Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sábado, 28 de dezembro de 2013

Balsas com fogos de artifício já estão em Cabo Frio

Demora na liberação pela Capitania dos Portos do Rio atrasou chegada.

Três balsas serão posicionadas na Praia do Forte
 e uma na Praia do Peró.
Do G1 Região dos Lagos
Neste sábado (28), a estrutura para a queima de fogos do Réveillon começa a ser preparada em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. As balsas chegaram durante a madrugada deste sábado. As balsas chegariam na sexta-feira (27), mas uma demora na liberação pela Capitania dos Portos do Rio atrasou o planejamento.

Quer um penteado diferente para o fim de ano? Aprenda a fazer o Chanel fake

Chanel fake: aprenda a transformar o cabelo no comprimento da temporada sem precisar cortá-lo
Se você quer mudar sem radicalizar, o falso chanel é o penteado ideal. O novo curto já foi usado por várias celebridades e é tendência para o verão 2014. Veja o passo a passo para fazê-lo
A atriz Taylor Swift usou o penteado na premiação MTV Video Music Awards deste ano (Foto: Getty Images)
Se você gostaria de saber como ficaria com os cabelos curtos, mas não tem coragem de cortar os fios, o falso chanel é uma (ótima!) opção de penteado. Ele dá um ar poético ao visual, pois é comportado e tem um toque sexy ao mesmo tempo. Mais indicado para ocasiões à noite, você pode usá-lo em uma festa ou em um jantar.

Paula Fernandes comanda a festa deste sábado em Cabo Frio

Show está previsto para começar às 22h na praia do Forte.
Programação segue até do dia 9 de janeiro.

Do G1 Região dos Lagos
Paula Fernandes no DVD 'Multishow ao vivo: Paula Fernandes, um ser amor' (Foto: Divulgação)
Paula Fernandes no DVD 'Multishow ao vivo:
Paula Fernandes, um ser amor' (Foto: Divulgação)
Neste sábado (28) a programação de shows de final de ano em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, conta com a presença da cantora Paula Fernandes. O show será às 22h no palco montado na  Praia do Forte. A programação, que conta com grandes nomes da música brasileira, vai até o dia 9 de janeiro.

Ontem (27), o grupo Só Pra Contrariar abriu a programação atraindo grande público e relembrou sucessos antigos, mas que ainda estão na ponta da língua. Os festejos de fim de ano também contemplam o segundo distrito. Em Tamoios haverá três dias de muita festa e shows, começando pouco depois da queima de fogos, no dia 31, com o show da dupla sertaneja Munhoz e Mariano. No dia 1°, é a vez da apresentação do cantor Thiaguinho. No dia 2, quem se apresenta é o cantor Frank Aguiar. Todos os shows serão no Espaço de Eventos de Unamar a partir das 22h.

Thiaguinho trouxe samba para a terra do arrocha (Foto: Fredson Souza / Expomontes 2013)
Thiaguinho fará o show da virada de ano
(Foto: Fredson Souza / Expomontes 2013)
Para comemorar a chegada de 2014, a Praia do Forte recebe o cantor Thiaguinho, logo depois da queima de fogos. Serão 17 minutos com fogos pirotécnicos acompanhados de trilha musical sincronizada.  O réveillon contará também com cinco balsas na Praia do Forte para a entrada do novo ano. Além da Praia do Forte, haverá grande queima de fogos na Praia do Peró, e na Orla de Tamoios, que terão duas balsas de fogos em cada praia. 
" A partir de agora,  vamos ter a queima de fogos por todo o município de Cabo Frio. Nossa cidade será a segunda maior cidade do interior do estado com a maior queima de fogos na virada do ano em diversos pontos do município ", disse o prefeito Alair Correa.
No dia 6 de janeiro, acontece a Folia de Reis 2014, na Praça das Artes. A programação do “Cabo Frio Inesquecível” conta ainda com trios elétricos animando a Praia do Forte e a Orla de Tamoios durante todo o verão.
Programação de Shows     
Sábado, 28/12 – Paula Fernandes
Domingo, 29/12 – Daniel
Segunda, 30/12 – Araketu
Terça, 31/12 – Thiaguinho
Quarta, 1/1 – Munhoz e Mariano
Quinta, 2/1 – Sambô
Sexta, 3/1 – Michel Teló
Sábado, 4/1 – O Rappa
Domingo, 5/1 – Anitta
Quinta, 9/1 – Jota Quest

Local: Praia do Forte
* Todos os shows começam às 22h , com exceção do show do Thiaguinho, que começa logo depois da queima de fogos da virada.

