Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Bom dia! Veja as manchetes dos jornais desta sexta-feira, 14 de fevereiro. Na região dos Lagos, Cabo Frio e Arraial vão receber investimentos do Prodetur. Serão investidos R$ 144,2 mi em oito cidades litorâneas do Rio. Centro cultural e cais turísticos serão construídos em Cabo Frio e Arraial.

Do G1 Região dos Lagos
Arraial do Cabo comemora 28 anos de emancipação. (Foto: Prefeitura de Arraial do Cabo / Eduardo Alves)Arraial do Cabo receberá cais turístico. (Foto: Prefeitura de Arraial do Cabo / Eduardo Alves)
As cidades de Cabo Frio e Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio, estão entre as cidades litorâneas fluminenses que receberão verbas e incentivos para obras de infraestrutura e melhorias em turismo. A informação foi divulgada pelo Governo do Estado nesta quinta-feira (13). Ao todo, serão investidos R$ 144,2 milhões em projetos que já foram aprovados. Serão oito municípios contemplados pelo investimento estadual.
As cidades praianas fluminenses vão ganhar obras de infraestrutura e empreendimentos culturais que impulsionarão a atividade turística. Em Cabo Frio será construído o centro cultural e de exposições. Arraial do Cabo receberá investimento para construção do cais turístico para a Praia dos Anjos. O valor de cada obra, no entanto, não foi divulgado.
Os investimentos fazem parte do Programa de Desenvolvimento ao Turismo (Produtor). Além de Cabo Frio e Arraial do Cabo, as cidades de Paraty, Mangaratiba, Ilha Grande estão incluídos no programa.
Além de obras de infraestrutura, o Prodetur vai financiar ações voltadas para a promoção dos municípios e qualificação dos empregadores e trabalhadores do setor. No plano de capacitação, Valença será a primeira cidade a receber cursos preparatórios envolvendo turismo e hotelaria."Contratamos uma empresa para identificar as práticas da área e incentivar a formalização. Precisamos de um setor profissionalizado para fidelizar os visitantes", disse o secretário de Turismo, Ronald Ázaro.
Focada em planejamento para os próximos anos, a secretaria também já contratou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para desenvolver uma inédita pesquisa turística no interior e na Região Metropolitana. Serão investidos aproximadamente R$ 5 milhões para coletar dados com amostras representativas e traçar estratégias, gerar indicadores e criar uma série histórica de estatísticas das demandas. As equipes já estão sendo treinadas e o distrito de Conservatória, em Valença, será o primeiro a receber a pesquisa.
"Os estudos serão feitos nos 23 municípios contemplados pelo Prodetur e também teremos a visão completa das seis regiões estratégicas do estado", explicou Marcos Pereira, gerente do Prodetur.



-----------------------------------------------------------------------------------------------------
Jornais nacionais
---------------------------------------------------------------------------------------

Folha de S.Paulo
Veja a versão digital da Folha
Preso diz que recebeu oferta para ir a atos e cita partidos

Agora S.Paulo
capa
Tribunal inclui aposentado por idade de 2011 em nova revisão

O Estado de S.Paulo
Petrobras é acusada de ceder a pressão e usar plataformas precárias

O Globo
Governo admite risco de apagão, mas baixíssimo

Correio Braziliense
Chega de racismo

Estado de Minas
Eu sou cruzeiro. Eu sou galo. Eu sou coelho. Eu nem gosto de futebol: Todos somos Tinga

Zero Hora
Após protesto e confusão - Dilma promete assentar 30 mil famílias de sem-terra em 2014
*

Jornais internacionais

The Guardian (Reino Unido)
A mudança climática está aqui e agora; Isso poderia levar a um conflito global; No entanto, os políticos brigam

El País (Espanha)
A renúncia do primeiro-ministro da Itália aumenta a instabilidade


