Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







domingo, 25 de agosto de 2013

Bom dia! Veja as os destaques dos principais jornais e revistas deste domingo, 25 de agosto. Atenção: terminam hoje as inscrições para o Festival Internacional de Dança em Cabo Frio.


capa




Prodança de Cabo Frio firma parceria para apresentar os talentos da Cidade
Com total apoio da Prefeitura de Cabo Frio através da Secretaria Municipal de Turismo, acontece de 3 a 8 de setembro, no Complexo Esportivo Aracy Machado, na Rua Henrique Terra, no Portinho, a IX edição do Festival Internacional de Dança. As inscrições de grupos ou de bailarinos para participarem da mostra competitiva terminam neste domingo, 25 de agosto, valendo a data de postagem. 
Cecília Kerche, que possui o título de Embaixatriz da Dança outorgado pelo Conselho Brasileiro da Dança, órgão vinculado à UNESCO, por reconhecimento às suas atuações internacionais, é a estrela da abertura oficial do evento.
A convite da direção do Festival foi firmada esta semana uma parceria com a Associação dos Profissionais de Dança de Cabo Frio – Prodança – visando apresentações no palco externo, onde o público poderá conhecer e apreciar os talentos dos profissionais de dança de Cabo Frio, com diversos modalidades e estilos, todos dentro das novas tendências da arte da dança na atualidade.
- Essa parceria é muito importante para a associação, já que vamos poder mostrar nosso trabalho para um grande público e assim alcançar mais alunos. Esse ano a academia da associação terá uma coreografia gratuita, podendo assim todos participar. Acredito que com essa união, a dança e Cabo Frio só têm a ganhar, comemora uma das integrantes da comissão do conselho da associação, Rosa Demarchi.
Com seis dias de duração, o evento será ponto de encontro de bailarinos, professores, coreógrafos e admiradores da dança. Pessoas de diversas cidades do Brasil e do exterior estarão na Cidade participando da mostra competitiva.
Os diretores de Escolas de Dança, Companhias, maitres e bailarinos que desejam participar do Festival devem, inicialmente, acessar o sitehttp://festivalcabofrio.festivalonline.com.br para conhecerem o regulamento. Logo após deve-se seguir os procedimentos para inscrição.
Durante o evento acontecerá a Feira da Dança com exposições e vendas de variados artigos, disponibilizadas pelas principais marcas do mercado da dança.
O Festival Internacional de Dança de Cabo Frio é organizado pelo Ballet Márcia Sampaio. Para outras informações, o contato poderá ser realizado através do e-mail  inscricoes.festivalcabofrio@hotmail.com


____________________________________________________________________________________________
O Globo

Manchete: Custo de vida - Inflação no comércio vai dobrar com alta do dólar

Natal mais caro: A advogada Tatiana vai trocar marcas de produtos
Foto: Ailton de Freitas / O GLOBO
Natal mais caro: A advogada Tatiana vai trocar marcas de produtos Ailton de Freitas / O GLOBO
Aumento dos preços deve chegar a 7,4%, contra apenas 3,5% no ano passado

Produtos eletrônicos e alimentos estão entre os mais afetados pela alta no câmbio este ano

A disparada do dólar, que acumula alta de 15% este ano, está atingindo em cheio o bolso dos brasileiros. Os preços no comércio varejista vão subir 7,4% em 2013, segundo a Confederação Nacional do Comércio, o dobro dos 3,5% do ano passado, informa Cristiane Bonfanti. Entre os setores mais afetados pelo câmbio estão os de eletrodomésticos e móveis. No caso de alimentos, bebidas e artigos farmacêuticos, as altas serão de quase 8%, influenciadas também pela queda de safra e pelo aumento da renda no país. (Págs. 1, 41 e 42)

Fotolegenda: Inútil paisagem
A 300 metros de Paquetá, a Ilha de Brocotó, residência oficial de veraneio do governo do estado, é uma beleza sem serventia. Anunciada há três anos, a abertura à visitação pública não aconteceu. Manutenção custa R$ 10 mil por mês. (Págs. 1 e 15)
No balanço das horas: Sem tempo, mulher enfrenta a estagnação no trabalho
A dificuldade de conciliar o cuidado com os filhos, os afazeres domésticos e o machismo fizeram a participação da mulher no mercado de trabalho permanecer estagnada nos últimos 20 anos, após explosivo avanço nos anos 70 e 80. De 1992 a 2011, a fatia passou de 43,3% a 45,5%, revelam Cássia Almeida e Cleide Carvalho. (Pág. 1)
Chacina e impunidade
Vigário Geral: 20 anos depois, só um preso

