7 aplicativos indispensáveis para jornalistas

Caderno, caneta, gravador, câmera fotográfica e notebook fazem parte da rotina de muitos jornalistas. Mas o que fazer na ausência dos equipamentos? A variedade de aplicativos para dispositivos móveis beneficia o jornalista em coberturas inesperadas.
0-0-app
Aplicativos trazem facilidades à rotina de jornalistas (Imagem: Comunique-se Educação)
Para a jornalista Andrea Lopes, que é especialista na área de comunicação digital e professora do Comunique-se Educação, os aplicativos trazem facilidades à rotina dos profissionais de imprensa, que cada vez mais realizam tarefas diretamente no tablet ou smartphone. Nesta lista, ela elege alguns aplicativos que podem facilitar sua vida profissional, dentro e fora das redações. Confira:

1 - Dropbox - Ferramenta para armazenamento remoto de arquivos, disponível para iOS e Android. O serviço é freemium, ou seja, o usuário pode usar gratuitamente, mas paga por funções extras. “É bom para manter seus documentos salvos na "nuvem" e compartilhar pastas. Para jornalistas, é possível subir o material e o editor já acessar diretamente”, indica Andrea.
2 - Dicionário Priberam - Gratuito com versões para Windows Phone, Android e iOS. “É realmente indispensável para jornalistas”, enfatiza. O app integra 16 dicionários, com sinônimos, antônimos e locuções.
3 - Evernote - “Dos blocos de notas, esse é meu preferido, pois é possível fazer anotações, anexar imagens, organizar tarefas”. Na versão paga é permitido compartilhar arquivos com grupos, que podem editar o mesmo documento. As notas podem ser compartilhas também por redes sociais. Gratuito para iOS, Windows Phone e Android.
4 - SoundNote - O aplicativo permite que o usuário faça anotações e desenhos enquanto grava o áudio. Com isso, nenhum detalhe é perdido durante uma entrevista ou reunião. As notas ainda se tornam índices, de maneira que a gravação é reproduzida a partir do momento em que a palavra foi digitada. Custa $ 4.99. “É bem bacana, mas é só para iPad. Com a atualização do iOS 7, a Apple oferece agora um bom gravador e é possível editar o áudio com facilidade”, sugere.
5 - Snapseed - Eleito o melhor editor de imagens pela Technical Image Press Association, em 2012. “Muito bom para editar e aplicar filtros em imagens”, diz Andrea. O app é voltado para dispositivos Android e iOS.
6 - Hootsuite - Gerenciador de redes sociais. “Ideal para produtores acompanharem vários perfis e páginas ao mesmo tempo e também filtrar o que as pessoas mandam de sugestão para os concorrentes”, avalia a jornalista. É possível filtrar por perfil, por página ou por hashtag, de acordo com interesse. Gratuito.
7 - CamCard - Gerenciador de cartões de visita para iOS, Windows Phone e Android. “Bem legal para repórteres e produção. O aplicativo lê o cartão de visita, puxa os dados e pergunta se você quer guardá-los na agenda do celular”, descreve Andrea. Tem versão gratuita e paga com mais funcionalidades.
0