Bom dia! Veja as manchetes dos principais jornais desta quinta-feira, 5 de dezembro. Em Búzios, Escola de Música Villa-Lobos realiza hoje recital de encerramento das atividades de 2013


Exibindo Inauguração da Villa Lobos (1).JPG
Evento será nesta quinta-feira, dia 5, a partir das 16h

Será realizado nesta quinta-feira, dia 5, a partir das 16h, o recital de encerramento das atividades de 2013 da Escola de Música Villa-Lobos - Núcleo Avançado Tom Jobim de Búzios. O evento, que contará com diversas apresentações musicais dos alunos, será promovido no Espaço CircoLo da Criação, localizado à Estrada da Usina, nº 179, Centro da cidade. Haverá apresentações de violão, violino, coro infanto-juvenil e coro adulto, que brindarão o público com canções renomadas da MPB, tais como “Eu Não existo sem você” e “As rosas não falam”.
Com uma média de 350 alunos, a escola de música comemora um ano de muitas realizações e a conquista de uma sede nova inaugurada em abril, após um período de pausa nas atividades por conta da não-renovação do contrato pela antiga gestão municipal. Mantida por meio de convênio com o Governo do Estado do Rio de Janeiro, a escola, além de voltar a funcionar já no início do ano, ganhou salas ampliadas e mais vagas para que crianças, jovens e adultos de Búzios possam desenvolver a sensibilidade artística e oferecer eventos de qualidade à cidade.
Desde o dia 24 de abril, a escola funciona à Rua dos Gravatás, nº 49, bairro Geribá. Fundada em 2003, já é apontada como referência na Região dos Lagos sendo, hoje, um celeiro para despertar talentos locais e o gosto pela música nos buzianos. Por ter alunos de todas as idades, inclusive idosos, nestes dez anos de fundação, já não havia espaço físico adequado para atender a tantos alunos.
Atualmente, a Escola de Música Villa-Lobos do Rio de Janeiro, que integra a estrutura da Secretaria de Estado de Cultura, estando subordinada à Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro/FUNARJ, está presente em apenas quatro municípios do Estado do Rio de Janeiro – além de Búzios, em Conceição de Macabu, Paracambi e Miracema - e se encontra no posto de uma das mais importantes instituições de ensino e fomento à prática musical do Brasil.
Novas turmas – Os interessados em ingressar na Escola de Música Villa-Lobos, Núcleo Avançado de Búzios, podem comemorar: a partir do dia 9 de dezembro, a unidade estará efetuando as inscrições de novos alunos que desejam ingressar em uma das turmas de música. O prazo para cadastro vai até o dia 13 de dezembro e a seleção constará de uma prova de percepção auditiva marcada para o dia 8 de fevereiro de 2014.
As vagas são limitadas e há oportunidades para as turmas de teclado, violão, baixo, saxofone, flauta, violino, piano, bateria, canto e guitarra, entre outros. Os interessados devem comparecer à sede da escola portando RG, CPF e comprovante de residência originais, e a idade mínima exigida é sete anos de idade.
Para quem já é aluno da escola, o período de renovação de matrícula será entre 18 e 28 de fevereiro do ano que vem. Mais informações pelo número:  (22) 2623-4450.


---------------------------------------------------------------------------------------------
Jornais nacionais
Folha de S.Paulo
Agora S.Paulo
O Estado de S.Paulo

Juiz nega pedido e Dirceu ficará na fila por benefício
O Globo

Retratos do Brasil: País tem só quatro universidades entre as cem melhores dos emergentes
Valor Econômico
image
Receita extra surpreende e melhora situação fiscal
Correio Braziliense

Na Asa Norte, até a polícia tem medo
Estado de Minas

O fiscal sumiu!
Zero Hora

Projeto eleva valor da multa para motoristas infratores
-------------------------------------------------------------------------------------
*
Jornais internacionais
The New York Times (EUA)
Detroit: decisão sobre a falência levanta proteções de pensão
The Guardian (Reino Unido)
Pensão do Estado? Não até que você tenha 70 - Osborne
El País (Espanha)
Bruxelas impôe multa recorde a seis bancos por manipular a Euribor


---------------------------------------------------------------------------------------------
O Globo

Manchete: Retratos do Brasil: País tem só quatro universidades entre as cem melhores dos emergentes
China domina o ranking, com 23 instituições.

Das brasileiras, três são de São Paulo e uma do Rio; nenhuma delas aparece entre as dez primeiras colocadas no levantamento.

