Pág. 1)

Finanças: Bastidores da venda fracassada do Banco Rural (pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
Carta Capital
Manchete: Exclusivo: O big espião
Os endereços da "inteligência" dos EUA em Brasília. (Pág. 1)
Corrupção: Serra abençoou o cartel do metrô paulista, relata um executivo da Siemens (Pág. 1)

The Economist: O futuro incerto das grandes petroleiras privadas (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
*
Jornais internacionais
The New York Times (EUA)
Sinai sem lei mostra riscos de um Egito fraturado
The Washington Post (EUA)
Para Bezos, Post representa nova fronteira
The Guardian (Reino Unido)
Estudantes mais pobres correm risco de perder financiamento para alunos da classe média
Le Monde (França)
Obama: Pedi uma revisão nos nossos programas de monitoramento
El País (Espanha)
Ministro do Exterior estuda levar caso de Gibraltar para fóruns internacionais
Clarín (Argentina)
Eleição chave para a trama final de Cristina


------------------------------------------------------------------------------------------
O Globo

Manchete: Farra ilegal: Senadores usam verba oficial até para abastecer jatinhos
Despesas são feitas fora do estado de origem, contrariando ato da Casa.

Dinheiro é usado também para hospedagem em hotéis de luxo nos finais de semana.

Contrariando um ato de junho de 2011, senadores têm usado a verba indenizatória para abastecer de combustível seus jatinhos particulares em viagens fora de seus estados de origem, revela Chico de Gois. É o caso de Fernando Collor de Mello (PTB-AL), Acir Gurgacz (PDT-RO) e Jayme Campos (DEM-MT). O levantamento feito pelo GLOBO em prestações de contas identificou também notas fiscais de hotéis de luxo durante fins de semana: Ciro Nogueira (PP-PI), por exemplo, se hospedou no Copacabana Palace. Os parlamentares negam irregularidade e dizem que as viagens foram feitas em atividades do mandato. (Págs. 1 e 3 e 4)
Baixa qualificação: Juventude desperdiçada
Até 2023, Brasil terá 33 milhões de jovens de 15 a 24 anos. Apesar do potencial de força de trabalho, educação ruim dificulta acesso a emprego.

O Brasil tem dez anos para aproveitar oportunidade rara: até 2023, o país terá 33 milhões de jovens de 15 a 24 anos em sua população. Na última década, eles estudaram mais, porém sua taxa de desemprego recuou menos. Estudo do IBGE mostra que o desemprego em geral caiu 53,8% entre 2003 e 2013 nas seis maiores regiões metropolitanas; entre os jovens, a queda foi de 41,6%, informa Clarice Spitz. A qualificação ruim, alertam analistas, explica essa performance e pode levar o país a desperdiçar a janela demográfica. (Págs. 1 e 29 e 30)
O Brasil nas ruas: Promessas de estados emperram
Anunciadas por governadores e prefeitos após os protestos, medidas como a tarifa zero para estudantes no Rio Grande do Sul, o corte de despesas em São Paulo e o conselho para dar mais transparência ao transporte público do Rio não saíram do papel. (Págs. 1 e 12)
Black blocs e outros: Os grupos que seguem na luta
Além dos Black Blocs, outros seis movimentos marcam presença constante nos atos que prosseguem no Rio.

Eles carregam bandeiras que vão desde a guerra sem tréguas contra o capitalismo à apologia do voto nulo. (Págs. 1 e 14)
Governo Dilma: Aprovação sobe de 30% para 36% (Págs. 1 e 11)

Mudanças em Nova York: NovaChinatown afasta chineses
A valorização imobiliária já obrigou quase 20% da colônia chinesa a trocar seu centenário reduto em Manhattan por Queens e Brooklyn. (Págs. 1 e 37)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Brasil espionou vizinhos na ditadura, revela arquivo
Documentos inéditos mostram que o Itamaraty participou de rede para monitorar dados militares