A chacina de Vigário Geral, em que 21 inocentes foram executados por PMs, faz 20 anos na próxima quinta-feira com apenas um condenado ainda preso e, ainda assim, por outros crimes. (Págs. 1, 12 e 14)

Agora, helicópteros: Cid usa brecha e dispensa licitação
Governador do Ceará, que contratou buffet com caviar e escargot, gastou sem concorrência pelo menos R$ 78 milhões com quatro aeronaves, uma delas para uso pessoal. (Págs. 1 e 8)
Opção por só trabalhar: Jovens desistem de curso superior
O mercado de trabalho aquecido dos últimos dez anos levou um número crescente de jovens a desistir do curso superior, repetindo fenômeno visto na Europa, revela pesquisa. (Págs. 1 e 3)
Imprensa cerceada: Venezuela censura dados de violência (Págs. 1 e 47)


Elio Gaspari: Luis Inácio Adams age como advogado-geral de Fidel (Págs. 1 e Colunistas, 6)


Ancelmo Góis: Livro mostra que bispos apoiaram golpe de 64 (Págs. 1 e Colunistas, 35)


João Ubaldo: A bandidagem deve abrir o olho com o Lixo Zero (Págs. 1 e Colunistas, 19)


------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Siemens alemã tinha conta secreta, diz ex-dirigente
Manchete: Siemens alemã tinha conta secreta, diz ex-dirigente
Brasileiro Adilson Primo afirma que delatora do cartel do trem atuou em paraíso fiscal

Entrevista
O engenheiro Adilson Antônio Primo, que presidiu a Siemens no Brasil de 2001 a 2011, afirma que uma conta no paraíso fiscal de Luxemburgo foi “operacionalizada’’ pela matriz da multinacional na Alemanha. Em entrevista aos repórteres Fausto Macedo e Fernando Gallo, ele disse que a conta, que acumulou € 6 milhões, foi aberra em 2003 por um diretor financeiro da companhia, com anuência da cúpula da Siemens alemã. “Naquela ocasião, a Siemens tinha certas contas, as chamadas contas de compensação”, afirmou. Primo não é investigado, nem sequer citado no acordo de leniência que executivos da companhia firmaram com o Conselho Administrativa de Defesa Econômica (Cade) por causa do cartel. Hoje, ele move ação contra a empresa, que o teria demitido sob acusação de “desídia e insubordinação”. “Apenas tomei ciência, não concordei. Em momento algum atribuem a mim improbidade. Mas fiquei chocado porque desídia é desleixo”, diz. (Págs. 1 e Política A4)


Denúncia

“A conta de Luxemburgo era operacionalizada pela Siemens da Alemanha, foi aberta por funcionários do Brasil sem meu conhecimento”
Sobre a conta de € 6 milhões

Ibope aponta que brasileiro sabe pouco de reforma política
O Brasil acha a reforma política importante, mas sabe muito pouco sobre ela. Pesquisa Ibope/Estado mostra que dois em cada três brasileiras ouviram falar pela primeira vez do assunto ao serem interpelados pelo pesquisador, ou nem sequer souberam responder à questão. Apenas disseram ter conhecimento de que existe um debate sobre reforma política cm curso no País, e 7% dos entrevistados se declararam bem informados sobre a reforma política. (Págs. 1 e Política A8)
Estoque alto e dólar projetam Natal fraco
A disparada do dólar e a desaceleração de vendas no varejo complicaram as negociações entre indústria e comércio para o fim do ano e derrubaram as projeções para o Natal. A expectativa é de que as vendas cresçam 4,5% no Natal ante a mesma data de 2012, segundo a Confederação Nacional do Comércio. É praticamente a metade da alta do Natal passado (8,1%) e a menor variação em quase dez anos. (Págs. 1 e Economia B1)
Áreas de proteção do Estado vivem total abandono
Unidades de Conservação de São Paulo, como o Parque Estadual da Ilha do Cardoso, vivem total abandono. O cenário contrasta com os robustos recursos de compensação ambiental - R$ 144 milhões - que estão disponíveis, mas não são usados. (Págs. 1 e Metrópole A18 e A17)
Fotolegenda: Aula com as estrelas
Alunos da Graded school, do Morumbi, em São Paulo, e da Referência Silva Jardim, do Recife (com professores ao fundo), posam com microssatélite: sem sair da sala de aula, eles monitoram satélites via internet. A Nasa quer estabelecer parceria entre estudantes dos EUA e do Brasil. (Págs. 1 e Metrópole A23)
Obama é pressionado a agir na Síria
Deputados e senadores americanos que criticavam a ideia de um envolvimento maior do país no conflito sírio começam a mudar de ideia após os ataques com armas químicas nos arredores de Damasco. Alguns congressistas consideram aceitável uma intervenção que proteja os civis e ajude a debilitar o regime de Bashar Assad. (Págs. 1 e Internacional A10)
Obama é pressionado a agir na Síria
Deputados e senadores americanos que criticavam a ideia de um envolvimento maior do país no conflito sírio começam a mudar de ideia após os ataques com armas químicas nos arredores de Damasco. Alguns congressistas consideram aceitável uma intervenção que proteja os civis e ajude a debilitar o regime de Bashar Assad. (Págs. 1 e Internacional A10)
País devolveu médicos cubanos há 8 anos (Págs. 1 e Metrópole A21)