Um dia após o resultado do Pisa (exame aplicado a jovens de 15 anos em 65 países) mostrar que o Brasil continua nas últimas colocações do ranking internacional de aprendizado, outro levantamento, elaborado pela consultoria britânica Times Higher Education, revelou que o país também deixa a desejar no ensino superior, mesmo quando comparado apenas com nações emergentes. No grupo de 100 melhores universidades, apenas quatro são brasileiras. Tal como no Pisa, a China se destaca, com 23 instituições no grupo. (Págs. 1 e 3)
Indústria se recuperou em outubro
Resultado do IBGE indica que economia voltou a crescer no fim do ano.

Puxada pelo setor de máquinas, a indústria brasileira cresceu 0,6% em outubro em relação a setembro, acima das previsões dos analistas. O resultado indica que a economia retomará o crescimento no último trimestre do ano, após a queda de 0,5% entre julho e setembro. (Págs. 1 e 29)
Ataque indígena
Índios de várias etnias entram em confronto com seguranças da Presidência, após tentativa de invasão do Palácio do Planalto. Grupo protestava contra revisão de regra para demarcações. (Págs. 1 e 4)
Privatização: Mais três rodovias são leiloadas
Com desconto de 52% no valor do pedágio fixado pelo governo, a Triunfo venceu o leilão de privatização das BRs-060, 153 e 262, estradas de DF, Goiás e Minas. O grupo, que vencera a privatização do aeroporto de Viracopos (SP), investirá R$ 7,15 bi nas rodovias em 30 anos. (Págs. 1 e 33)
No Twitter: Eike indicou OGX e vendeu ações
Em diálogos no Twitter em 29 de maio deste ano, durante o pregão da Bolsa, Eike traçou cenário promissor para a OGX e vendeu 19 milhões de ações da petroleira. Hoje, acionistas minoritários entram na Justiça contra o empresário. (Págs. 1 e 29)
A batalha do dossiê: Ministro enfrenta ira de deputados
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, travou dura discussão na Câmara com deputados citados no dossiê sobre um cartel em São Paulo. O tucano José Aníbal desafiou Cardozo a processá-lo. (Págs. 1 e 12)
PT fará desagravo a mensaleiros
No 5º Congresso do PT, semana que vem, a direção do partido fará desagravo aos condenados Dirceu e Genoino. (Págs. 1 e 6)
O primeiro condenado: Laudo comprovou uso de etanol
O catador Rafael Vieira, de 26 anos, foi condenado a 5 anos de prisão por usar coquetéis molotov em protesto no Rio, em junho. Laudo da perícia mostrou que ele carregava fiascos com etanol. (Págs. 1 e 25)
Caos na Argentina: Córdoba sofre onda de saques
Com policiais em greve, a segunda maior cidade argentina viveu uma onda de saques a lojas e assaltos a casas, com dois mortos e 110 feridos. Deputados opositores defenderam uma lei de segurança nacional. (Págs. 1 e 38)
Esportes: A Copa da ‘noiva atrasada’
Ministro Aldo Rebelo comparou demora na entrega de estádios a casamentos e admitiu que Itaquerão e Arena da Baixada só ficarão prontos em fevereiro. (Págs. 1 e 47)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Juiz nega pedido e Dirceu ficará na fila por benefício
Ex-ministro aguardará até dois meses decisão sobre se poderá ou não trabalhar em hotel, que está sob suspeita

A Vara de Execuções Penais de Brasília rejeitou o pedido da defesa de José Dirceu para que fosse realizada com prioridade a análise de sua contratação pelo Hotel Saint Peter, no primeiro revés à intenção do ex-ministro de trabalhar fora da prisão. A decisão reflete a resistência ao pedido feito por Dirceu, que provocou críticas no STF pelo valor do salário - R$ 20 mil - e pela situação da empresa proprietária do hotel, cujo ex-gestor seria um laranja. Sem essa prioridade, Dirceu pode levar até dois meses para ter seu pedido analisado. Ele passará por avaliação psicológica, o empregador será entrevistado e o localizado. Durante esse período, Dirceu ficará no presídio da Papuda, onde cumpre pena de 7 anos e 11 meses após condenação no processo do mensalão. O ex-deputado Roberto Jefferson, condenado a 7 anos, passou por perícia médica, cujo laudo será entregue hoje ao STF. (Págs. 1 e Política A4, A6 e A8)