Fim de ano em Tamoios
Terça, 31/12 – Munhoz e Mariano
Quarta, 1/1 – Thiaguinho
Quinta, 2/1 – Frank Aguiar

Local: Espaço de Eventos de Unamar
*Todos os shows começam às 22h, com exceção do show da dupla Munhoz e Mariano, que começa logo depois da queima de fogos da virada.

Barbosa diz que é 'forte' a chance de Genoino voltar para a cadeia

Ex-presidente nacional do PT, que passou por cirurgia cardíaca, ficará em prisão domiciliar até pelo menos fevereiro; presidente do Supremo negou a sua transferência para SP
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, afirmou neste sábado, 28, que a chance de o ex-presidente nacional do PT e ex-deputado José Genoino (SP) voltar para a cadeia é "forte". Barbosa disse ainda que "o preso não pode escolher" ao livre-arbítrio e conveniência onde cumprirá a pena que lhe foi definitivamente imposta. A conclusão consta da íntegra da decisão divulgada neste sábado, ao negar pedido de Genoino de ser transferido para São Paulo a fim de cumprir, provisoriamente, pena domiciliar.
Genoino: Defesa queria transferência para SP; apartamento da filha em Brasília seria 'modesto' - Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão
Genoino: Defesa queria transferência para SP; apartamento da filha em Brasília seria 'modesto'
Na decisão, que foi tomada nesta sexta-feira, 27, o relator do processo do mensalão deu prazo de 90 dias, contados desde 21 de novembro, para Genoino ficar em prisão domiciliar em Brasília. Ele está na casa de um contraparente. Ao fim desse prazo, Barbosa decidirá, após reavaliação do estado de saúde, se o ex-presidente do PT voltará a cumprir pena na prisão em regime semiaberto pela condenação por corrupção ativa.
A defesa do petista tenta assegurar prisão domiciliar para ele, que passou por cirurgia cardíaca no meio do ano. A transferência dele, ainda que provisória para São Paulo, tinha por objetivo retornar para a cidade onde está sua única moradia e a família. A defesa argumentou que o apartamento da filha em Brasília é "muito modesta e de apenas um cômodo" sem "condições espaciais de abrigá-lo". A filha de Genoino, Mariana, mora em um apartamento duplex de 60 metros quadrados, em edifício com academia, churrasqueira, dois salões de festas e espaço gourmet.

Em 5 estados, CNJ encontra 2 mil presos que já deveriam estar soltos

Mutirão Carcerário do órgão flagrou detento no CE com liberdade decretada em 89

Meio milhão de presos para 310 mil vagas — é a conta do sistema carcerário brasileiro que não fecha. Com 548 mil presos e um déficit de 238 mil vagas, o quadro de superlotação das penitenciárias do país inclui presos que até já deveriam estar soltos: um balanço de 2013 do Mutirão Carcerário, divulgado ontem pelo CNJ, mostra que apenas nos estados do Rio Grande do Norte, de Alagoas, do Piauí, do Ceará e do Amazonas, onde o projeto de visitas do Mutirão ocorreu este ano, 2.137 pessoas que já deveriam ter sido libertadas continuavam presas. 

14 franquias de até R$ 50 mil para investir em 2014

Separamos opções nas áreas de educação, beleza, educação, marketing e limpeza para quem quer começar o ano com um negócio próprio
sucesso; crescimento; inspiração (Foto: Divulgação)








O ano está acabando e já está na hora de pensar em metas para 2014. Pode ser que um dos seus planos seja abrir a própria empresa – e neste caso, pensar em abrir uma franquia se torna, naturalmente, uma possibilidade.

Há várias redes de franquias que não exigem investimentos muito salgados. Para quem quer trabalhar com uma marca já consolidada, também não faltam opções: há franquias nas áreas de educação, beleza, educação, marketing e limpeza, dentre outras.

