Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Bom dia! Veja as manchetes dos principais jornais do País desta quinta-feira, 2 de janeiro. Previsão é de movimento intenso hoje na Via Lagos.Segundo CCR ViaLagos, na quarta-feira 30 mil carros passaram pela via. Não houve registro de pontos de retenção no primeiro dia do ano.



Do G1 Região dos Lagos

A volta para casa pela RJ-124, a Via Lagos, no segundo dia do ano, deve ser movimentada. A previsão da concessionária que administra a rodovia é que 26 mil veículos passem pela via apenas nesta quinta-feira (2). De acordo com a Concessionária da Rodovia dos Lagos (CCR ViaLagos), no primeiro dia do ano 30 mil carros transitaram pela estrada.
Apesar do movimento intenso, não houve registro de pontos de retenção. O balanço do número de acidentes na rodovia deve ser divulgado nesta quinta-feira. Porém, neste ano, não foram registrados acidentes com mortes na Via Lagos durante o feriadão do réveillon.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

SP paga por serviços mais do que a inflação

Correio Braziliense

Trânsito mata seis de Brasília na virada do ano

Estado de Minas

Sonhos perdidos nas estradas

Jornal do Commercio

Ano começa com cortes no Estado

Zero Hora

Investimentos para 2014 - Nove grandes projetos trazem R$ 2,3 bi ao RS

Brasil Econômico

Gasodutos da Petrobras na mira do Congresso
Radiobras


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: SP paga por serviços mais do que a inflação
Prefeitura quer mudar indexador de contratos, como o de varrição, e economizar R$ 350 milhões

A Prefeitura de SP mantém contratos de fornecedores com índices anuais de reajuste que chegam a representar mais que o dobro da inflação do período. Nos últimos dois anos, a soma dos reajustes dos serviços de asseio e conservação de unidades municipais, como prédios públicos, por exemplo, alcançou 22%, ante inflação de 11,2% pelo IPC-Fipe, informa Adriana Ferraz. Também há distorções entre as taxas praticadas pelo mercado e as do município na varrição das ruas. Os valores pagos a concessionárias tiveram reajuste de 194%. Os contratos seguem regra estipulada há 26 anos pela administração municipal. A Secretaria de Finanças,já na gestão do prefeito Fernando Haddad (PT), propôs alterar a fórmula trocando os índices que levam em conta os custos do setor pelo IPC-Fipe, que é composto por uma cesta de bens e serviços cujos preços são coletados na própria cidade. A meta é economizar R$ 350 milhões até o término dos contratos. (Págs. 1 e Metrópole A10)

Fornecedores resistem

Nem todos os fornecedores aceitam a mudança. A alegação é de possíveis prejuízos com o pagamento de reajuste salarial acima da inflação a funcionários terceirizados. (Págs. 1 e A10)
Agronegócio: China muda foco no país
As chineses, que chegaram ao País com planos de comprar terras e plantar soja para assegurar seu abastecimento, como fazem na África, mudaram de estratégia. Além das dificuldades legais para adquirir propriedades, os chineses perceberam que os brasileiros têm uma longa experiência com a adaptação da soja ao País e passaram a firmar parcerias com agricultores da região de Barreiras, na Bahia. Agora, a maior parte do capital está sendo aplicada na compra de sementes, fertilizantes e implementos agrícolas, que entram como moeda na venda antecipada da produção. A China planeja investir em uma fábrica de esmagamento de soja, o que mostra que eles pensam em vender para o Brasil e vizinhos, além de abastecer o mercado interno. (Págs. 1 e Economia B1)

RS 400 milhões

É quanto o grupo chinês Hopeful planeja investir em um terminal no porto de São Francisco do Sul (SC).
ABS, airbag e IPI elevam preço de carro
Desde ontem, os automóveis terão que sair de fábrica no País com airbag e freios ABS. Em conjunto com a elevação do IPI, em duas etapas - as alíquotas estavam reduzidas desde maio de 2012 os preços devem subir. Somente os itens de segurança vão encarecer os carros em R$ 1 mil a R$ 1,5 mil. (Págs. 1 e Economia B6)
Ambientalistas buscam apoio da oposição
Aliados de Marina Silva em 2010, os ambientalistas tentam criar elos com Aécio Neves e Eduardo Campos, candidatos de oposição em 2014, para disputar espaço com a agenda ruralista. Segundo Mário Mantovani, da SOS Mata Atlântica, a presidente “Dilma não tem pontes com o movimento ambiental”. (Págs. 1 e Política A4)

Projetos

CNI e CNA vão encaminhar propostas aos candidatos. (Págs. 1 e A5)
ANS obriga planos a cobrir 37 drogas contra o câncer (Págs. 1 e Metrópole A13)

Obamacare começa com 2 milhões de segurados (Págs. 1 e Internacional A8)

José Renato Nalini 
O que esperar da Justiça?