--------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Chega de racismo
O Cruzeiro enfrenta o Real Garcilaso, no Peru. Vinte minutos do segundo tempo. Tinga entra em campo. Nas arquibancadas, torcedores começam a insultar o jogador brasileiro, imitando sons e gestos de macaco. A atitude racista, na noite de quarta-feira, provocou uma onda de indignação mundo afora. Da presidente Dilma ao dirigente máximo da Fifa, passando por atletas famosos, todos repudiaram o preconceito. “Incrível como isso ainda existe no futebol”, protestou Ronaldinho Gaúcho, ídolo do Atlético-MG, maior rival do Cruzeiro. “#TamoJuntoTinga”, postou Neymar em rede social. O repúdio foi tão grande que pode até levar a Conmebol, organizadora da Libertadores, a uma punição inédita: a eliminação do time peruano do torneio. Sede da Copa de 2014, o Brasil estuda medidas para coibir atos como esse no Mundial. Mas, aqui, apesar de o racismo ser um crime inafiançável, reina a impunidade. Não há ninguém preso no país por ter cometido esse tipo de delito, superesportes. (Págs. 1 e 2 e 3)
Síndico: Terceirização nos edifícios está ameaçada
Decisão da justiça mantém a proibição da contratação indireta de porteiros e faxineiros para prédios residenciais e comerciais. Mais de 80% dos condomínios do DF utilizam esse tipo de mão de obra.
(Págs. 1 e 24)

Mais Médicos: Baixo salário dos cubanos será revisto
Após denúncias de que os profissionais recebem menos de 10% do valor pago ao governo cubano, o Ministério da Saúde deve fixar entre R$ 2,5 mil e R$ 4 mil a quantia mínima do repasse. (Págs. 1 e 7)
Black blocs: Difícil punição aos baderneiros
Inquéritos sobre depredações nos protestos de 2013 têm apuração lenta. No Rio, o rapaz acusado de participar da morte de um cinegrafista reafirmou o vínculo entre grupos violentos e políticos. (Págs. 1 e 2 a 4)
Marcha do MST: Ministro culpa PM por confronto
Gilberto Carvalho responsabilizou a corporação pela violência que culminou com pelo menos 40 feridas, 30 deles policiais, na Praça dos Três Poderes. (Págs. 1 e 5)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Manchete: Eu sou cruzeiro. Eu sou galo. Eu sou coelho. Eu nem gosto de futebol: Todos somos Tinga
Ofensas racistas a jogador celeste provocam onda mundial de repúdio. Fifa quer punição a time peruano.

Da cúpula do futebol, passando pela presidente Dilma, até jogadores de vários clubes, inclusive do rival Atlético, em menos de 24 horas formou-se uma corrente planetária em solidariedade a Tinga e em protesto contra as manifestações racistas dos peruanos dirigidas a ele no jogo Real Garcilaso x Cruzeiro, quarta-feira, pela Copa Libertadores. No Twitter, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, lembrou que o congresso da entidade aprovou resolução contra a discriminação no futebol, que deve ser levada a sério quando diz "basta”. A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) prometeu providências. O regulamento da Libertadores prevê punições severas ao clube cujos torcedores cometam agressões raciais, que vão da perda de mandos de campo, jogos com portões fechados, perda dos pontos até a eliminação do torneio.

Sereno e bem articulado: conheça o jogador que se dispôs a trocar seus 12 títulos pelo fim do racismo • Peru tem grandes ídolos negros do futebol, dentro e fora do campo • OAB-MG pede campanha contra discriminação racial no clássico de domingo, no Independência. (Págs. 1 e Superesportes, capa e 3,4,5 e 8)

Governo já conta com São Pedro
Pela primeira vez desde o início da estiagem prolongada no Brasil, o Ministério de Minas e Energia condicionou a oferta de luz à situação climática e ao nível dos reservatórios. Com a escassez, empresas têm reduzido a produção para faturar com a venda do excedente de energia no mercado. (Págs. 1 e 10)
Guerra fiscal: desonerações enxugam verbas para municípios (Págs. 1 e 4)


