Turismo, futebol, Copa e Pelé: paixões que unem o país

Museu Pelé, em Santos (SP), e exposições itinerantes sobre o esporte serão atração
para visitantes durante a Copa de 2014
A paixão pelo futebol move os brasileiros dentro e fora de campo, dos estádios aos museus. No dia da abertura da Copa do Mundo, daqui a 176 dias, Santos (SP) inaugura o primeiro museu que conta a história do Rei do Futebol, Pelé, que acaba de ser eleito a celebridade mais influente do Brasil pela Revista Forbes.


O museu, que conta com investimento de R$ 9,8 milhões do Ministério do Turismo, fica a cerca de 45 minutos de São Paulo, cidade-sede que vai receber o primeiro jogo do campeonato no dia 12 de junho. Para os 1,4 milhão de brasileiros e estrangeiros que aportarão na capital paulista durante os 30 dias da Copa, o acervo composto por 2,3 mil peças sobre o maior ícone da história do esporte será um motivo a mais para se falar de futebol.
Visitantes das demais 11 cidades-sede também vão falar de dribles e gols depois dos 45 minutos do segundo tempo. O Brasil vai sediar uma exposição itinerante sobre futebol, realizada pelo Ministério do Esporte, intitulada “Brasil, um país, um mundo”. A mostra foi aberta hoje (18), no Centro de Convenções de Brasília (DF), onde permanece até o dia 19 de janeiro. A exposição traz fotos, vídeos, camisas, chuteiras e bolas da história do futebol brasileiro. Entre as atrações estão a camisa de Pelé autografada por todos os jogadores que disputaram a Copa de 1966, o agasalho de treinamento de Amarildo no Mundial de 1962 e a bola da final da Copa de 2002.
0