A beligerância parece regra para quem observa o Judiciário desta era. Administrar o crescente número de ações judiciais requer análise do fenômeno. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)
Celso Ming 
Repulsa aos sócios

A Petrobrás fez novo esforço para convencer o mercado de que adotou procedimento correto para recuperar preços. Mas ainda falta transparência. (Págs. 1 e Economia B2)
Notas & Informações
Greves de professores

Crise do magistério pode comprometer esforços para o desejado salto de qualidade na educação. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Trânsito mata seis de Brasília na virada do ano
Três graves acidentes marcaram o fim de 2013 e o início de 2014 dos brasilienses. Moradores do Gama, o casal Edvaldo, 39 anos, e Sandra, 35, e os filhos Matheus, 10, e Nicole, 6, perderam a vida numa colisão frontal entre dois veículos, na BR-040, em Minas Gerais, na tarde do dia 31. Outras quatro pessoas morreram na tragédia. Ontem de madrugada, no Setor de Clubes Sul, os namorados Jefferson, 27, e Helaine, 25, não resistiram aos ferimentos após o carro bater numa árvore. Pela manhã, perto da Ponte do Bragueto, na Asa Norte, um ônibus tombou e deixou 20 feridos. (Págs. 1, 19 e 20)
Esplanada: Crescem gastos com viagens ao exterior
Em dois anos, aumentou em 45% o desembolso da União com diárias e passagens internacionais para servidores. (Págs. 1 e 6)
Congresso: Eleições e Copa apresam votações
Câmara quer aprovar projetos polêmicos, como o Marco Civil da Internet e o Código de Processo Civil, até junho. (Págs. 1 e 3)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Manchete: Sonhos perdidos nas estradas 
Esperança de casa própria e de vida nova acaba com a morte de duas famílias.

O desejo do pastor Evaldo Corrêa Durães, de 39 anos, e da mulher, Sandra dos Santos Silva, de 36, era terminar de construir a casa própria. Eles viajavam num Palio com os filhos, Matheus, de 10, e Nicolle, de 6, de Salinas, no Norte de Minas, para Gama (DF) e se envolveram num acidente na BR-040. Todos morreram. No outro veículo, um Siena, Daniela Pacheco, de 38, acompanhada da filha, Ana Luiza, de 8, e da babá, Josiane Silva, de 20, ia de Formosa (GO) para Patos de Minas, Alto Paranaíba, para trabalhar no novo emprego. As três morreram também no desastre, que ainda matou o motociclista Fernando de Moraes, de 40. Entre 20 de dezembro e ontem, 92 pessoas perderam a vida nas estradas mineiras, sete por dia. (Págs. 1 e 17)
Um aeroporto que demorou a decolar 
Há exatos 30 anos o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Grande BH, recebia o primeiro voo oficial. A partir de hoje, o EM conta em série de reportagens a história e o futuro do terminal, criado como alternativa da Pampulha, mas que ficou longo tempo subutilizado. (Págs. 1 , 10 e 11)
Poupança vira "dívida" e banca intercâmbio 
Estudar em outros países exige planejamento rigoroso, como conseguir economizar até 40% do salário todo mês para bancar viagem e temporada no exterior, mostra segunda reportagem de série do EM. (Págs. 1 e 12)
Temas tabus na Comissão da Verdade (Págs. 1 e 2)

A pobreza que traz o progresso 
A visibilidade pelo fato de estar nas piores posições do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) é fator que contribui para melhorar a qualidade de vida dos moradores das cidades. Foi o que houve em Itinga e Setubinha. (Págs. 1 e 4)
Brasil exporta mais cientistas que recebe (Págs. 1 e 16)

Fique de olho, vigie e denuncie maus políticos 
Já estão em vigor proibições impostas pela legislação a gestores públicos e pré-candidatos. População pode denunciar abusos, como compra de votos. Lei Ficha Limpa será aplicada pela primeira vez nas eleições para o Planalto, governos estaduais, Câmara e Senado. (Págs. 1 e 3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Ano começa com cortes no Estado
Secretaria de Administração vai fechar pelo menos 3.900 cargos comissionados. Meta é economizar R$ 194 milhões nas despesas com pessoal, previstas para R$ 8,2 bilhões em 2014. (Págs. 1 e Economia 1)
Vereadores tentam voltar à Câmara
Os 10 caruaruenses acusados de corrupção vão à Justiça na próxima semana para reaver mandatos. (Págs. 1 e 5)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Investimentos para 2014 - Nove grandes projetos trazem R$ 2,3 bi ao RS
Indústrias de diferentes segmentos serão inauguradas ou começam obras neste ano. Governo estadual anuncia negociações com fabricantes chinesas de autopeças. (Págs. 1 e 16)
Pra valer: Novidades e contas que fazem o ano começar
Da nova legislação dos planos de saúde ao fim do prazo para pagar impostos com desconto, um guia para ajudá-lo. (Págs. 1, 4 e 5)
Ano Eleitoral: Lei para evitar uso da máquina pública
Agenda de 2014 já restringe atuação de autoridades, para evitar desequilíbrio entre candidatos. (Págs. 1 e 8)
Apreensão na capital: Dinamite pronta para ser detonada
Dupla presa pela Brigada levava artefato que poderia explodir caixas eletrônicos. (Págs. 1 e 29)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete: Gasodutos da Petrobras na mira do Congresso
Em mais uma ofensiva pela desverticalização do mercado de gás, grandes consumidores patrocinam projeto de lei que obriga a estatal a abrir mão de sua malha de transporte do combustível. (Págs. 1 e 5)
‘Falta uma política para a marinha mercante’
Viggo Andersen, há 37 anos diretor gerente da Maersk Supply Service, diz que os custos de tripulação e de construção de navios são desafios para a competitividade da indústria naval brasileira. (Págs. 1, 8 e 9)
Rússia: Atentados ameaçam Jogos Olímpicos de Inverno, em Sochi (Págs. 1 e 22)

Alagoas: Disputa para Senado não tem favorito
Heloísa Helena está empatada com Collor. Mas Teotônio Vilela pode reagir. (Págs. 1 e 3)
Previsões: Economistas apostam em melhora
Crescimento e inflação serão semelhantes, mas taxa de investimento vai crescer. (Págs. 1 e 6)
------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços
Postar um comentário