Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







domingo, 8 de dezembro de 2013

Com mais um ator diagnosticado com Aids, indústria pornô enfrenta terceiro ‘apagão’ do ano

Lei que determina uso de camisinha em sets de filmagem de Los Angeles vem afastando as produções da cidade
A indústria de cinema pornô de Los Angeles enfrenta o terceiro 'apagão' do ano, após mais um ator ser diagnosticado com Aids. A discussão está quente desde novembro de 2012, quando uma lei determina que o elenco use camisinha nas filmagens foi aprovada. Apesar de ela ainda não ter vingado significativamente, alguns produtores resolveram filmar em outros estados.
Em setembro, a indústria de filmes pornôs interrompeu os trabalhos por duas semanas porque três atores tiveram os resultados de seus exames de Aids positivos. Um pouco antes, em agosto, já havia parado por uma semana quando a atriz Cameron Bay anunciou que seu teste havia dado positivo.

No sábado, um porta-voz da associação de atores pornôs disse ao "Los Angeles Times" que não há indícios de que a nova ocorrência teria ligação com os casos de agosto e setembro. A entidade soltou ainda um comunicado culpando a "lei da camisinha" por prejuízos "mais de US$ 450 mil" na indústria, uma vez que as filmagens estariam sendo deslocadas para outros estados. Foram concedidas 24 permissões para filmagens de obras pornográficas em Los Angeles no ano de 2013, enquanto em 2012 foram 480.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/cultura/com-mais-um-ator-diagnosticado-com-aids-industria-porno-enfrenta-terceiro-apagao-do-ano-11007455#ixzz2mugo5HHh 
© 1996 - 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 
Postar um comentário