Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Roberto Carlos pode substituir Tony Ramos em campanha de frigorifico Friboi



Diferente do que muita gente publicou e comentou nos últimos meses, Roberto Carlos voltou a comer carne vermelha. Ele admitiu durante a coletiva de imprensa do projeto "Emoções em Alto Mar 2014", quando recebeu a imprensa no teatro do navio MSC Preziosa, ancorado em Búzios, que abriu mão de alguns hábitos que foram banidos da sua vida há alguns anos. "Eu disse que voltaria a comer carne vermelha. Adiei um pouco. Mas agora voltei a comer sim!", disse o cantor.
Com a confirmação do próprio, ficam mais fortes os rumores de que ele será o novo garoto propaganda do frigorífero Friboi, que se consagrou em 2013 com uma das campanhas mais bem sucedidas no ramo alimentício. Dessa forma, o contrato de Tony Ramos, o ator que popularizou os produtos da marca com o bordão, "é Friboi?", não será renovado. 


Roberto Carlos vem demonstrando ano após ano que está muito melhor do TOC - transtorno obsessivo compulsivo. Na coletiva, ele fez questão de, com muito bom humor, salientar que estava se sentando numa cadeira roxa. "Eu to muito melhor do TOC, viu gente?! Porque eu estou me sentando numa cadeira roxa", comentou logo que entrou no anfiteatro do navio. Ele ainda aproveitou para fazer piada: "Acho que da próxima vez eles vão colocar uma cadeira marrom pra eu sentar!", e riu.
Mas alguns hábitos ainda foram mantidos. No final da coletiva, que foi aberta para perguntas de fãs enviadas pelo Instagram, Roberto foi questionado por um garoto de 18 anos quando ele voltaria a cantar a música "Quero Que Vá Tudo para o Inferno". "Sabe, bicho, eu acho que já está quase na hora de voltar a cantar essa canção... Quem sabe incluo nos próximos shows e cante Quero Que Vá Tudo...", e não terminou de dizer o nome da música, que escreveu em parceria com Erasmo Carlos. 
Entre outras perguntas da plateia, Roberto disse que não teria problema nenhum se uma fã se sentasse no colo dele no camarim. "O problema vai ser tirar ela de lá. Eu acho que eu não iria deixar sair tão cedo!", fez a piada e riu muito. 
O projeto "Emoções em Alto Mar" comemorou 10 edições este ano e já abriu a venda para o ano de 2015. Normalmente, os mais de três mil lugares são esgotados com meses de antecedência.
DM.com.br 
Postar um comentário