Bom dia. Vamos com as principais notícias dos jornais desta quarta-feira, 19 de fevereiro. Cabo Frio já tem a Rainha e as Princesas do Carnaval 2014. Patrícia Oliveira conquistou os jurados e o público que vibrou com a apresentação das candidatas das escolas de samba.


Exibindo 148 Rainha Princesas COR Bx.jpg


Exibindo 135 Rainha COR Bx.jpg
Patrícia Oliveira, representante da Escola de Samba Águias da Paz e Harmonia, foi eleita a Rainha do Carnaval de Cabo Frio em 2014. Keila Guerreiro, do Bloco da Falange e Joice Motta, representante da Escola de Samba Arrastão da GB, ficaram com o titulo de princesas do carnaval. 
O concurso realizado ao ar livre em frente ao Centro de Artes Visuais (CAV) na Praia do Forte, atraiu mais de duas mil pessoas entre moradores e turistas, que vibraram com a apresentação das nove candidatas.  A escolha  da rainha e princesas faz parte do “Carnaval Inesquecível”, que faz projeto “Cabo Frio Inesquecível Verão 2014”, idealizado para marcar a alta temporada na cidade.  
Patricia Oliveira se mostrou descontraída e revelou que para manter o corpo sarado mantém uma disciplina de exercícios e alimentação balanceada. 
– Adoro o samba, carnaval e também de malhar bastante para manter meu corpo – disse ao ser apresentada por Nilma de Oliveira, que comandou o desfile.  O mestre Alexandre, à frente da bateria, esquentou o ambiente com samba de primeira e o suingue do cantor Jean Bessa. 
O secretário de Cultura de Cabo Frio, José Facury, classificou o concurso como positivo dentro de um projeto para mostrar a importância do carnaval das escolas de samba na região. 
– O carnaval é festa popular e precisa da representação da Corte com Rainha, Princesas e Rei Momo. Juntos com a escolas formam o espetáculo – disse. 
A Rainha e a Princesas receberam a faixa da modelo e rainha Adriana Ferreira que reina no Carnaval até o dia 22 quando passará o cargo para Patrícia Oliveira.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 

Correio Braziliense
Manchete: Maduro prende, arrebenta e recebe apoio brasileiro
Acusado de terrorismo por liderar protestos, oposicionista se entrega à polícia na Venezuela.

Na mão direita, a bandeira do país. Na outra, uma flor. Foi assim que Leopoldo López (E) passou ontem de líder oposicionista a preso político. Apesar da forte repressão do governo, milhares de pessoas saíram às ruas de Caracas para defendê-lo. “Não se entregue! Não se entregue", gritavam. “Se minha prisão permitir à Venezuela despertar definitivamente, (...) ela valerá a pena”, disse López ao ser detido. Pelo menos três pessoas já morreram nas manifestações. O Mercosul, integrado pelo Brasil, declarou apoio ao governo do presidente Nicolás Maduro. (Págs. 1 e 14)
GEAP sai da lista de planos sob suspensão (Págs. 1 e 11)

Comissões: PT dribla Bolsonaro
Para evitar polêmica em ano eleitoral, o partido faz acordo para barrar o deputado e vai presidir os Direitos Humanos. (Págs. 1 e 2)
Servidores: Supersalários liberados
Decisão do STF garante o pagamento de valores acima de R$ 29,4 mil para 1,9 mil funcionários da Câmara e do Senado. (Págs. 1 e 10)
Divididos, PMs ganham reajuste
Em um dia, duas assembleias. De manhã, os praças rejeitaram o acordo com o GDF. Mas, à noite, os oficiais se reuniram e aprovaram a proposta. Ontem mesmo, o governador Agnelo assinou o aumento nos benefícios. (Págs. 1 e 23)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
Manchete: Supersalários: O retorno 
Ministro Marco Aurélio, do STF, libera ganho acima de R$ 29,4 mil no Congresso

Liminar expedida pelo ministro determina que a Câmara dos Deputados e o Senado voltem a pagar as remunerações que ultrapassam o teto constitucional do funcionalismo, atualmente de R$ 29,4 mil, a cerca de 1,9 mil servidores, que tiveram a regalia suspensa em outubro por ordem do Tribunal de Contas da União (TCU). Marco Aurélio acatou o argumento de que os funcionários não foram ouvidos. O mérito do mandado de segurança que garantiu provisoriamente a volta dos vencimentos acima do teto no Legislativo ainda será julgado pelo pleno do Supremo Tribunal Federal.