O governo brasileiro criou, durante a Ditadura, uma rede oficial de recolhimento de dados sigilosos na tentativa de monitorar os segredos militares e estratégicos dos países da América Latina, deixando apenas EUA e Canadá de fora, informa Marcelo de Morais. Arquivos inéditos do Estado Maior das Forças Armadas, nos quais o Estado teve acesso, mostram a criação do Plano de Informações Estratégicas. Os papéis, que acabam de ser desclassificados pelo Arquivo Nacional, apontam que a missão de espionagem caberia não apenas a adidos militares brasileiros no exterior, mas também aos diplomatas. (Internacional páginas 01, A17 e A19)
Entidade vende pela internet pacotes com dados do TSE
Uma entidade que atua no ramo funerário vende pela internet acesso a dados compilados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre eleitores mortos. Informa o repórter Daniel Bramatti. Os pacotes custam de R$ 27 a R$ 291. O fato demonstra que o acordo do Tribunal com a Serasa – anulado após ser revelado pelo Estado – não foi o único a envolver a liberação de informações. (Política – Páginas 01e A4)
Programa de concessão faz 1 ano sem leilões
Se tudo tivesse corrido como o previsto, já era para 7.500 rodovias federais e 10.000 km de ferrovias estarem nas mãos da iniciativa privada.
Mas o ambicioso programa de investimento em logística completa um ano na quinta-feira sem ter realizado um único leilão e, apesar disso, está em preparação uma segunda rodada do programa, com investimentos em hidrovias. (Págs. 1 e Economia B4)
Fotolegenda: Paternidade legal
Thamires Francisquete, com o pai, Alexandre, que acaba de fazer o reconhecimento formal de paternidade via cartório.
Medida desafoga Justiça e eleva em 71% o número de certidões. (Págs. 1 e Metrópole A22 e A23)
Ônibus já é mais rápido que carro em SP com faixa
Com as novas faixar exclusivas, a velocidade dos ônibus quse dobrou nessas vias e os carro ficaram ainda mais lentos. Especialistas afirmam, porém, uqe melhorias ainda são insuficientes para paulistanos mudarem de hábitos. (Págs. 1 e Metrópole A29)
Museu do Ipiranga deve reabri em 2014 (págs. 1 e Metrópole A 27)

Dilma negocia volta do Paraguai ao Mercosul (Págs. 1 e Internacional A14)

Manifestantes passam a noite na Câmara do Rio (Págs. 1 e Metrópole A26)

Aliás: Página em aberto
Venda do Washington Post para o dono da Amazon estabeleceu uma rede de intrigas sobre o momento do jornalismo. (Pág 1)
John Kerry: Realções Brasil-EUA
Juntos, preparamos a base entre nossos governos, nossas economias e nossos povos para uma parceria estratégica digna desse nome (Págs. 1 e Visão Global A29)
João Ubaldo Ribeiro: As reformas do comandante
Para lidar com a criminialidade e a corrupção, a cadeira elétrica já foi descartada, por não ser sustentável e gerar despesas com a conta de luz. (págs. 1 e Caderno 2 C5)
Notas & Informações: STF involta atrás
Questão da competência da Alta Corte para determinar a cassão de parlamentares foi reaberta. (Págs. 1 e A3)
País temia guerra com a Argentina
Os arquvos da EMFA também mostram que, no fim dos anos 70, o país temia uma geerra com a Argentina - possivelmente aliada a países como Uruguai e Paraguai -, porque o poderio militar brasileiro era extremamente inferior. (Págs. 1 e A39)
Cartel dos trens
Executivos sabiam que Siemens seria contratada pela CPTM antes mesmo do início da licitação (Págs. 1 e A7)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Lei das babás provoca fila para creche integral
Pouco mais de três meses depois da mudança nos direitos trabalhistas das domésticas, instituições que cuidam de crianças aumentaram os preços em 50% em média. Há mensalidades de até R$ 3 mil, e muita gente interessada (páginas 8 e 9)
Nomeações ilegais no Itamaraty
Documentos internos obtidos pelo Correio revelam que dois vice-cônsules, um de Nova York e outro de Munique, foram nomeados à margem da legislação e sem publicação oficial. (Páginas 01 e 2)
Lula faz exames e médico diz que não há câncer (Página 3)

O tempero sutil da nova chef da cozinha de Dilma (Página 6)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: O segredo das pirâmides
Matemático mostra como funciona a progressão geométrica e crava que 70% dos investidores perde dinheiro neste tipo de sistema. Em 1995, a Comissão de Comércio dos EUA lançou documento a profliferação. (Pág. 1)
Popularidade de Dilma volta a subir (Pág. 1)

Denúncias graves na Prefeitura de Caruaru (Pág. 1)

Uma geração que depende do assistencialismo (Pág. 1)

Pressão eleitoral em canteiro de obras custa caro (Pág. 1)

Pai teria sido morto dez horas antes da chacina (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------

Zero Hora

Manchete: Uma dívida que sufoca e engessa o Rio Grande
Zero Hora disseca mais de 40 anos de endividamento do Estado, e explcia, como, ao longo de 11 governos, o valor alcançou o dobro da arrecadação anual, numa combinação crônica de gastos excessivos, descontrole e apostas erradas. É como se cada gaúcho já nascesse devendo R$ 4,4 mil. (Págs. 1, Rosane de Oliveira 6, e 10 a 14)

1970 > 1,67 bilhões de reais
2012 > 47,17 bilhões de reais
Em 42 anos, a variação da dívida pública do Estado foi de
2.715%
Pai em dobro
Paulo, que cuida dos gêmeos Beníccio e Cecília, é exemplo de um fenômeno que, segundo o IBGE, cresceu 81% nos últimos 20 anos: a responsabilidade dos homens pela guarda dos filhos. (Págs. 24 e 25)
------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços
Postar um comentário