Rafael Silva é prata no último dia do Grand Slam de judô

AE - Agência Estado
O Brasil esteve perto de subir no lugar mais alto do pódio no último dia do Grand Slam do Circuito Mundial de Judô, em Tóquio, neste domingo, com Rafael Silva, o Baby, na categoria para lutadores acima de 100kg. Mas o judoca perder a final contra o sul-coreano Sung-Min Kim e acabou ficando apenas com a prata.


Com isso, a equipe brasileira terminou a competição na quinta colocação geral. Foram quatro medalhas no total, sendo três de prata (com Rafael Silva, Charles Chibana e Erika Miranda) e uma de bronze (com Sarah Menezes). Donos da casa, os japoneses dominaram o quadro de medalha, vencendo 11 das 15 categorias disputadas. Eles ainda conseguiram mais duas pratas e 14 bronzes.
Rafael Silva chegou para este domingo como grande favorito, já que Teddy Riner, seu principal adversário e considerado o melhor judoca do mundo na atualidade, não foi para o Japão. E o brasileiro foi passando por seus adversários. O ucraniano Stanislav Bondarenko, os japoneses Hisayoshi Harasawa e Masaru Momose ficaram pelo caminho. Mas na decisão, Baby acabou perdendo para Sung-Min Kim por um yuko.
Na mesma categoria, David Moura venceu sua primeira luta, mas acabou perdendo na sequência e, então, novamente na repescagem, ficando fora da briga por medalha. A principal decepção brasileira no dia, no entanto, ficou por conta de Maria Suelen Altheman. Segunda colocada no ranking da categoria para judocas com mais de 78kg, ela caiu logo na estreia para a japonesa Sara Asahina e sequer conseguiu brigar por um lugar no pódio.
Também na categoria para lutadoras com mais de 78kg, Rochele Nunes foi um pouco melhor e venceu sua estreia contra a alemã Fraziska Konitz, mas acabou perdendo para a cubana Idalys Ortis, líder do ranking. Na repescagem, caiu contra a chinesa Qian Qin logo na primeira luta.
Os outros quatro brasileiros que lutaram neste domingo sequer conseguiram chegar na repescagem. Na categoria até 90kg, Eduardo Santos até venceu sua primeira luta, contra o australiano Sebastian Temesi, mas perdeu na sequência para o russo Grigorii Sulemin. Já Eduardo Silva caiu logo na estreia para o polonês Jakub Zarzeczny.
Entre os lutadores com até 100kg, Rafael Buzacarani perdeu sua primeira luta para o canadense Kyle Reyes. Já Renan Nunes, depois de folgar na primeira rodada, foi derrotado na estreia pelo japonês Yusuke Kumashiro. 
0