Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Jornal do Brasil: Cabo Frio inaugura centro para dependentes químicos

Reabilitação será modelo para todos os municípios do Rio
O Centro Municipal de Tratamento e Reinserção Social de Cabo Frio - implantado exclusivamente com verba municipal - será inaugurado no próximo sábado (21/9) com capacidade para atender a cem pacientes.  Além do tratamento para dependência de drogas, a unidade terá ainda terapia ocupacional visando a capacitação para o mercado de trabalho. O Centro deverá ser modelo para os demais municípios do Estado numa iniciativa pioneira em todo o país.
Centro conta com cinco piscinas e dois lagos
Centro conta com cinco piscinas e dois lagos
O Centro está localizado há cerca de seis quilômetros do centro de Cabo Frio, num sítio de propriedade do advogado e procurador da Secretaria de Prevenção ao Uso de Drogas do município (Sepred), Claudio Mansur. Morador de Cabo Frio há mais de 30 anos e cidadão honorário da cidade, ele cedeu a propriedade em comodato à prefeitura sem nenhum tipo de ônus e por prazo indeterminado. “Achei que deveria fazer alguma coisa pela população do município e resolvi tomar essa iniciativa”, afirma Mansur. Segundo ele, embora a inauguração esteja prevista para sábado, já estão em tratamento 27 pessoas que precisavam de cuidados imediatos.
“Não tínhamos como postergar o atendimento a essas pessoas e resolvemos acolhe-las antes mesmo da inauguração”, disse Mansur. Ele informa que o tratamento para dependência de drogas inclui ainda 12 tipos de terapia ocupacional que deverá capacitar as pessoas para o mercado de trabalho. “Eles precisam sair daqui prontos para ter um emprego, caso contrário os traficantes serão os primeiros a procurar novamente essas pessoas”, ressalta Mansur. O Centro, segundo ele, é pioneiro em todo o país a ser implantado exclusivamente com verba municipal.
O sítio onde está localizado o Centro passou por uma reforma, a cargo do Município, para ter a infraestrutura necessária para receber os dependentes. O Centro conta ainda com cinco piscinas, campo de futebol, quadra de vôlei, biblioteca, horta com 60 canteiros já em produção e dois lagos com uma boa quantidade de peixes. O local terá ainda em breve 16 tanques para piscicultura.
O Centro conta ainda com o trabalho de 45 voluntários que deverão fazer parte da “Ressurgência”, sociedade civil sem fins lucrativos, cujo nome faz referência ao fenômeno da correnteza marítima na região. Claudio Mansur explica que a sociedade irá organizar o trabalho voluntário em prol do Centro. “Precisamos abraçar esses voluntários e a criação dessa sociedade tem esse objetivo”, explica ele.
No próximo sábado, afirma Mansur, deverão comparecer à solenidade de inauguração várias autoridades e possivelmente o ministro da Pesca Marcelo Crivela. Estarão presentes o prefeito de Cabo Frio, Alair Correa, e de São Pedro D’Aldeia, Chumbinho, e Andinho, de Arraial do Cabo. Deputados federais e estaduais, além de vereadores, também são esperados para o evento.
Postar um comentário