Cinegrafista morto: jovem muda versão e agora acusa tatuador (Págs.1 e 6,7 e editorial, na 8)


Fiscalização Brs que cortam Minas terão mais 121 radares (Págs.1 e 17)


Educação: TJ autoriza junção de séries na rede estadual (Págs. 1 e 18)


------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Insegurança e outro sequestro na UFPE
No segundo caso em menos de 15 dias, aluna foi levada de dentro do câmpus para ser assaltada. Iluminação fraca e falta de capinação facilitam investidas. Reitoria promete providências. (Págs. 1 cidades 5)
Acusado muda versão e nega autoria do rojão
Em depoimento, Caio Souza acusa o tatuador Fábio Raposo, também preso pela morte do cinegrafista. (Págs. 1 página 7)
Dilma dá apoio ao jogador Tinga, vítima de racismo (Págs. 1 esportes 2)


Empresa deve fornecer dados do IR este mês (Págs. 1 economia 1)


------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Após protesto e confusão - Dilma promete assentar 30 mil famílias de sem-terra em 2014
Manifestação que reuniu milhares de agricultores em Brasília na quarta e acabou em confronto forçou reunião da presidente com os líderes do MST. (Págs. 1, 17 e 43)

Carolina Bahia: Rispidez no encontro (Pág. 1)

No campo: Onda de calor traz prejuízos à produção
Só na avicultura, perdas superam R$ 5,4 milhões com a morte de frangos. (Págs. 1 e Campo e Lavoura)
Governo mudo tom: Racionamento sai de risco nulo para “baixíssimo”
Cortes de energia fazem Planalto admitir possibilidade pela primeira vez. (Págs. 1 e 22)
Litoral Norte: Pressão para melhorar qualidade do sinal 3G
MPF pede explicações à Anatel e descobre não haver dados sobre serviço oferecido. (Págs. 1 e 20)
Pela igualdade: Racismo contra Tinga reabre discussão sobre punições (Págs. 1 e Esportes)


------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete: Comércio tem, em 10 anos, a pior venda e a maior inflação
O varejo fechou 2013 com um alta de 4,3%, no pior desempenho do setor desde 2003. Entretanto, a receita cresceu 11,9% no período, devido ao aumento dos preços, principalmente dos alimentos. Economistas avaliam que o resultado reforça o consenso de que o modelo de crescimento via consumo está esgotado. A perspectiva para 2014 não é das mais animadoras, pois o setor terá menos dias úteis com a Copa. (Págs. 1, 4 e 5)
Cartões serão arma do BB para manter lucro
Ao anunciar o lucro recorde de R$ 15,8 bilhões em 2013, Aldemir Bendine, presidente do Banco do Brasil, deu sinal de onde podem sair receitas extraordinárias em 2014. “Teremos grandes novidades na área de cartões, que está muito agressiva”, disse ele. Parte do lucro histórico do ano passado foi obtido com o IPO da BB Seguridade. (Págs. 1 e 20)
Porto do Açu, enfim, entra em operação
Seis anos após seu início, projeto idealizado por Eike Batista inaugura em março duas fábricas de dutos submarinos da francesa Technip e da norueguesa NOV. (Págs. 1, 10 e 11)
Orçamento: Mantega ainda discute valor do corte
Em reuniões diárias, a equipe econômica debate o quanto será cortado das despesas em 2014 para garantir o superávit fiscal de 2% do PIB. O governo tem até o próximo dia 20 para decidir o montante. (Págs. 1 e 3)
Vendas: Ganho de Via Varejo sobe 270%
Divisão de eletrodomésticos do Grupo Pão de Açúcar e controladora das redes Casas Bahia e Pontofrio atribuiu o lucro líquido de R$ 1,175 bilhão à redução de custo operacional. (Págs. 1 e 12)
------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços

Postar um comentário