Bom dia! Veja as manchetes dos jornais desta sexta-feira, 31 de janeiro. Em Cabo Frio, CadÚnico é a porta de entrada para programas e benefícios sociais. Cadastro funciona como instrumento de identificação e caracterização socioeconômica das famílias de baixa renda.

Famílias que possuem renda per capita de até meio salário mínimo ou renda mensal total de até três salários mínimos podem ter isenção de taxa para concursos públicos, desconto nas contas de água e de luz, e serem inseridas em programas sociais como o Bolsa Família. Para ter acesso a esses benefícios, é necessário que essas famílias estejam inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais, o CadÚnico. 
O CadÚnico é um instrumento de identificação e caracterização socioeconômica das famílias brasileiras de baixa renda. O sistema é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Já a inclusão e atualização dos dados das famílias são feitas pelo município. Em Cabo Frio, o setor responsável pela gestão do programa Bolsa Família é quem faz toda as atualizações no CadÚnico. 
- É através da inscrição no CadÚnico que nós temos a possibilidade de identificar essas famílias e a partir daí implementar a política de Assistência Social, amenizando a situação de vulnerabilidade social em que essas famílias se encontram – afirmou a superintendente de Gestão do SUAS , Jeanne de Souza. 
O cadastro é feito sempre em nome do responsável pela unidade familiar, que pode ser qualquer membro da família maior de 16 anos e que tenha título de eleitor ou CPF. Segundo o coordenador do Bolsa Família em Cabo Frio, Lucas Santos, atualmente constam cerca de 25.300 famílias cadastradas no município. 
- Do número total de famílias inscritas, cerca de 11.300 recebem o benefício do Bolsa Família. Outras são beneficiadas com o desconto nas contas de água e luz, entre outros. Os beneficiários com mais de 60 anos podem também receber a Carteira do Idoso, que dá direito ao desconto no serviço de transporte interestadual – afirmou o coordenador. 
As pessoas que ainda não fizeram a inscrição no CadÚnico devem procurar o CRAS – Centro de Referência de Assistência Social, ou a sede da Secretaria Municipal de Assistência Social de Cabo Frio para realizar o cadastro. Os documentos necessários são: 
Certidão de nascimento (se solteiro); Certidão de Casamento (se casado); Averbação do Divórcio (se separado); Certidão de Óbito (se viúvo); Carteira de trabalho para todas as pessoas a partir de 16 anos;
RG, CPF e título de eleitor; Comprovante de residência atualizado (água, luz ou telefone); Declaração escolar dos filhos; Termo de guarda para menor de idade sob guarda de adulto.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O Dia
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O Globo

-----------------------------------------------------------------------------
Meia Hora



----------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Quantos brasilienses ainda terão de morrer?
Com a foto do filho estampada na camiseta, Ana Cleide se despediu ontem de Leonardo Monteiro, 29 anos. Nas redes sociais, ela desabafou: "Mataram meu filho qdo (sic) chegava de um dia de trabalho. Como viver?”. O assassinato do rapaz comoveu Brasília, que assiste com revolta e apreensão à escalada do crime. A Operação Tartaruga, admitida abertamente por facções de PMs, aumenta a sensação de insegurança e o medo da população. O Distrito Federal registrou 73 mortes violentas este ano.

Águas Claras se mobiliza para protestar.

PMs e governo elevam o tom e radicalizam. (Págs. 1, 19 a 21 e Visão do Correio, 12)

TJ anula decisão sobre maconha recreativa
Tribunal revogou, a pedido do MPDF, absolvição dada por juiz a homem que levava 52 porções da droga para dentro da Papuda. (Págs. 1 e 25)
O mensaleiro de R$ 1 milhão
Condenado pelo STF à prisão e ao pagamento de multa de R$ 466,8 mil, Delúbio Soares arrecadou mais do que o dobro numa "vaquinha" pela internet, artifício usado pelo também petista José Genoino. E os outros detentos do processo não têm do que reclamar: seis dos oito integrantes do núcleo político conseguiram emprego e passam boa parte do dia fora da cadeia. (Págs. 1, 2 e 3)
Ingressos da Copa? Torcedor conseguiu 24 (Págs. 1 e Superesportes, capa)


Uruguai muda lei em busca de estrangeiros (Págs. 1 e 15)


------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Manchete: 2013: O ano que não acabou
Protestos contra tarifas voltam às ruas de BH e interior.