Sertãozinho será sede do Museu do Açúcar (Págs. 1 e Metrópole A24)


À mercê de militantes, violência toma o Sinai (Págs. 1 e Internacional A12)


‘Luz engarrafada’ sai de MG e ganha o mundo (Págs. 1 e Economia B5)


Gustavo Franco 
Outro gigante acordou

As ruas mobilizam milhões, mas o “protesto” do mercado financeiro mexe com bilhões. O dinheiro não leva desaforo. (Págs. 1 e Economia B4)

João Ubaldo Ribeiro 
Melhorando sempre

No momento em que o vagabundo der o primeiro tiro e a casca da bala cair no chão, o fiscal do lixo taca-lhe a multa logo em seguida. (Págs. 1 e Caderno 2, C7)

Notas & Informações
BC faz Jogo aberto no câmbio

Mercado cobra clareza das autoridades, mas pelo menos em uma área houve respota satisfatória. (Págs. 1 e A3)

------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Incompetência e corrupção roubam R$ 1 trilhão por ano do Brasil
É estarrecedor, mas o desperdício equivale ao PIB argentino. Em outras palavras, de cada R$ 100, quase R$ 25 são drenados pela ineficiência, pela informalidade, pela gestão atrapalhada ou pela má-fé. Em uma reportagem especial, o Correio repassa todas as mazelas embutidas no chamado Custo Brasil e mostra que o setor privado não escapa da sangria. O diagnóstico dado pelos especialistas ouvidos é preocupante: como nação, optamos pelo atraso, o que impactará a vida das gerações futuras. (Págs. 1, 8 a 12 e Visão do Correio, 14)
Cubanos: entre a festa e a polêmica
"Espero que o povo nos respeite", diz médica cubana que desembarcou no DF
Os médicos contratados pelo Ministério da Saúde chegaram ontem ao Brasil. Eles foram recebidos por militantes petistas, estudantes e profissionais da área. Especialistas analisam o impacto da medida nas eleições de 2014. (Págs. 1, 2 e 3)
Fuga da Bolívia
Com ajuda de fuzileiros navais brasileiros, o senador boliviano Roger Molina escapou da embaixada do Brasil em La Paz, onde estava asilado há um ano, viajou 22 horas de carro e está em Mato Grosso. (Págs. 1 e Coluna Brasília-DF, 6)
Machismo: Diferença no bolso
Apesar dos avanços, a desigualdade salarial entre homens e mulheres na mesma função ainda é uma realidade. (Pág. 1 e Capa)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Manchete: Buritis - Tem Solução
O trânsito não anda e obras de mobilidade só saem do papel daqui a três anos

Mas vai demorar

Com cerca de 30 mil moradores, o bairro mais populoso da Região Oeste de BH nasceu sufocado pela topografia irregular e tem o tráfego estrangulado por falta de vias de escape e pelo aumento da frota de veículos. Entrar, seja pelas avenidas Raja Gabaglia e Barão Homem de Melo ou pelo Anel Rodoviário, é até fácil. O difícil é sair. Os engarrafamentos são diários, principalmente na Avenida Professor Mário Werneck. Os moradores gritam contra o aperto e temem o pior quando for inaugurado o chamado Buritis 2, que receberá 5 mil pessoas. A esperança de melhoria da mobilidade está na abertura de uma via sobre o leito de dois córregos e de alça de acesso ao Anel. Mas são obras inviáveis pelo menos nos próximos três anos. (Págs. 1 e 21 a 23)