Preparamos uma lista com 14 franquias cujo investimento não passa de R$ 50 mil, já incluindo tudo o que é necessário para a abertura de uma unidade. Confira:

Confira dicas de ceias para um fim de ano mais saudável

Foto: Radius Images/Corbis
Foto: Radius Images/Corbis

Panetone, peru, rabanada, nozes, frutas secas. Delícias tradicionais do banquete natalino devem ser escolhidas adequadamente para garantir uma ceia saudável para toda a família. Algumas escolhas simples e práticas garantem pratos saborosos com menos gordura, sódio e açúcar. “Entre chester, tender e peru, o último é a opção mais adequada, pois possui menos sódio e menos gorduras quando comparado aos outros dois na mesma porção. Nos três casos, retire a pele antes de comer. Com relação à carne suína, o lombo possui menos gorduras e é menos calórico quando comparado ao pernil”, orienta a nutricionista Raquel Sanchez Franz, da Coordenação de Atenção à Saúde do Servidor (CAS/CGESP/SAA/SE/MS).
Outra dica é, ao invés de comprar farofa pronta, rica em sódio e gorduras saturadas, prepará-la em casa, onde se pode utilizar menos gorduras e ainda acrescentar farelo de aveia ou de trigo, deixando a receita rica em fibras. Na hora de preparar o salpicão, a nutricionista aconselha utilizar peito de frango, hortaliças, cenoura e beterraba raladas, ervilha e milho (frescos), adocicar com frutas como manga, maçã, uva passa, damasco e abacaxi – além de usar iogurte natural desnatado. “Não precisa acrescentar presunto, salsicha e outros embutidos ricos em sódio e gorduras. Troque a batata palha, também rica em gorduras e sódio por salsão picado, castanhas ou broto de feijão”, sugere Raquel.

Mudanças à vista no ‘The voice’: mais horas de música

Após o fim da segunda edição, Boninho diz que vai aumentar o número de episódios em 2014, para ‘diminuir o sofrimento do público’

O time de jurados continua o mesmo na próxima edição do programa ‘The voice’, ano que vem
Foto: Alex Carvalho / TV Globo
O time de jurados continua o mesmo na próxima edição do programa ‘The voice’, ano que vemALEX CARVALHO / TV GLOBO
NATALIA CASTRO 
NILTON CARAUTA 
RIO - Além de reduzir a idade mínima de seus candidatos — de 18 para 16 anos —, o “The voice Brasil” ficará mais tempo no ar em 2014. É o que anuncia Boninho, o diretor de núcleo do reality musical da TV Globo que foi um dos fenômenos da televisão neste ano. Após o fim da segunda temporada, na noite de quinta-feira, o diretor explica que pretende abrir oportunidades para talentos mais novos, sim, mas que o reality “não é um concurso para ensinar a cantar”.
— Mesmo baixando a idade, só chegará às audições quem tem talento — diz.

Sociedade: Menor bom é menor preso?

