Ligações de telefones fixos para celular vão ficar 13% mais baratas em março. Preço médio das tarifas deverá passar de R$ 0,45 para R$ 0,39.

Redução das tarifas vale para as ligações originadas nas redes das concessionárias da telefonia fixa - Oi, Telefônica, CTBC, Embratel e Sercomtel Foto: O Globo / Arquivo
A partir de março, as ligações locais e interurbanas dos telefone fixo para celular ficarão, em média, 13% mais baratas. A informação foi dada nesta segunda-feira pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O preço médio das ligações locais de fixo para telefone móvel deverá passará de R$ 0,45 para R$ 0,39.
O preço médio das ligações interurbanas feitas de fixo para móvel com DDD iniciando com o mesmo dígito, DDDs 61 (Distrito Federal) para 62 (Goiânia) passará de R$ 0,93 para R$ 0,80. Enquanto o preço médio das demais ligações interurbanas de fixo para celular, que são mais caras, passará de R$ 1,05 para R$ 0,92.


A estimativa da Anatel é de que com a redução das tarifas os consumidores economizem cerca de R$ 2,1 bilhões este ano com as ligações fixo/móvel. Em 2015, as chamadas fixo/móvel deverão ter nova redução, como prevê o regulamento da agência.
Segundo a agência reguladora, a conta média mensal de R$ 55, cairá partir do próximo mês para aproximadamente R$ 49. A redução das tarifas vale para as originadas nas redes das concessionárias da telefonia fixa - Oi, Telefônica, CTBC, Embratel e Sercomtel - destinadas às operadoras móveis. A redução é consequência da queda das tarifas de remuneração de redes móveis.

Muitos especialistas informam que a redução das tarifas não tem um grande impacto para as empresas, porque a maior parte delas já tem planos de descontos quando as ligações são para clientes da mesma operadora. Atualmente, muitos consumidores ainda não fazem ligações fixo-móvel porque as tarifas são muito altas. E outros, usam o bloqueio das ligações fixo-móvel para evitar uma conta mais alta.Em 2012, a Anatel baixou uma resolução reduzindo as tarifas de interconexão de rede, que tem a consequência direta na queda da tarifa fixo/móvel. Naquele ano, a redução média foi de 10,78% e no ano passado, de 8,77%.
As tarifas de interconexão foram usadas em todo o mundo para subsidiar a instalação de redes. As companhias de telefonia fixa transferem anualmente para as operadoras móveis os pagamento pelo uso da rede. Estes valores são repassados para os consumidores que precisam desembolsar mais pelas contas telefônicas.
Segundo o SindTelebrasil, que reúne as empresas do setor de telecomunicações, a queda no valor da tarifa de ligações de telefones fixos para celulares vem ocorrendo desde fevereiro de 2012, em virtude da redução do valor de uso da rede móvel. Nos últimos dois anos, informou a entidade, a queda das tarifas dessas ligações já chegou a 33%, enquanto a inflação acumulada nesse período foi acima de 11%. A Embratel disse que respeita as decisões da Anatel. Oi e Telefônica preferiram se pronunciar através do SindTelebrasil. (Colaborou Bruno Rosa)


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/ligacoes-de-telefones-fixos-para-celular-vao-ficar-13-mais-baratas-em-marco-11695507#ixzz2uMnwM6Ye 
© 1996 - 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 
0