Eleições: Pai de santo revela quais políticos serão destaques em 2014


Unindo Xangô e Iansã, o pai-de-santo, Oscar de Oxalá, do terreiro Ilê-axé Passaró Fadaká, comentou também que o Brasil será banhado por grandes chuvas.
Os búzios já foram jogados. Para 2014, os babalorixás viram que o próximo ano será regido por orixás: Xangô e Iansã. O primeiro é considerado o rei das pedreiras, Senhor dos coriscos e do trovão, Pai de justiça e o Orixá da política. Já Iansã é a Rainha dos raios, dos ciclones, furacões, tufões, vendavais. Orixá do fogo, guerreira e poderosa.

Unindo Xangô e Iansã, o pai-de-santo, Oscar de Oxalá, do terreiro Ilê-axé Passaró Fadaká, comentou que o Brasil será banhado por grandes chuvas. “Pelos búzios, na relação do jogo, com esses dois orixás, têm que o Brasil terá muitas chuvas, incluindo o estado do Piauí”, disse o pai. Oscar de Oxalá acrescentou que a quantidade de chuva não irá resolver a seca do sertão piauiense.

“A quantidade de chuvas não quer dizer que irá resolver por completo o problema de seca no sertão nordestino porque o nosso problema é secular. A estiagem ainda irá permanecer em alguns pontos devido à falta de investimento e recursos públicos”, disse.
Foto:Assis Fernandes/ODIA
Oscar de Oxalá disse ainda que nas áreas de saúde e educação, o estado do Piauí ainda enfrentará grandes dificuldades: “As questões de saúde pública e educação pública no Piauí são preocupantes para aqueles que dependem do Sistema Único de Saúde e das escolas públicas. Essas duas áreas precisam de mais investimento para melhorar a vida daqueles que precisam”, afirmando que a economia também seguirá o mesmo dilema.
Para a estudante Yara Silva, seguidora do Candomblé, ter 2014 com Xangô é uma oportunidade a mais para o país ser mais democrático e com menos injustiças.
Copa e Eleições
O pai Oscar de Oxalá jogou os búzios para o futebol e as eleições 2014. Ao ver o jogo dos búzios, ele argumentou que a seleção brasileira deverá ir até as finais do campeonato, mas não assegura o hexacampeonato. Já as eleições para o governo do Piauí, ele identificou dois fortes candidatos.
“O ano de 2014 é muito forte e atraente. Nesse ano, nós temos a copa do Brasil e os cargos majoritários em política. Em política, para o nosso Estado, temos dois fortes nomes: um novo e outro mais antigo: Rodrigo Martins (vereador presidente da Câmara de Teresina) e Silvio Mendes (ex-prefeito de Teresina). Se esses nomes vieram à tona serão mais fortes que outros nomes”, argumentou.
Com relação à Copa do Mundo, Oscar de Oxalá declarou que “os búzios estão mostrando que o odum é Odum Oxé. Esse Odum Oxé representa uma força, uma expressão, uma vitória que vê a seleção brasileira nas finais do campeonato. Mas não podemos antecipar e dizer que o Brasil está com a taça na mão porque muitas águas irão rolar. Mas o Brasil é favorito”, mencionou o pai-de-santo.
O Branco
Para o candomblé, religião trazida da África para o Brasil, que cultua os orixás e a natureza, o branco representa tudo para o ser humano, além de trazer boas energias. Por isso, muitas pessoas – mesmo não seguindo essa religião – busca vestir roupas brancas para a virada de um ano para o outro, chamado de Réveillon.
“O branco representa a paz, a harmonia e a alegria. É a manifestação positiva e espiritual para chegar até nós. Quando uma pessoa usa roupas brancas torna-se mais fácil as boas energias chegar até elas”, afirmou pai Oscar de Oxalá. 
Repórter: Carliene Carpaso (JornalODIA)
0