A economia com o corte nos supersalários é estimada em R$ 87 milhões por ano. (Págs. 1 e 3)

Superprotesto na Venezuela

Em meio à tensão que envolve o país desde o início do mês, dezenas de milhares de venezuelanos tomaram ontem as ruas da capital Caracas(acima)em protesto contra o governo do presidente Nicolás Maduro. Inflação em alta, insegurança e escassez de produtos básicos foram alguns dos alvos dos manifestantes. Procurado pela polícia, o líder da oposição, Leopoldo López(no detalhe) se entregou durante o protesto. Em outro ponto da cidade, milhares de partidários de Maduro participaram de manifestação de apoio ao governo. (Págs. 1 e 14)

Superproteção no carnaval

Para evitar danos ao patrimônio durante a folia, a Prefeitura de Tiradentes decidiu, pela primeira vez, cercar com grades as edificações tombadas. A mesma medida será adotada em Ouro Preto, mas com o uso de tapumes. São João del-Rei instalará câmeras de vigilância e contratará mais seguranças particulares, providência que também será tomada em Mariana. (Págs. 1 e 21)
ANS suspense 111 planos de saúde no país (Págs. 1 e 12)

Psicotrópicas: Anvisa proíbe venda de 21 drogas sintéticas (Págs. 1 e 7)

Minas caixa: Ex-clientes ganham direito a reajustes de poupanças (Págs. 1 e 13)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
Manchete: Ainda mais violência contra as mulheres
Após o crime bárbaro contra professora e seu filho, em Olinda, outras duas mulheres foram mortas em Caruaru. Na Bahia, homem sequestrou, torturou e cegou ex-mulher grávida. (Págs. 1 e 7 e cidades 2)
Brasileiro rechaça organização da Copa
Pesquisa CNT aponta que 75,8% dos entrevistados veem investimento como desnecessário e 80,2% dizem que verba dos estádios deveria ter ido para outras áreas. 66,6% acham que obras de mobilidade não ficam prontas e 85% acreditam que haverá protesto no Mundial.(Págs. 1 e cidades/esportes 12)
Candidato do PSB ao governo pode sair hoje (Págs. 1 e 3)

Empresas do Brasil pouco agressivas (Págs. 1 e tecnologia 3)

Clima afeta qualidade e preço da comida (Págs. 1 e cidades/economia 6)

------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Manchete: Como a Fifa quer o Beira-Rio na Copa
Zero Hora mostra planta elaborada pelo Comitê Organizador Local e pela Fifa para o estádio e seu entorno, incluindo as estruturas temporárias orçadas em R$ 30 milhões, que ainda geram impasse.

Inter: Oitava vitória em nove jogos no Gauchão.

Grêmio: Werley, trunfo para encarar o Caxias. (Págs. 1 e Esportes)
A Ucrânia ferve: País dividido entre influência russa ou adesão à União Europeia vive ápice da violência. (Págs. 1 e 4 e 5)

Perspectiva Pode faltar energia até no inverno, alerta Agergs (Págs. 1 e 16 e 17)

------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico
Manchete: Governo não decidiu se repassará os gastos com energia
O ministro Guido Mantega afirmou ontem que ainda é cedo para definir se a tarifa será reajustada ou se o Tesouro assumirá a despesa com o uso das usinas térmicas para compensar o baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas. (Págs. 1 e P5)
Pesquisa traça perfil da classe C
Serasa Experian e Data Popular mostram que há quatro perfis básicos de grupos sociais pertencentes à classe média, que movimenta 58% do crédito do país. (Págs. 1 e P6)
Petrobras abre investigação
A estatal abriu auditoria interna para apurar denúncias de pagamento de propina pela holandesa SBM Offshore, operadora de plataformas de petróleo. (Págs. 1 e P11)
Saga vai para a Bolsa
Responsável pelo viciante jogo Candy Crush, a King Digital Entertainment entregou o pedido de IPO na Bolsa de Nova York e quer captar US$ 500 milhões. (Págs. 1 e P13)
------------------------------------------------------------------------------------
Radiobras
0