Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Bom dia! Veja as manchetes dos principais jornais desta sexta-feira, 27 de dezembro. Rodoviárias da Região dos Lagos vão receber cerca de 1.800 ônibus Todo este movimento será para a passagem do réveillon. Cerca de 60 mil pessoas devem desembarcar nas cidades até terça-feira.


Do G1 Região dos Lagos
  •  
Com a proximidade das festas de fim de ano, cresce o movimento na rodoviária de Ariquemes, RO (Foto: Franciele do Vale/G1)Rodoviárias ficarãolotadas (Foto: Franciele do Vale/G1)
Cerca de 60 mil pessoas devem desembarcar nas rodoviárias da Região dos Lagos para a festa do réveillon. A previsão da Auto Viação 1001, empresa que opera as principais linhas da região, é que entre esta sexta-feira (27) e terça-feira (31), 1.800 ônibus, sendo 610 extras, cheguem do Rio de Janeiro e das regiões Norte/Noroeste e Serrana do Estado nas cidades de Saquarema, Araruama, Iguaba, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio, Arraial do Cabo, Búzios e Rio das Ostras.
Do Rio de Janeiro (capital), são esperados 894 ônibus, sendo 330 extras, o que representa 50% de todo o movimento de chegada às cidades. Sábado deve ser o dia com maior número de desembarques de passageiros, com a chegada de 395 ônibus, sendo 145 extras. Só na Rodoviária Alexis Novellino, em Cabo Frio, devem chegar até terça-feira cerca de 20 mil passageiros em 549 ônibus, sendo 184 extras. O dia de maior movimento também será no sábado com a chegada de 124 ônibus, sendo 52 extras.
Para o retorno dos passageiros, estão programados, inicialmente, entre os dias 1º e 3 de janeiro, 820 ônibus, sendo 205 extras, saindo de todas as rodoviárias da Região dos Lagos. A volta para a casa deve ser diluída entre os três primeiros dias do ano até o domingo, dia 5, após o Réveillon. A principal recomendação para as pessoas que estão chegando à região é comprar as passagens de retorno para as suas cidades com antecedência para evitar filas e a espera por novos ônibus extras a partir de quarta-feira. Os bilhetes podem ser comprados nos guichês da Auto Viação 1001, em diversas agências credenciadas, e também pela internet no site www.autoviacao1001.com.br.


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Com crédito contido e juros altos, vendas de Natal decepcionam
Segundo Serasa Experian, crescimento foi de 2,7%, o menor índice em 11 anos.

Estudos de âmbito nacional indicam que este Natal teve a menor taxa de crescimento de vendas dos últimos anos. Segundo a Serasa Experian, o aumento na semana do Natal foi de 2,7%, o menor em 11 anos. Pesquisa da Associação de Lojistas de Shoppings (Alshop) mostra que o faturamento dos shoppings empatou com o de 2012, considerando as mesmas lojas. Para economistas, esse desempenho fraco resultou da combinação de fatores desfavoráveis para o consumo como inflação alta, juros em elevação e endividamento excessivo. “O comércio já vinha dando sinais de desaceleração em razão da menor geração de emprego e do crédito mais contido”, disse Mareei Solimeo, da Associação Comercial de São Paulo. Nabil Sahyoun, presidente da Alshop, já prevê um freio no ritmo de inauguração de shoppings. (Págs. 1 e economia B1 e B3)

Saldão se concentra no varejo online
As lojas online começaram a oferecer descontos de até 60%. Mas quem foi ao shopping buscando “saldão” pós-Natal não achou megapromoções. (Págs. 1 e B3)
Verba para prevenção de desastres é reduzida
Levantamento no Siafi, solicitado pelo Estado, mostra que o governo reduziu a previsão de investimento em 22 ações de prevenção de desastres. Este ano, a União autorizou a aplicação de R$ 3,3 bilhões - R$ 1 bilhão menos do que em 2012. 0 estudo, feito pela assessoria do DEM no Senado, aponta que até ontem só 15,56% haviam sido aplicados em obras de contenção de encostas, drenagem e manejo de águas pluviais - R$ 384 milhões dos R$ 2,47 bilhões previstos. O Espírito Santo, onde a chuva matou 27 pessoas, recebeu 0,41% dos recursos previstos. (Págs. 1 e metrópole A12 e A13)
Em 20 dias, US$ 7,7 bi saem do País 
Dados do Banco Central mostram que US$ 7,7 bilhões saíram do País nos primeiros 20 dias de dezembro. Se o déficit não for revertido, será a maior saída mensal desde janeiro de 1999, quando começou o regime de câmbio flutuante. (Págs. 1 e economia B4)
Dilma prorroga Comissão da Verdade
A presidente Dilma Rousseff prorrogou o prazo para apresentação do relatório da Comissão Nacional da Verdade, que deveria ser encerrada em maio. O documento sobre a violação de direitos humanos por agentes do Estado entre 1946 e 1988, coordenado pelo advogado Pedro Dallari, terá de ser concluído até 16 de dezembro de 2014. (Págs. 1 e política A4)
Cristina Kirchner desiste de ser candidata em 2015 (Págs. 1 e internacional A11)


