Polícia "caça" mulher que arrancou olhos de menino de 6 anos
























A polícia chinesa segue as buscas pela suspeita de arrancar os dois olhos de um menino de 6 anos na província de Shanxi.
A mulher, ainda não identificada, é acusada de drogar o menino Guo Bin e extirpar os olhos dele utilizando uma ferramenta não especificada. A polícia oferece uma recompensa de 100 mil yuanes (12,2 mil euros) a quem ajudar a encontrar a suspeita, que pertenceria a uma quadrilha de tráfico de órgãos e visava as córneas do garoto.



Na sexta-feira, foram divulgadas novas imagens de Bin sendo auxiliado por médicos e enfermeiras em um hospital na localidade de Taiyuan. 
0