Nove em cada dez brasileiros são favoráveis à redução da maioridade penal, a despeito da oposição do governo federal, de juristas, da Igreja Católica e de organizações de direitos humanos
Marcelo Cipis
Maioridade
O que explica tanto clamor pelo encarceramento dos adolescentes infratores?
No início de abril, o universitário Victor Hugo Deppman, de 19 anos, foi abordado por um rapaz armado na porta de casa, em São Paulo. Mesmo após entregar o celular, sem esboçar qualquer reação, acabou executado com um tiro na cabeça. A morte brutal logo ganhou destaque na mídia e reacendeu um debate que se arrasta há mais de duas décadas no Brasil, sempre de volta à baila quando a classe média se vê vítima de novo ato de barbárie: a redução da maioridade penal. O assassino, soube-se mais tarde, era um adolescente infrator reincidente. Ele assumiu a autoria do crime, ocorrido três dias antes de completar 18 anos. Como não havia atingido a idade para a responsabilização criminal, voltou a cumprir medida socioeducativa na Fundação Casa. Antes dos 21 anos, deve estar solto, como determina o Estatuto da Criança e do Adolescente.
Diante da repercussão na mídia e em meio aos protestos convocados por amigos e familiares, o instituto Datafolha saiu às ruas para aferir a opinião da população quanto à possibilidade da redução da maioridade penal, prevista em mais de 50 projetos em tramitação no Congresso. O resultado: 93% dos paulistanos mostraram-se favoráveis à responsabilização criminal de jovens a partir dos 16 anos, e não mais aos 18, como determina a atual legislação. A adesão maciça à ideia poderia ser influenciada pelo calor dos acontecimentos. Mas, passados dois meses, o Vox Populi voltou às ruas com a mesma pergunta, dessa vez em uma pesquisa de abrangência nacional. A conclusão foi estarrecedora: 89% dos entrevistados acham necessário encarcerar os adolescentes infratores.
Um consenso popular que desafia as políticas públicas em voga na sociedade. O resultado das pesquisas contraria a posição defendida pelos governos Lula e Dilma, a opinião de juristas que enxergam na proposta um “populismo penal”, o entendimento da Igreja Católica e de incontáveis organizações de defesa dos direitos da criança e do adolescente, a vislumbrar na redução da maioridade penal mais malefícios que benefícios. Curiosamente, nenhum outro tema polêmico da agenda nacional mobiliza tamanha concordância da população. Segundo diferentes pesquisas, proposições como pena de morte e casamento gay, por exemplo, costumam dividir a população ao meio. Ao menos um quarto defende a legalização da maconha ou a descriminalização do usuário de drogas. O que explicaria, então, o aparente paradoxo lógico? Por que boa parte da população que se mostra liberal em temas igualmente polêmicos é tão taxativa quando se trata de prender adolescentes como bandidos comuns?
“Não se pode dizer que todos os que apoiam a redução da maioridade penal são conservadores ou reacionários. Dentro de um universo tão amplo, há seguramente cidadãos com posições progressistas em relação a direitos civis e individuais, mas que se sentem acuados pela violência e seduzidos por soluções mágicas”, avalia o cientista político Marcos Coimbra, diretor do Vox Populi. “No mundo todo, há uma predisposição da opinião pública a acreditar que a violência só vai reduzir com mais repressão, mais prisões e penas mais duras. E não há uma defesa enfática do argumento contrário. Com a espetacularização dos crimes cometidos por menores na televisão, quem se dispõe a dizer abertamente que a prisão para os adolescentes não é justa?”
Especialistas, ONGs de direitos humanos e organismos internacionais bem que tentam demonstrar as falácias da proposta. “Os adolescentes são mais vítimas que autores de violência. Em 2011, eles foram responsáveis por, aproximadamente, 1,8 mil homicídios, 8,4% do total. No mesmo ano, 4,3 mil jovens entre 12 e 18 anos incompletos foram assassinados. Mas quando um garoto negro é morto na periferia poucos dão atenção. A mídia costuma dar destaque apenas quando cidadãos de classe média ou alta são as vítimas”, critica Mário Volpi, coordenador do programa de Cidadania dos Adolescentes do Unicef, ligado às Nações Unidas. “Em 2011, os homicídios cometidos por menores representaram 3,7% do total de casos no Brasil. Nos EUA, onde diversos estados tratam adolescentes como adultos, inclusive na eventual aplicação de pena de morte ou prisão perpétua, eles foram responsáveis por 11% dos assassinatos.”

Na avaliação do advogado Rafael Custódio, da ONG Conectas, o que está em jogo é a política penal que o Brasil pretende adotar. Se o foco é punitivo, o País tende a seguir o exemplo americano de encarceramento em massa. Trata-se de uma abordagem distinta do direito restitutivo, que preconiza a recuperação dos infratores para a futura reinserção social. “É impossível de isso ser feito num presídio comum, ainda mais com a atual superlotação. Hoje, a população carcerária brasileira é superior a 550 mil detentos, e há um déficit de 200 mil vagas. O Estado não garante a segurança dos presos, eles são alvo de extorsões do crime organizado. Para sobreviver nesse ambiente hostil, muitos se associam a facções criminosas.”
De fato, não parece fazer sentido jogar os 60 mil jovens que cumprem medidas socioeducativas em presídios convencionais se o objetivo é tirá-los do crime. Ainda que 43,3% deles sejam infratores reincidentes, no encarceramento adulto a média é ainda pior. Sete em cada dez presos que deixam o sistema penitenciário voltam ao crime, uma das maiores taxas de reincidência do mundo. Mas não deixa de ser legítima a preocupação da população com sua própria segurança, afirma Renato Janine Ribeiro, professor de Ética e Filosofia da Universidade de São Paulo. “Se a redução da maioridade penal não é boa, qual é a melhor opção? Deixar tudo como está? Estamos perdendo tempo com esse sim ou não para a mesma proposta, e os chamados ‘setores progressistas’ não apresentam alternativas.”

