Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Bebê encontrado em estacionamento de Cabo Frio ainda precisa de atenção especial

Amiga de enfermeira que achou a criança em um lençol recorda o momento e se emociona: 'Que ela saiba que é amada', diz sobre Paulinha da vida real
 Bebê encontrado em estacionamento ainda precisa de atenção especial  (Foto: Mais Você / TV Globo)Menina recebeu o nome de Paulinha por conta da personagem de Amor à Vida (Foto: Mais Você / TV Globo)
A arte imita a vida! Assim Ana Maria definiu o caso que aconteceu em Cabo Frio, interior do Rio de Janeiro. Como na novela Amor à Vida, um bebê foi abandonado em um estacionamento há poucos metros do hospital e encontrado pela auxiliar de enfermagem, Iracema Soares. A menina recebeu o nome de Paulinha, em homenagem àpersonagem de Klara Castanho na novela. Com quase três quilos, a criança ainda precisa de atenção especial dos médicos e, por isso, está internada em uma incubadora.


O bebê - que foi encontrado com poucas horas de vida - foi transferido para outro hospital e submetido a uma bateria de exames. "A gente está fazendo os exames para ver como ela está , pois não sabemos qual era o estado de saúde da mãe, a gente não consegue ter informações sobre o pré-natal", explicou a pediatra Gabriela Nogueira, que afirmou que a criança está sendo tratada com antibióticos para prevenir possíveis infecções.
Todos os funcionários da Unidade de Saúde se mobilizaram para ajudar. "Eu acredito que ela (a mãe) tenha deixado aqui em frente, perto da porta do ambulatório para que um profissional de saúde achasse a criança e tivesse todo o cuidado", contou a enfermeira Andréa Lopes.
Profissionais se emocionam
Eu vi um tecido laranja se mexendo. Achei que era um gato ou cachorro, mas quando cheguei até a grade, vi que era uma criança"
Iracema Soares
Quando a criança foi encontrada, ela ainda estava enrolada em um lençol, suja de sangue e com o cordão umbilical. "Eu vi um tecido laranja se mexendo. Achei que era um gato ou cachorro, mas quando cheguei até a grade, vi que era uma criança! Fiquei desesperada, chamei minha amiga Sheila e falei com ela que não estava acreditando no que estava vendo. Fiquei em estado de choque", contou Iracema.
Sheila de Oliveira, amiga da enfermeira que encontrou Paulinha se emocionou: "Um dia, quando essa menina crescer, que ela saiba que é amada por muitas pessoas, que talvez ela nem saiba que existem, mas vão lembrar dela para sempre."
A polícia está investigando o caso e está à procura da mãe da menina. O Conselho Tutelar de Cabo Frio informou que a Justiça que vai determinar o destino da criança.
Postar um comentário