Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Acusado de acender rojão responsabiliza tatuador por disparo contra cinegrafista

Portal Imprensa
Em depoimento a policiais da 17ª DP, de São Cristóvão, no Rio de Janeiro, e a agentes da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), o auxiliar de serviços, Caio Silva de Souza, suspeito de acender o rojão que matou o cinegrafista Santiago Andrade, responsabilizou o tatuador Fábio Raposo por ter acendido o explosivo. 

Crédito:Agência Brasil
Caio de Souza disse que tatuador é responsável por rojão que atingiu cinegrafista

Segundo reportagem do jornal Extra, que teve acesso ao depoimento, o jovem admitiu estar na Central do Brasil no dia em que o cinegrafista foi ferido. Caio revelou que Fábio o incentivou a disparar o objeto, dizendo "Solta, solta...". O acusado confessou que nem sempre participou do movimento Black Bloc, porque trabalha e não consegue participar das manifestações.

Caio disse ainda que esteve na ocupação na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro (RJ), no fim de 2013, onde “teve a oportunidade de ver a chegada de até cinquenta quentinhas para alimentar os ativistas”. Ele afirma que há pessoas que aliciam os jovens para participar das passeatas e já foi convidado para participar de forma remunerada.

O auxiliar de serviços enfatizou que chegou a ver um papel em que era descrita a contabilidade do dinheiro distribuído aos manifestantes. Segundo ele, o documento apareceu no Facebook do Anonymous Rio e do Black Bloc, pois há discordância entre os próprios ativistas. Ele disse que a ativista Elisa Quadros, conhecida como Sininho, foi quem passou a contabilidade para um amigo, que o colocou na rede social, mas nega ter sido chamado por ela para participar do protesto.

Ainda durante o depoimento, o jovem disse acreditar que "os partidos que levam bandeira são os mesmos que pagam os manifestantes". Ele explica já ter visto bandeiras do Psol, PSTU e Fip, sendo que um dos grupos promove reuniões plenárias.
Postar um comentário