O filósofo teme que a solução simplista de reduzir a idade penal apenas sirva para antecipar a prática delituosa entre os adolescentes. Caso a maioridade passe a valer a partir dos 16 anos, por exemplo, o que garantiria que o tráfico não passasse a aliciar jovens de 13 ou 14 anos, por exemplo? De toda forma, propõe uma alternativa: “Quando um adulto alicia um menor para praticar um roubo e o adolescente mata uma pessoa, o adulto deveria ser responsabilizado pelo homicídio. O mesmo deveria valer para qualquer outro crime”.
A busca por opções também levou o vereador paulistano Ari Friedenbach (PPS) a propor outra inovação. Em 2003, ele sofreu com o brutal assassinato de sua filha Liana, de 16 anos, caso em que houve a participação de um adolescente. Defensor ardoroso da redução da maioridade penal, mudou de opinião. “É ineficaz, pois estimula os criminosos a recrutar adolescentes ainda mais novos”, pondera. “Mas não posso conceber que um estuprador ou um homicida de 16 anos cumpra no máximo três anos de internação. Por isso, acho que para cinco crimes de maior potencial ofensivo (homicídio, latrocínio, estupro, roubo à mão armada e sequestro) o adolescente deve, sim, ser julgado e condenado. Permanece numa instituição como a Fundação Casa até completar 18 anos e depois termina de cumprir a sentença num presídio comum.”

A proposta livraria da cadeia adolescentes envolvidos com pequenos furtos ou com tráfico de drogas, por exemplo. Estes continuariam a cumprir medidas socioeducativas nos moldes atuais. Mas o texto proposto pelo vereador ainda espera alguém disposto a apresentá-lo no Congresso. E os mais conservadores insistem na punição ampla e irrestrita. “Criança é quem toma mamadeira, faz xixi no colo da mãe e dorme no berço. Quem rouba, mata e estupra é bandido e ponto”, esbraveja o senador Magno Malta, autor de um projeto que prevê a responsabilização criminal de qualquer cidadão, independentemente da idade. Da Assembleia Legislativa de São Paulo, o deputado estadual Campos Machado puxa um abaixo-assinado para tentar emplacar um plebiscito sobre o tema. “É uma forma de furar a blindagem do governo federal, que impede a discussão do tema no Congresso. Vamos deixar o povo decidir.”
Se a disputa política assemelha-se a uma briga de foice, no meio jurídico o cenário não é tão distinto. Ministros do Supremo Tribunal Federal, como Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello, já se manifestaram contra a alteração das regras. Mesma opinião tem o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Nelson Calandra. “O sistema carcerário está superlotado, não é possível botar mais gente.” Mas uma pesquisa feita pela entidade em 2006, com mais de 3 mil entrevistados, revelou que 61% dos juízes brasileiros são favoráveis à proposta. Entre os promotores, a divergência também é grande. “Jogá-los na cadeia não resolverá nada, precisamos recuperar esses jovens”, opina o promotor paulista Fernando Henrique de Moraes Araujo, com 14 anos de experiência na Vara de Infância e Juventude. “É chocante a legislação permitir a impunidade dos adolescentes enquanto a violência está grassando na sociedade”, rebate o colega Oswaldo Monteiro da Silva Netto.

