"Não faça justiça com o mouse": rapaz é preso por xingar policial em rede social

00-a-rede-social
Post que virou caso de polícia foi matéria no 'Jornal Hoje' (Imagem: Reprodução/Globo)
Diego Bolonhezi Goedi, de 24 anos, chegou a ser detido por causa de posts publicados em sua página no Facebook. Na rede social, o jovem ofendeu os policiais que tinham ido até sua casa para apreender uma moto, que estava com documentação irregular. A atitude foi considerada desacato à autoridade pela Polícia Militar do Paraná, que chegou a prendê-lo - e liberá-lo logo em seguida.


O caso do rapaz do interior paranaense aconteceu nesta semana e rendeu pauta para o 'Jornal Hoje' desta sexta-feira, 29. Antes de a matéria comandada pelo repórter Wilson Kirshe, da RPC, afiliada da Rede Globo na região, os apresentadores Evaristo Costa e Sandra Annenberg comentaram o tema. "Falar mal de uma entidade ou de alguém mesmo na rede social é crime?", perguntou Sandra.
A âncora do telejornal chegou a afirmar que a resposta - a respeito de ofensas publicadas em sites como Twitter e Facebook - viria na reportagem. E veio. Para o advogado especialista em crimes na internet, Fernando Peres, há casos na web que merecem punições. "Ela não deve tecer comentários danosos e deve ponderar se aquelas informações vão prejudicar a parte oposta", analisou. "A pessoa não deve fazer justiça com o próprio mouse", finalizou o advogado.

0