Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sábado, 15 de fevereiro de 2014

Bom dia! Veja as manchetes dos principais jornais brasileiros deste sábado, 15 de fevereiro. Mega-Sena promete final de semana milionário. Acumulada há sete concursos, a modalidade vai sortear hoje R$ 62 milhões



A Mega-Sena acumulou mais uma vez e pode pagar o super prêmio de R$ 62 milhões para o apostador que acertar as seis dezenas do concurso 1.574, que será sorteado neste sábado (15), às 20h (horário de Brasília), no Caminhão da Sorte da CAIXA, que está no Crato (CE), estacionado no Largo da Refesa.
Se um apostador levar o prêmio sozinho, poderá se aposentar com uma renda superior a R$ 340 mil por mês, o equivalente a mais de R$ 11,3 mil por dia, apenas investindo o prêmio na Poupança da CAIXA. Ou, se preferir, poderá adquirir, com o valor integral do prêmio, 77 imóveis no valor de R$ 800 mil cada, ou ainda montar uma frota de 516 carros de luxo. 
A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 2 e pode ser feita até as 19h deste sábado, em qualquer lotérica do país. Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA (IBC) contam com a facilidade de fazer suas apostas pelo computador pessoal. Basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. O serviço fica disponível das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteio (quarta-feira e sábado), quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte. 
Bolão CAIXA:
Para somar forças e concorrer aos R$ 62 milhões em grupo, basta preencher no campo próprio do Bolão, no volante, a quantidade de pessoas que participarão da aposta. O apostador também pode solicitar diretamente ao atendente da lotérica, informando os números da aposta e a quantidade de cotas desejada. 
Os bolões da Mega-Sena têm preço mínimo de R$ 10, e cada cota deve ser de, pelo menos, R$ 4, sendo possível realizar um bolão de, no mínimo, duas e no máximo 100 cotas. Caso o apostador adquira cotas de bolões CAIXA organizados pelas lotéricas, poderá pagar uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota. Nas duas opções, será emitido o recibo da cota, com o qual o apostador poderá resgatar seu prêmio, caso seja ganhador, em qualquer agência da CAIXA.


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Folha de São Paulo
Veja a versão digital da Folha
Racionamento de água já atinge ao menos 142 cidades

O Globo

Dirceu coleta R$ 225 mil para pagar multa por condenação

Correio Brasiiense

Dados do BC mostram o Brasil em recessão

 Jornal do Commercio

“Não” à Fifa gera mal-estar e elogios

Zero Hora

Altos e baixos: Brasil cresce, mas perde força



---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Dados do BC mostram o Brasil em recessão 
Índice de atividade econômica calculado pelo Banco Central, o IBC-R divulgado ontem revela que o Brasil encolheu nos terceiro e quarto trimestres de 2013.
O indicador é visto pelo mercado como uma prévia do Produto Interno Bruto (total das riquezas produzidas pelo país). Mas, para que a recessão técnica se caracterize, é preciso que o PIB, medido pelo IBGE, confirme o recuo na economia nos dois trimestres consecutivos. Surpreendidos com o forte tombo no crescimento, o Planalto e a Fazenda temem que o pessimismo com a economia alimente e vão fazer pressão para que o BC não eleve, este mês, a taxa básica de juros, que já está em 10,50% ao ano. Analistas já refazem as contas e projetam crescimento máximo de 1,5% para o PIB de 2014. (Págs. 1 e 9 e 10)

A política como ela e...
Poder, sexo, corrupção, trapaças... Qualquer semelhança com Brasília não é mera coincidência. Mas, na verdade, House of Cards trata dos bastidores da política em Washington. E é uma das séries de tevê mais vistas do momento. De Dilma a Obama, ninguém perde um capítulo da megaprodução estrelada por Kevin Spacey. (Págs. 1 e 5)
Gilmar sugere “vaquinha” para devolver mensalão
Ministro do STF diz que doações para pagar multa de petistas sabotam cumprimento da pena e sugere ao PT arrecadar dinheiro para ressarcir valor desviado dos cofres públicos. (Págs. 1 e 2)
Cubana exige indenização do Mais Médicos
Ramona Rodríguez entrou com ação na Justiça para receber R$ 149 mil do Ministério da Saúde. Ela deixou o programa em janeiro e pede o pagamento de férias, décimo terceiro e danos morais, além da diferença entre o salário que ganhava e o valor que é pago aos profissionais brasileiros. (Págs. 1 e 8)
A democracia por um fio na Venezuela
Advogados e ativistas de direitos humanos denunciam o governo de Nicolás Maduro de torturar estudantes em prisões do país. Cerca de 90 universitários continuam detidos e incomunicáveis. (Págs. 1 e 16)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: "Não” à Fifa gera mal-estar e elogios
Decisão de Geraldo Julio de não investir R$ 20 milhões no Fifa Fan Fest, espaço festivo da Copa no Recife Antigo, foi bem recebida nas redes sociais, mas criou “saia justa” até no governo. (Págs. 1 e cidades 3)
Fantasma dos endividados assombra
Pesquisa mostra que inadimplência cresceu no Estado, principalmente no interior, por causa da seca. (Págs. 1 e economia 1)
Acusados de matar Santiago são indiciados
Documento com 175 páginas sobre morte do cinegrafista da Band vê dupla responsável por homicídio doloso. (Págs. 1 e 10)
Mais Médicos: Cubana Ramona Matos cobra na Justiça indenização de R$149 mil. (Págs. 1 e 9)


Bolsa: Censo do programa foi marcado por muita confusão no Recife. (Págs. 1 e economia 2)


------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Altos e baixos: Brasil cresce, mas perde força
Indicador do Banco Central que sinaliza o rumo do PIB registra dois trimestres consecutivos de retração. Apesar disso, o país terminou 2013 com expansão econômica de 2,52%, maior do que em 2012. (Págs. 1 e 14)

Retoques no gigante 
Após vistoria de mais de oito horas, Beira-Rio terá último teste às 14h para primeiro jogo depois da reforma.

O impasse sobre as estruturas.

Temporárias da Copa 2014

O Estado e prefeitura admitem fornecer equipamentos

Diogo Olivier: será que vai ser preciso chamar a Dilma?

Paulo Sant’Ana: que tal fazer uma vaquinha? (Págs. 1 e Esportes e página 47)

Elisa, a Sininho Um rosto em meio à polêmica dos protestos (Págs. 1 e 28)


------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços
Postar um comentário