E um equívoco dizer que os menores infratores estão impunes. Se o cumprimento das medidas socioeducativas não está surtindo o efeito esperado, devemos reavaliar o trabalho feito com os jovens, e não jogá-los numa cela”, avalia a defensora pública paulistana Juliana Ribeiro. “As instituições que abrigam os infratores não funcionam adequadamente. Os monitores portam-se como carcereiros.
A escola reúne em uma mesma sala adolescentes de diferentes níveis de aprendizado. Os psicólogos e assistentes sociais estão sempre sobrecarregados. E são corriqueiras as denúncias de agressão contra os internos. Cansei de ver garotos com sinais de espancamento, cabeça rachada... É esse tratamento que precisa ser revisto, e não a legislação.”

Traficante procurado em Búzios é preso fazendo entrega em Cabo Frio

Marcelão de Geribá foi flagrado com meio quilo de pasta base de cocaína.
Ele estava sendo monitorado pela polícia quando saiu para Cabo Frio.
Do G1 Região dos Lagos
Um traficante procurado pela polícia em Armação dos Búzios, na Região dos Lagos do Rio, foi preso na noite de sexta-feira (27) no município vizinho de Cabo Frio. Marcos Antônio Gomes dos Santos, de 42 anos, conhecido como "Marcelão de Geribá", foi flagrado quando realizava uma entrega de meio quilo de pasta base para cocaína.

Governo sobe imposto para gasto de turista no exterior. Aumento de 0,38% para 6,38% vale para cartões de débito, pré-pago e saques

Sobe imposto para compras no exterior
Aumento vale a partir de hoje e procura segurar a cotação do dólar e reduzir o deficit do país nas transações com o exterior
GUSTAVO PATUDE BRASÍLIA
Às voltas com a perspectiva de maior escassez de dólares no mercado, o governo decidiu editar uma medida que dificultará gastos de turistas brasileiros no exterior.
Será elevada a partir de hoje, de 0,38% para 6,38%, a alíquota do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) sobre as compras em outros países com cartões de débito e cheques de viagem, além dos saques de moeda estrangeira.
Com isso, a tributação dessas operações se iguala à incidente sobre as compras com cartão de crédito, elevadas no início de 2011 --na época, a preocupação do governo era também com o aumento da inadimplência.

Confira como aumentar os atrasados do INSS. Existem ao menos cinco possibilidades de aumentar a grana a ser recebida do INSS na Justiça Federal

Clayton Castelani
do Agora
Os segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que ganharam uma ação judicial de revisão de um benefício podem aumentar os atrasados, que são os valores que deixaram de ser pagos pelo instituto nos cinco anos anteriores ao pedido até o pagamento do benefício revisado.
Existem, no mínimo, cinco opções para isso.
Uma das mais interessantes é para quem entrou com a ação após 29 de junho de 2009, quando os atrasados passaram a ser corrigidos pela TR (Taxa Referencial), que atualiza a poupança.
  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora neste sábado, 28 de dezembro, nas bancas

Bom dia! Veja as manchetes dos principais jornais e revistas deste sábado, 28 de dezembro. Chegada de 2014 terá 20 toneladas de fogos em Cabo Frio Na Praia do Forte, 8 balsas farão show de 17 minutos; queima terá acionamento automático.



O Réveillon de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, terá 17 minutos de queima de fogos na Praia do Forte. Os fogos serão distribuídos em oito embarcações: três balsas ancoradas na praia e cinco flutuantes menores.A queima de fogos na Praia do Forte será sincronizada com trilha sonora que terá músicas clássicas, pop rock nacional e internacional, entre outros. Os fogos terão formatos diferentes, formando no céu desenhos dos cincos desejos mais esperados por todos nesse ano que se inicia: 'amor', em forma de corações; 'paz', em forma de pombas; 'alegria', em forma de sorrisos; 'sorte', no formato do trevo de quatro folhas; e  'dinheiro' no formato de cifrão; além da tradicional cascata.Na contagem regressiva, bombas com potência entre duas a 12 polegadas, chamadas 'tortas', vão explodir iluminando o céu com mais de 60 cores diferentes. Cabo Frio comemora o Réveillon em vários bairros. Tamoios, Peró e Praia do Siqueira também terão queima de fogos na virada do ano. Em Tamoios vão ser montadas três embarcações na orla; no Peró e na Praia do Siqueira, uma embarcação está sendo montada em cada lugar.O acionamento de todos os fogos será feito automática e simultaneamente, comandado por um sistema exclusivo de rádio FM, na qual todas as balsas terão um canal único para a contagem regressiva. Esse sistema faz parte da medida de segurança exigida pelas autoridades. No total, somando as queimas de fogos nos cinco bairros, serão aproximadamente 20 toneladas de fogos para saudar a chegada de 2014.