O estopim das manifestações que sacudiram o país no ano passado levou as pessoas de volta às ruas ontem na capital. No fim da tarde, cerca de 120 jovens fecharam a Avenida Afonso Pena em frente à prefeitura (acima) contra o preço das passagens de ônibus. Eles reivindicam a redução da tarifa, devido ao cancelamento de taxa cobrada das concessionárias. À noite seguiram para a Estação Central do metrô dispostos a invadir pulando as catracas. Foram contidos pelo Batalhão de Choque da PM, que usou spray de pimenta, em meio a muito tumulto. Por volta das 21h, o grupo deixou a estação. Ninguém foi preso. Houve protesto contra aumento de passagens também em Uberaba, no Triângulo, onde a Praça Rui Barbosa foi ocupada pacificamente. No início da manhã, moradores da Vila Beatriz, em Contagem, interditaram a Via Expressa exigindo o fim de um depósito de lixo. O trânsito só foi liberado na hora do almoço. (Págs. 1 e 31 e o editorial 'reféns dos protestos'. (Pág 1 e 8)

Eleições em MG: PSDB e aliados definem chapa majoritária
Reunião com presidentes de 10 partidos da base com o governador Antonio Anastasia (PSDB) bateu o martelo da chapa, que só será anunciada dia 17. São dadas como certas as candidaturas de Pimenta da Veiga (PSDB) ao governo, com Dinis Pinheiro (PP) de vice, e o próprio Anastasia ao Senado, faltando apenas seu suplente. (Págs. 1 e 3)
Rolezinho: Big shopping obtém liminar vetando encontro amanhã
O centro de compras de Contagem recorreu à Justiça contra reunião marcada pela internet com mais de 500 confirmações. Quem insistir em participar estará sujeite a multa de R$ 10 mil. (Págs. 1 e 32)
Reformas: Três ministros assumem cargos na segunda-feira (Págs. 1 e 4)


Economia mineira: faturamento da indústria recua, mas desemprego cai (Págs. 1 e 10)


------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: 2013 foi o ano dos empregos no País
Índice de desemprego ficou em 5,4% no ano passado, o menor em 11 anos. O Grande Recife, no entanto, fechou com taxa de desocupação média de 6,4%, segunda mais alta do Brasil. (Págs. 1 e Economia 5)
Obras do BRT vão começar na Boa Vista
Seis estações serão instaladas, a partir de amanhã, em caráter experimental. (Págs. 1 e Cidades 3)
Dilma toca mudanças no Ministério
Presidente libera auxiliares que serão candidatos. Casa Civil fica com Mercadante. (Págs. 1 e 5)
Marcação de consultas do Sassepe muda (Págs. 1 e Economia 1)


Estado banca R$ 43 milhões na Arena PE
Verba vai para estruturas móveis como área vip. MPPE diz ser dever da Fifa. (Págs. 1 e Economia 4)
Absolvição de traficante é anulada
TJDF reformou sentença que considerava maconha uma droga recreativa. (Págs. 1 e 7)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Ônibus na capital: Greve suspensa após acordo
Aceita por comando do movimento, trégua de 12 dias será discutida hoje em assembleia. (Págs. 1 e 4 a 6,16 e 63)
Assistência: Extinto fundo para saúde de servidores
Apenas duas cidades ainda mantinham convênios com instituto. (Págs. 1 e 10)
Celular: Chance para reclamar de cobranças irregulares
De amanhã até o dia 20, operadoras terão de fazer mutirão para receber queixas. (Págs. 1 e 22)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete: Governo sobe o tom da austeridade fiscal
Após a presidenta Dilma e o ministro Mantega darem sinais do foco no equilíbrio das contas públicas, agora foi a vez do secretário do Tesouro, Arno Augustin. Ontem ele garantiu que o resultado primário acumulado de novembro, dezembro e janeiro será o melhor da história. “Em 2014, teremos o mesmo cuidado: evitar situações de mais endividamento”, disse. (Págs. 1 e P6)
‘Chegada da Funai ao Centro-Oeste foi tardia’
Presidente interina da Fundação, Maria Augusta Assirati diz que a tentativa de levar para o Congresso a demarcação de terras é uma iniciativa dos ruralistas, que pode acabar no STF. (Págs. 1 e P3 a 5)
Bradesco e Santander esperam mais de 2014
O Bradesco fechou 2013 com lucro de R$ 12,2 bilhões, 6% acima do apurado no ano anterior. Já o Santander teve queda de 9,7%, com resultado de R$ 5,7 bilhões. Os dois tiveram em comum o menor retorno aos acionistas. (Págs. 1 e P18 e 19)
PME: Desemprego atinge o seu menor nível
Pesquisa do IBGE registrou em dezembro uma taxa de 4,3%, a menor da série histórica. No ano passado, a taxa média ficou em 5,4%, também a mais baixa desde março de 2002. (Págs. 1 e P7)
------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços
0