Garotinho acusa Cabral de desmontar os restaurantes populares

Em discurso na tribuna da Câmara, o deputado Anthony Garotinho acusou o governador Sérgio Cabral de ter desmontado o programa de Restaurantes Populares, que vendiam comida boa e barata por apenas um real. Por outro lado, Cabral preferiu investir em concurso gastronômico - Rio Gastronomia - para promover o Rio de Janeiro como polo de restaurantes sofisticados, beneficiando a elite carioca. 



"Para manter e ampliar os restaurantes populares, o governo do Estado diz não ter dinheiro, mas para patrocinar um concurso de restaurantes de elite, onde comem os homens mais poderosos do Rio de Janeiro, aí tem dinheiro", comparou Garotinho.

O líder do PR continuou: "Cabral é um político decadente por esse tipo de escolha, a favor da elite e contra os trabalhadores. É por isso que ele não pode entrar em casa, é por isso o Palácio Guanabara vive cercado, é por isso que ele é vaiado por onde passa".

Criado por Garotinho em 2001, quando era governador do Estado do Rio, os restaurantes populares tinham um cardápio elaborado pela Escoa de Nutrição da Uerj. Foram inaugurados nove restaurantes no estado, que serviam diariamente 22 mil refeições. Ao final de 2006, existiam ainda outras quatro unidades em construção. - See more at: http://www.deputadogarotinho.com.br/garotinho-acusa-cabral-de-desmontar-os-restaurantes-populares/24033.html#sthash.V4K0g9jT.dpuf
http://www.deputadogarotinho.com.br/garotinho-acusa-cabral-de-desmontar-os-restaurantes-populares/24033.html
0