Do G1 Região dos Lagos
---------------------------------------------------------------------------------------------
Jornais nacionais
Folha de S.Paulo
Agora S.Paulo
O Estado de S.Paulo

Com deságio recorde, fundos de pensão e OAS levam BR-040
O Globo
Edição do dia 28/12/2013
Governo eleva imposto para gasto de turista no exterior
Correio Braziliense

Prepare o bolso e a paciência para viajar
Estado de Minas

IPTU e ITBI mais caros
Zero Hora

Em plenas férias de verão - Gastar nas viagens ao Exterior fica mais caro
*
Veja

Brasil 2014: duas Copas em jogo
Época
Capa - Edição 814 (home) (Foto: ÉPOCA)
Nossas apostas para 2014
IstoÉ

Como vencer em 2014
Carta Capital
Balbúrdia no país da copa
Balbúrdia no país da Copa
*
Jornais internacionais
The New York Times (EUA)
Acabam os benefícios para um milhão de desempregados
Le Monde (França)
Bangui, na República Centro-africana, se afunda na violência
El País (Espanha)
Rajoy proclama 2014 como o ano da recuperação econômica
Clarín (Argentina)
Funcionário do governo celebra protesto que atrasou La Nación e Clarín

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Incêndio destrói entrada de ponto turístico em Cabo Frio

Dormitório das Garças foi primeira área de conservação na cidade.
Fogo começou na cobertura da recepção, que é feita de sapê. 
Heitor Moreira
Do G1 Região dos Lagos
Fogo começou na cobertura e logo se espalhou por toda recepção.  (Foto: Heitor Moreira/G1)Fogo começou na cobertura e logo se espalhou por toda a recepção do local (Foto: Heitor Moreira/G1)

Um incêndio destruiu a entrada do Dormintório das Garças, um dos pontos turísticos de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo começou por volta das 17h30 desta sexta-feira (27) no material que cobre a entrada, que é feito de sapê, um tipo de vegetação. Movéis que faziam parte da recepção ficaram destruídos. Ninguém ficou ferido.
Para poder controlar as chamas, parte da Avenida Wilson Mendes, sentido Cabo Frio, teve que ser interditada. Um desvio foi feito, e os motoristas tiveram que utilizar uma das faixas da pista contrária para poder passar. Por causa disso, o trânsito ficou lento no local. Até as 18h40 desta sexta Bombeiros não souberam dizer o que teria provocado o incêndio. Segundo o secretário de Ordem Pública da cidade, Aldaberto Porto, o local vai ficar fechado ainda sem previsão para reabrir.
Primeira unidade de conservação ambiental da cidade
O parque ecológico Dormitório das Garças, inaugurado em junho de 2007, foi a primeira unidade de conservação ambiental instalada em Cabo Frio. O parque é um centro para trabalhar técnicas de preservação e de consciência ambiental. Além disso, o dormitório abre o espaço, mediante autorização, para realização de pesquisas de graduação, mestrado e doutorado.
Local foi primeira unidade de conservação ambiental criada na cidade.  (Foto: Larissa Costa/Arquivo)Local foi primeira unidade de conservação ambiental criada na cidade (Foto: Larissa Costa/Arquivo)

Capitania dos Portos faz operação na Região dos Lagos

Operação acontece nas praias da região.
Fiscalização vai até o dia 11 de abril de 2014.

Do G1 Região dos Lagos
A Capitania dos Portos começou a fiscalização nas praias da Região dos Lagos do Rio. Agentes verificam a situação das embarcações e irregularidades cometidas pelos condutores. A operação teve início em 16 de dezembro e vai até o dia 11 de abril de 2014.
Até o momento, 12 multas foram emitidas. Na última temporada, foram verificadas 400 infrações por irregularidades no mar. Cerca de 60 homens da Marinha também fiscalizam lanchas e motoaquáticas, além das escunas de passeios.
No Canal Itajuru, em Cabo Frio, todas as embarcações devem respeitar a velocidade máxima de 5 nós, o que equivale a 10 quilômetros por hora. Na Praia do Forte, alguns condutores foram surpreendidos enquanto circulavam na área próxima aos banhistas. O consumo de bebidas alcoólicas pelos condutores também é alvo da operação, e um bafômetro está sendo usado nas abordagens.