Dora Kramer

Na melhor das hipóteses, houve descuido na seleção do emprego para Dirceu. Na pior, pesou a força do hábito de lançar mão de quaisquer meios para justificar os fins. (Págs. 1 e Política A6)
Triunfo oferece 52% de deságio e vence leilão de rodovias
A Triunfo Participações e Investimentos venceu outros quatro consórcios na disputa pelos 1.176 km das BRs 060, 153 e 262, no Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais. A empresa, sócia do aeroporto de Viracopos, em Campinas, ofereceu a menor tarifa de pedágio (R$ 0,02851 por km), com deságio de 52% -igual ao desconto dado pela Odebrecht na concessão da BR-163 (MT), na semana passada. (Págs. 1 e Economia B4)
Administração da dívida leva crise à cúpula do Tesouro
Identificado como mentor de manobras contábeis para fechar as contas do governo, o secretário Arno Augustin (Tesouro) enfrenta resistências cada vez maiores entre seus auxiliares. A raiz do problema é a dificuldade em rolar títulos públicos. (Págs. 1 e Economia B1)
Prefeitura amplia arrecadação após descobrir fraude
Após descobrir a fraude na arrecadação do ISS, a Prefeitura elevou em 42% o volume de recursos com imposto para obtenção do Habite-se. O secretário Marcos Cruz diz que o valor “extra” deve ser de R$ 30 milhões. (Págs. 1 e Metrópole A21 e A23)
TJ-SP elege José Renato Nalini presidente
Após polêmica com a possibilidade de reeleição do presidente Ivan Sartori, o Tribunal de Justiça de SP elegeu o desembargador José Renato Nalini para o biênio 2014/2015. Ele vai herdar um orçamento estimado em R$ 7,6 bilhões. (Págs. 1 e Política A21 e A23)
Governos já buscam alternativas à OMC (Págs. 1 Economia B14)

Fifa vistoria e dá aval a obra do Itaquerão (Págs. 1 e Esportes A32)

Candidatos criticam atual gestão da USP (Págs. 1 e Metrópole A3)

Alckmin criará cotas raciais no serviço público
O governador Geraldo Alckmin (PSDB) lançará projeto de cota racial no serviço público estadual de São Paulo. O plano é reservar 35% das vagas da administração direta e indireta (empresas públicas) a negros e indígenas. (Págs. 1 e Metrópole A26)
Notas & Informações
Mantega e o pibinho promissor

Para o ministro, o mau desempenho tornará mais fácil um bom resultado no trimestre final do ano. (Págs. 1 e A3)
Argentina tem onda de saques
Com policiais em greve, Córdoba vive onda de saque. Coinflitos já deixaram um morto e 60 feridos. (Internacional / Págs. 1 e A14)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Na Asa Norte, até a polícia tem medo
Dados oficiais registram 484 roubos a pedestres e 34 ao comércio de janeiro a outubro. No mesmo período, as lojas também foram alvo de 224 furtos no bairro nobre da capital da República. O medo tomou conta de moradores e comerciantes, que se sentem reféns de usuários de drogas e criminosos. Nem policiais escapam da ação dos fora da lei. Na noite de terça-feira, na 309 Norte, um agente civil reagiu a assalto, atirou e matou um dos bandidos. Mas também foi baleado. Um dia depois, PMs, como o da foto ao lado, voltaram a ser vistos na área — uma cena rara, segundo pessoas que moram na quadra. A insegurança é tanta que prédios estão contratando vigias particulares. “Fui obrigado”, disse um síndico. “Se o governo não faz a parte dele, temos que fazer a nossa.” (Págs. 1 e 31, 32 e visão do Correio, 24)
Crise na saúde da PM derruba comandante
Jooziel Freire foi demitido do cargo após suspensão no plano de saúde da corporação deixar 90 mil conveniados sem assistência médica. O coronel Anderson Moura assumiu o posto. Ele é o quinto comandante da tropa em menos de três anos de governo. (Págs. 1 e 34)
Niemeyer, um cidadão do mundo
Espalhadas em diversos países, as obras do arquiteto ainda impressionam pelo traço moderno e arrojado. Missas e celebrações marcam, a partir de hoje, um ano da morte de Niemeyer. (Págs. 1 e 37)
Dia de caos e tumulto
De manhã, a Praça dos Três Poderes parou com o protesto de índios. Houve briga (D) com seguranças do Planalto. À tarde, uma passeata de policiais (acima) engarrafou o Eixo Monumental. E,à noite, passageiros fecharam a Rodoviária. (Págs. 1 e 12, 22 e 32)
Dirceu terá de esperar na fila do emprego
Juiz decide que autorização para o petista deixar a Papuda de dia e ir trabalhar no Saint Peter seguirá fila de espera existente. Oposição cobra investigação sobre o hotel, que ofereceu salário de R$ 20 mil a Dirceu. Suposto dono seria um auxiliar de escritório panamenho. (Págs. 1 e 2)
Direito de rever paternidade
Comissão do Senado aprova projeto que permite aos homens, por meio de exame de DNA, contestarem a paternidade a qualquer tempo, mesmo que o filho já tenha sido reconhecido. (Págs. 1 e 8)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Manchete: O fiscal sumiu!
Motoristas ficam à vontade para afrontar a lei em BH, sem serem punidos.