Desperdício: Brasil joga fora R$ 1 tri a cada ano
Dinheiro equivalente ao PIB argentino e que poderia ser aplicado em educação desce pelo ralo por falhas de logística, burocracia, corrupção e falta de planejamento. (Págs. 1, 12 e 13)
No topo: Os mineiros no comando do alto escalão do poder
Se Rodrigo Janot for aprovado no Senado para o cargo de procurador-geral da República, será a 5ª autoridade nascida em Minas à frente de órgãos ligados à Justiça no país. (Págs. 1 e 10)
Mais Médicos: Especialistas veem apelo eleitoral
Cientistas políticos entendem que o programa, se passar pelas barreiras jurídicas, pode ter o mesmo efeito do Bolsa-Família na campanha presidencial petista. (Págs. 1 e 11)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
Manchete: Progresso sem agressão
Técnica utilizada na Via Mangue constrói trecho elevado (foto) de quase dois quilômetros e protege o ecossistema. Em Suape, direção do complexo portuário ouve pescadores em busca de modelo de desenvolvimento sustentável. (Págs. 1, Cidades 4 e Economia 4 e 5)
Festa para os médicos cubanos
Primeiros 200 profissionais chegaram ontem ao País. Em entrevista, fugiram da polêmica salarial: “Somos médicos por vocação, não por dinheiro”. (Págs. 1 e 14)
As ideologias por trás dos protestos
Movimento que sacudiu o Recife, quarta, é liderado por grupos com filosofias e estratégias distintas. (Págs. 1 e Cidades 2)
PF apreende 89 kg de pasta base de cocaína
Três paranaenses foram presos com a droga em Ouro Preto, Olinda. Entorpecente estava escondido nos estepes de um caminhão. (Págs. 1 e Capa Dois)
------------------------------------------------------------------------------------
Veja

Manchete: O Real cai das nuvens
Agora, vai ser difícil recuperar o antigo poder de compra da nossa moeda diante do dólar

O governo reage, mas os brasileiros pagam o preço da política econômica míope. (Pág. 1)

Lobão, sobre os protestos
“Eu achei parecidos com desfile de escola de samba”. (Pág. 1)
Exclusivo: Deputado petista oferece propina a conselheiro da Anatel em troca de ajuda a empresa de telefonia. (Pág. 1)


------------------------------------------------------------------------------------
Época

Manchete: O Real cai na real
Como a disparada do dólar afeta o Brasil – e o seu bolso. (Pág. 1)
Oscar Niemeyer: Ele morreu, mas seu escritório ainda ganha projetos sem licitação (Pág. 1)


Ele tinha um sonho
A realidade 50 anos depois do discurso histórico de Martin Luther King (Pág. 1)
------------------------------------------------------------------------------------
ISTOÉ
Manchete: Como nasce a inteligência
Conheça os fatores que, desde a vida uterina até os primeiros anos após o nascimento, irão influenciar o nível do QI para o resto da vida.
Saiba o que fazer para que seu filho seja mais inteligente. (Pág. 1)

Exclusivo: A conta secreta do propinoduto na Suíça
20 milhões de euros passaram por ela em quatro anos, beneficiando tucanos ligados ao escândalo do Metrô. (Pág. 1)
------------------------------------------------------------------------------------
ISTOÉ Dinheiro
capa
Manchete: A Siemens sai dessa?
Saiba como o envolvimento da empresa num dos maiores escândalos corporativos deste século está afetando a rotina da organização e o relacionamento com funcionários, clientes e fornecedores - e qual será a estratégia da multinacional para sobreviver em plena tormenta. (Pág. 1)
Economia: Fogo amigo na máquina pública segura os investimentos de que o país precisa (Pág. 1)


Estados Unidos: Quem será o novo homem forte (ou mulher) das finanças globais (Pág. 1)


------------------------------------------------------------------------------------
Carta Capital

Manchete: Síria – Horror e Mistério (Pág. 1)


Bonapartismo: Barbosa preside o Supremo Tribunal ou é um síndico? (Pág. 1)


Exclusivo: Máfia da pesca predatória no litoral brasileiro (Pág. 1)


------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: O carvão volta à cena
Uma luz para o carvão: leilão renova chances de projetos de R$ 12,7 bilhões saírem do papel Ricardo Duarte/Agencia RBS
Mineração a céu aberto segue em seis locais no Estado, como em Minas do Leão, a 90 km de Porto Alegre. Operações subterrâneas estão interrompidas, mas poderão vir a ser retomadasFoto: Ricardo Duarte / Agencia RBS
Leilões abrem caminho para projetos de R$ 11 bilhões em regiões pobres do RS.

Ambientalistas criticam reabilitação de combustível que consideram poluente.(Págs. 1 e Dinheiro)

Máquina estatal: Novos tempos, cargos antigos (Págs. 1, 4 e 5)


Impasse global: Intervir ou não no conflito da Síria? (Págs. 1 e 14 a 17)


Mulheres no campo
Profissionais como Marcela Acauan trocaram carreiras na cidade pelo retorno a propriedades familiares, fazendo história no agronegócio. (Págs. 1 e Donna)
------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços
Postar um comentário