Chegada de 2014 terá 20 toneladas de fogos em Cabo Frio

Do G1 Região dos Lagos

O Réveillon de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, terá 17 minutos de queima de fogos na Praia do Forte. Os fogos serão distribuídos em oito embarcações: três balsas ancoradas na praia e cinco flutuantes menores.

Cabo Frio promete promete ordenar transporte para praias neste verão

Por: Luiz Marcos Fernandes
Publicado em: 27/12 - 09:05

A prefeitura de Cabo Frio promete intensificar a fiscalização de transportes na cidade durante o verão. A primeira medida será impedir a entrada de ônibus e micro-ônibus, além de vans piratas no município. A partir de agora todos os veículos serão obrigados a apresentar registro na Agência Nacional de Transporte Terrestre. Haverá ainda cobrança que varia de R$ 100 a R$ 1 mil por dia para veículos que transportarem grupos.
O Globo

    Começa o movimento de Réveillon na ViaLagos. 240 mil veículos devem passar pela rodovia de sexta (27/12) até quinta-feira (02/01).

    A CCR ViaLagos registrou um aumento no fluxo de veículos na rodovia, por conta da  semana do Natal e do início da alta temporada de verão. Mais de 120 mil veículos passaram pela ViaLagos entre sexta-feira (20/12) e ontem (25/12), e hoje são esperados mais 35 mil veículos.
    A partir desta sexta-feira (27/12), a Concessionária estima um tráfego mais intenso, por conta do início da grande movimentação de pessoas em direção às cidades da Costa do Sol para as comemorações do Ano Novo. São esperados 240 mil veículos, de amanhã até quinta-feira (02/01), sendo a sexta (27/12) e o sábado (28/12) os dias mais movimentados na ida para Região dos Lagos, com previsão de 43 mil e 51 mil veículos, respectivamente. E nos dias 1º e 2 de janeiro acontecerá o maior fluxo de volta ao Rio, com cerca de 25 mil veículos na quarta e 26 mil na quinta-feira.

    Novas Regras para Transportes Turísticos em Cabo Frio

     Por força da Lei nº 1.497 de 21 de dezembro de 1999, regulamentada pelo Decreto 5.032 de 23 de outubro de 2013, informamos as novas regras para o estacionamento de ônibus, microônibus e similares  no território do Município de Cabo Frio:

    1. Fica reservado aos transportes das empresas de receptivo, os locais abaixo definidos para embarque e desembarque de passageiros.

    ÁREA VIII
    LOGRADOURO
    CONFIGURAÇÃO
    LADO
    POSIÇÃO
    Nº VAGAS
    CENTRO
    Rua Jonas Garcia
    Perpendicular ao Canal
    Direito
    45º
    02
    CENTRO
    Avenida Assunção
    Terminal de Transatlânticos
    Lateral
    Longitudinal
    02
    PRAIA DO FORTE
    Avenida do Contorno
    Após entrada do Canto Forte
    Direito
    Longitudinal
    02
    PRAIA DO FORTE
    Avenida do Contorno
    Após Rua 13 de novembro
    Direito
    Longitudinal
    01
    GAMBOA
    Rua Jorge Veiga
    Shopping dos Biquínis
    Direito
    Longitudinal
    02
    PERÓ
    Rua do Badejo
    Inicio
    Direito
    Longitudinal
    02
    PERÓ
    Rua do Badejo
    Final próximo Trav. Anequim
    Direito
    Longitudinal
    02


    2. Logo após o desembarque dos passageiros em qualquer um dos pontos citados acima, o veículo deverá se dirigir ao ESTACIONAMENTO MUNICIPAL, localizado atrás do antigo supermercado SENDAS, onde permanecerá até o momento do reembarque.

    Maiores informações: 2644-7229 (Coordenadoria Geral de Estacionamento Rotativo).



    Secretaria de Turismo de Cabo Frio