Enquanto a frota da capital saltou de 400 mil veículos em 1986 para mais de 1,5 milhão hoje, o número de agentes de trânsito caiu de 1.200 para 1.096. Mas o pior é que eles quase não são vistos, nem no Centro e Região Centro-Sul, por onde nesta época circulam 540 mil carros diariamente. O Estado de Minas percorreu 20 pontos do Hipercentro, Savassi e área hospitalar e constatou um sem-número de infrações, principalmente de estacionamento irregular. Não havia um fiscal sequer em qualquer dos locais para coibir os abusos. Os órgãos responsáveis admitem ter pouco efetivo e muita dificuldade para fiscalizar as 14 mil vias de tráfego da cidade.

O Senado aprovou punições mais severas para motoristas que cometam infrações graves ou gravíssimas. O texto ainda passará pela Câmara. (Págs. 1 e 21 e 22)
Fraude: Máfia dos diplomas agenciava estudantes
Parte da quadrilha presa em Minas por fraudar vestibulares de medicina ajudava a disseminar o golpe enquanto aguardava chance de conseguir vaga ilegalmente. (Págs. 1 e 25)
Mensalão: Justiça barra privilegio para Dirceu
Juiz da Vara de Execuções Penais negou pedido de urgência na analise da contratação do ex-ministro da Casa Civil por hotel em Brasília. Defesa usou a idade do preso, de 67 anos, para pedir prioridade. (Págs. 1 e 11)
Protestos em BH: Protestos em BH: MP quer julgar vândalos antes da Copa do Mundo (Págs. 1 e 2)

Exceto idosos: Senado limita meia-entrada a 40% do total de ingressos (Págs. 1 e 11)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Mais diálogo para desafogar o tráfego (Págs. 1 e 6)
Os primeiros 64 orientadores de trânsito começam a trabalhar em cruzamentos da Agamenon Magalhães, quarta. Sem mudar, eles terão o papel de auxiliar motoristas e evitar retenções (Cidades, Págs. 1 e 6)
Dirceu não vai "furar a fila" do emprego (Págs. 1 e 6)

Ministra tenta ajudar garota a Noruega (Págs. 1 e 12)

------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Projeto eleva valor da multa para motoristas infratores
Aprovada no Senado, proposta que irá à Câmara pune com mais rigor embriaguez e omissão de socorro. (Págs. 1 e 36)
Pós-PIB: Indústria tem recuperação em outubro
Setor registra terceiro mês consecutivo de crescimento, fato inédito desde 2010. (Págs. 1 e 20)
Energia limpa: Chineses produzirão painéis solares no RS
Unidade deve ser instalada em São Leopoldo. (Págs. 1 e 6)
Mensalão: Tucano pede investigação sobre hotel
Empreendimento que quer empregar José Dirceu estaria em nome de laranja. (Págs. 1 e 8)
Copa 2014: Como estão as obras em Porto Alegre
Zero Hora percorreu oito dos 14 trechos viários em construção na cidade.

Aldo Rebelo
Ministro do Esporte

Existe muito mito em torno dessa coisa do atraso. (Págs. 1, 34 e 51)
Fotolegenda: Saques na Argentina
Explosão de violência em Córdoba deixa pelo menos dois mortos e dezenas de feridos. (Págs. 1 e 32)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete: Petrobras dá como nova a velha política de preços
Dois dias após o tombo de 10% das ações na Bolsa, a empresa enviou à CVM um esclarecimento sobre a fórmula de reajuste dos combustíveis em vigor desde 29 de novembro. A única mudança em relação ao que já era praticado é a adoção de diferentes pesos para combustíveis importados e produzidos no país. Após a nota, na qual a estatal também rejeita especulações sobre a saída de Graça Foster, a cotação dos papéis voltou a cair. (Págs. 1 e 5)
Produção: Indústria fecha mês de outubro com alta de 0,6%
Apesar de modesto, o resultado surpreendeu favoravelmente os analistas e foi a terceira alta consecutiva em relação ao mês anterior. (Págs. 1 e 4)
Concorrência: UE multa grandes bancos por manipular juros
Cinco instituições americanas e europeias vão pagar US$ 2,3 bi, o maior valor já aplicado. (Págs. 1 e 24)
Triunfo leva BR-060 com deságio de 52%
Concessionária de Viracopos e da Rio-Juiz de Fora arremata trecho que liga Brasília a Goiânia. (Págs. 1 e 3)
Cliente & Cia: Confiança em planos de saúde é percentual que tende a cair. (Págs. 1 e 13)

------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços
0