Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

UPAM da Região dos Lagos poderá ficar no Parque Dormitório das Garças

Dependências foram oferecidas à Polícia Militar 
Por Paulo Roberto Araújo - O Globo


Funcionários da Prefeitura de Cabo Frio fazem limpeza no novo espaço da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAM) da Região dos Lagos Foto: Divulgação

Funcionários da Prefeitura de Cabo Frio fazem limpeza no novo espaço da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAM) da Região dos Lagos Divulgação
Depois de um incêndio que destruiu parte da sua sede, o Parque Ecológico Dormitório das Garças, em Cabo Frio, poderá ser a sede da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAM) da Região dos Lagos. As dependências foram oferecidas à Polícia Militar, na quinta-feira, pelo presidente da Companhia de Serviços de Cabo Frio (Comsercaf), Toninho Corrêa, durante a operação de limpeza geral do parque e início da recuperação do espaço, que é o maior parque público fechado da Região dos Lagos.
Até esta sexta-feira, toda a área ambiental do parque, repleta de vegetação de restinga e berçário de diversas espécies de peixes e crustáceos da Lagoa de Araruama, estará limpa. Na semana que vem começa a recuperação da área administrativa, que foi parcialmente destruída por um incêndio e invadida por vândalos e usuários de crack. Foi retirado muito lixo, principalmente garrafas pet, em meio ao mangue. Foi pedido ao 25º BPM (Cabo Frio) policiamento para o local para impedir novas invasões:
— A intenção inicial é construir uma estrutura para segurança constante do parque. O grande objetivo é trazer, no entanto, uma Unidades de Policiamento Ambiental (Upams) para nossa região e mais especificamente para Cabo Frio. Tendo como sede a estrutura a ser criada dentro do parque — disse Toninho Corrêa.
O secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, disse que a oferta do presidente da Comsercaf é uma ótima notícia:
— O Parque Estadual da Costa do Sol é o mais visitado do estado. A instalação de uma Upam na Região dos Lagos é prioritária. Esta oferta de espaço e estrutura só vem a facilitar o processo — disse o secretário.
A volta do policiamento ambiental para a Região dos Lagos é reivindicada por ambientalistas desde que o governo estadual desativou o Batalhão de Polícia Florestal e Meio Ambiente da PM, que funcionava na Fazenda Colubandê, em São Gonçalo. Desde então, vários crimes ambientais vêm sendo praticados na região por falta de policiamento especializado. O Batalhão tinha postos fixos em Lagoa Seca (Araruama) e Barra de São João (Casimiro de Abreu), que cuidavam do policiamento ambiental em toda a Região dos Lagos.
Inaugurado em 2007 no Dia Mundial do Meio Ambiente, o parque ecológico Dormitório das Garças no Dia Mundial do Meio Ambiente, foi a primeira unidade de conservação ambiental instalada em Cabo Frio.
O parque é um centro de difusão de técnicas de preservação e de consciência verde, realiza periodicamente atividades de educação ambiental (como palestras, visitas ao parque e apresentação de vídeos) com alunos das redes pública e particular, e funciona também como sede do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Condema).
O parque tem atualmente um auditório com capacidade para 80 lugares, e também um mirante de onde pode-se apreciar a chegada e a partida das garças que habitam a Região dos Lagos.
Postar um comentário