Nem Waldemar, e agora nem Toninho. Cabofriense está sem treinador

A divulgação da possível volta de Waldemar Lemos ao comando do tricolor praiano sacudiu os bastidores da Cabofriense.
A diretoria se reuniu ontem (6) e acertou a saída do professor Toninho Andrade e sua comissão. Apesar de ter garantido a permanência do treinador num primeiro momento, a decisão foi tomada devido ao desconforto gerado em ambas as partes após as notícias relacionadas com comentários em redes sociais.
Temos muito a agradecer ao Toninho e toda sua comissão, mas no momento achamos melhor parar por aqui, tudo que foi dito gerou muito desgaste e decidimos que esse seria o melhor caminho.  As portas estarão sempre abertas para eles. Ele foi muito importante para a conquista do nosso acesso e terá seu nome para sempre na história da Cabofriense. Nós não estamos contratando Waldemar e não temos nenhum nome até o momento. Estamos trabalhando para fortalecer nossa parceria com o Cruzeiro, acabar de efetuar a contratação para elenco 2014 e trabalhar agora também em cima do nome de um treinador – declarou presidente Valdemir Mendes.

Texto Andreia Maciel
0