Chuvas causam estragos em cidades da Região dos Lagos

Alunos de uma escola ficaram ilhados em Macaé.
Prefeitura de Rio das Ostras decretou estado de alerta.

Júnior CostaDo G1 Região dos Lagos
Chuvas em Macaé (Foto: Juranir Badaró/Secom Macaé)Avenida Amaral Peixoto em frente ao Parque de Tubos (Foto: Juranir Badaró/Secom Macaé)
A cidade de Macaé, no interior do estado do Rio de Janeiro, é uma das mais castigadas pelas chuvas nesta terça-feira (26). Acessos aos bairros, empresas, escolas e hospitais foram restringidos durante toda manhã e início da tarde, por conta de vários pontos de alagamento que se formaram devido às fortes chuvas que atingem a cidade. Durante a manhã 35 crianças que estudam na escola municipal Fazenda Santa Maria, no bairro Horto, ficaram ilhadas.
Equipes da Defesa Civil da cidade precisaram retirar funcionários e alunos pelos fundos da escola. Por conta da inundação a escola foi interditada pelos agentes e cercada com tapumes. No bairro Imboassica, os trabalhadores da Petrobras e de empresas offshore encontraram muita dificuldade para chegarem até o trabalho. O Parque de Tubos, um dos principais complexos logísticos offshore da cidade, está debaixo d'água. 
Poucos tiveram coragem de colocar atravessar de carro o rio que se formou em frente ao complexo e ao Terminal Rodoviário. Segundo a Prefeitura duas bombas foram acionadas para escoar a água e dar mais fluidez ao trânsito no local. Mesmo assim, agentes de trânsito foram deslocados até o local para auxiliar o fluxo.
Ainda por conta da chuva, um veículo capotou no início da tarde na Ponte da Barra, que divide o Centro de Macaé com o bairro Barra de Macaé. Ninguém ficou ferido. O acidente chegou a interditar a ponte, mas o trânsito foi normalizado cerca de meia hora depois do capotamento. Por conta da chuva e da grande quantidade de barro levado pela água para a pista na Avenida Industrial, na altura do bairro Jardim Franco, o trânsito está liberado apenas em meia pista no sentido ao bairro Ajuda. Agentes de trânsito já estão no local atuando na orientação aos motoristas.
Moradores do bairro Barreto informaram que uma elevatória transbordou e casas foram inundadas. Moradores tiveram que colocar móveis e eletrodomésticos em cima de escadas, tijolos e outros móveis para conseguir salvar alguma coisa. 
Rio das Ostras
Por conta das fortes chuvas a Prefeitura de Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, decretou estado de alerta na cidade. Segundo a nota enviada durante a tarde para a imprensa, nas últimas 30 horas choveu 150 milímetros, 80 deles entre 9 e 14h desta terça-feira. Segundo a Defesa Civil do município, para o mês de novembro eram esperados 200mm de chuva.
Por conta do alerta emitido as aulas nas escolas públicas do município foram suspensas, assim como o serviço nas secretarias e autarquias da administração pública. Segundo a nota, até o momento 20 famílias foram desalojadas. Cinco pessoas estão desabrigadas e já foram encaminhadas a um abrigo provisório no Centro Integrado de Convivência, da Secretaria de Bem-Estar Social. Os bairros Âncora, Cidade Beira Mar, Cidade Praiana, Liberdade, Nova Cidade, Palmital e Recanto são os mais atingidos.
0