Governo egípcio prende membros da Irmandade (Págs. 1 e internacional A8)


Washington Novaes: Impasses da política ao futebol
O País chega ao fim do ano mergulhado em crises e imbróglios em vários setores institucionais, políticos e sociais, sem vislumbrar soluções. (Págs. 1 e espaço aberto A2)
Ali Jarbawi: A intifada iminente
Ninguém deve se surpreender se uma nova intifada irromper nos próximos meses. Muitos especialistas a estão prevendo. (Págs. 1 e visão global A9)
Notas & Informações: Sempre a corrupção
Imaginar que pequenos malfeitos são toleráveis indica deterioração dos valores éticos. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Deu zebra...
Polida prende seis pessoas, desmonta esquema do jogo do bicho em Brasília e apreende R$ 2,75 milhões em dinheiro vivo. Quadrilha recebia ajuda e auxiliava contraventora do Rio de Janeiro e do Tocantins. Chefões ostentavam riqueza, andavam em carros de luxo e celebravam os lucros em restaurantes requintados da capital. Um dos investigados na operação é sobrinho do falecido bicheiro Castor de Andrade. (Págs. 1 e 19 e 20)
Dívida externa cresce 37% no governo Dilma e bate recorde
Registrado em novembro, o montante de US$ 482 bilhões em débitos no exterior é o mais elevado da série histórica iniciada em 1971. Mais de um terço dessa dívida, observam analistas, vence entre 2014 e 2015, período com forte risco de elevação do dólar devido à mudança na política monetária dos EUA. (Págs. 1 e 7)
Caso JK: perito vai processar vereador
Responsável pela investigação da morte de Juscelino refuta tese de atentado político e entrará com ação, por calúnia e difamação, contra o presidente da Comissão da Verdade de São Paulo. (Págs. 1 e 2)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Mais táxis e ônibus na noite do réveillon
As principais novidades para a festa no Recife, anunciadas ontem, serão uso dos estacionamentos g dos shoppings Recife e Rio Mar, com serviço de ônibus, e corredor exclusivo para táxis. (Págs. 1 e cidades 5)
Paraíba proíbe acessórios dentro de banco
Lei sancionada ontem barra uso de chapéus, óculos escuros, capacete e fones de ouvido nas agências. (Págs. 1 e 8)
Mandato em risco
Presidente da Câmara de Caruaru encaminhará pedido de cassação dos acusados de extorsão. (Págs. 1 e 5)
Correção do IR chega menor que a inflação
A partir de 1° de janeiro a mordida mensal do Leão será corrigida em 4,5%, percentual já defasado. (Págs. 1 e cidades/economia 9)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Sete meses depois: Até 18 anos de pena por fraude no leite
Justiça condena, em primeira instância, seis réus do caso de adulteração com ureia e formol.

Rosane de Oliveira MP aposta que punições pesadas evitem fraudes.

Gisele Loeblein Para a indústria do leite, efeito deve ser positivo. (Págs.1 e 4, 5, 10 e 26)

------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete: Abertura no México vai traçar novo mapa do petróleo
O fim do monopólio estatal mexicano e abertura para petroleiras internacionais vai redefinir o fluxo de investimentos no mundo, com reflexos para o Brasil. O México tem uma das maiores reservas ainda não descobertas fora do Oriente Médio e é vizinho do maior mercado consumidor. (Págs. 1 e P22 e 23)
Chuvas: Governo reforça ajuda a ES e MG
O governo federal enviou ontem ao Espírito Santo duas toneladas de medicamentos com 30 tipos de remédios e material de primeiros-socorros. (Págs. 1 e P7)
Mineração, petróleo e gás têm espaço para investir
Levantamento da Austin Rating mostra que baixo endividamento favorece esses setores. (Págs. 1 e P4)
Fundos de investimento em nova era
O presidente da CVM, Leonardo Pereira, informou que um grupo da autarquia está trabalhando junto ao mercado para adequar as regras ao atual estágio do setor. “A Instrução 409 foi crescendo junto com a indústria, recebendo inserções. A ideia é reescrevê-la, criar uma norma nova, clara e que olhe para o futuro. Ela deve estar alinhada para onde o mercado está indo”. (Págs. 1 e P16)
Eleições:PSB em conversa com PSDB para disputa nos estados. (Págs. 1 e P3)


------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário