Bom dia! veja as manchetes dos jornais desta segunda-feira, 10 de março. Vacina contra o HPV é oportunidade para escola abordar educação sexual. Meninas de 11 a 13 anos serão vacinadas a partir de hoje. Vírus provoca câncer de útero e é transmitido por relação sexual.

Vanessa Fajardo
Do G1, em São Paulo
HPV vacina (Foto: JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/ARQUIVO AFP)Vacinação será feita em meninas de 11 a 13 anos (Foto: Joe Raedle/Getty Images North America/Arquivo AFP)
A partir desta segunda-feira (10) o governo federal disponibiliza pela primeira vez uma vacina contra o vírus papiloma humano (HPV), principal causador do câncer de colo de útero, transmitido por relações sexuais. O público-alvo neste ano são as meninas com idade entre 11 e 13 anos.

A expectativa do Ministério da Saúde é aplicar as doses nas escolas, seja na rede pública ou privada. Segundo especialistas ouvidos pelo G1, é importante que os pais e os educadores aproveitem a oportunidade para abordar temas como uso de preservativos, doenças sexualmente transmissíveis e outras questões relacionadas à educação sexual.
A vacinação será feita em três doses. A segunda ocorre seis meses depois da primeira e a terceira, cinco anos depois. Em 2015, o público-alvo serão as meninas de 9 a 11 anos e, a partir de 2016, a ação ficará restrita às meninas de 9 anos. Até 2016, o objetivo do ministério é imunizar 80% do total de 5,2 milhões de meninas de 9 a 13 anos no país. A vacina tem eficácia de 98,8% contra o câncer de colo do útero.
A psicóloga e terapeuta sexual, Paula de Montille Napolitano, diz que se o tema aparece na mídia e está sendo comentado, as crianças e adolescentes estão pensando algo, por isso é importante propor um debate. "Primeiro é importante saber o que eles dominam sobre o assunto, que geralmente é mais do que as pessoas imaginam. Para os pais, os filhos são sempre bebês. É necessário ouvir o que eles pensam, o que vai mudar a forma como o assunto vai ser abordado em função da idade", afirma Paula.
Segundo a psicóloga, com uma criança de 11 anos, por exemplo, não é possível aprofundar o assunto. "É importante falar que se a pessoa não tem uma relação sexual protegida com preservativo, pode contrair doenças, por isso é preciso se prevenir. E a vacina é uma prevenção para algo que pode acontecer no futuro, assim como as outras doenças."
A escola é um centro de formação para todas as áreas da vida, e se a vacina pode ajudar a combater o câncer, ela não pode ficar de fora"
Paula de Montille Napolitano, terapeuta sexual
Também é preciso haver um trabalho de esclarecimento e orientação aos pais. Material informativo impresso e palestras são formas de atingir esse público. "O fato de ter a vacinação vai fazer com que as escolas tenham de se preparar, criando a forma mais adequada de tratar o assunto. A escola é um centro de formação para todas as áreas da vida, e se a vacina pode ajudar a combater o câncer, ela não pode ficar de fora. Para formar um cidadão, a saúde é parte importante disso. Mas também é papel dos pais e do governo."
No vídeo ao lado, a Dra. Ana Escobar tira dúvidas sobre o HPV
Formas de abordagem
Independente da forma de falar sobre educação sexual, ela deve ser desprendida de preconceitos e tabus. Paula diz que, quanto maior de número de formas de trazer o assunto, no caso o HPV e outras doenças sexualmente transmissíveis, seja com vídeo, atividades lúdicas e jogos, melhor a chance de sucesso. "Jogos de mitos e verdade e caixa de dúvidas anônimas para sentir de demandas são sugestões. A informação por si só é vaga, se não tiver conhecimento junto."
A naturalidade deve prevalecer, segundo Margareth Labate, sexóloga e psicanalista do Hospital das Clínicas. "O assunto deve ser abordado com naturalidade, assim como qualquer outro, sem preconceito e com preparo. A falta de orientação é muito mais prejudicial do que a informação e a orientação", diz Margareth.
O assunto deve ser abordado com naturalidade, assim como qualquer outro. A falta de orientação é muito mais prejudicial do que a informação e a orientação"
Margareth Labate, psicanalista
Pais e escola
Os doses das vacinas serão distribuídas aos estados que, por sua vez, repassam aos municípios. Oferecer ou não a vacinação nas escolas depende de parcerias com as secretarias de saúde e educação locais. Os pais que não autorizarem a vacinação nas filhas dentro das escolas, terão de assinar um termo de recusa e encaminhar à unidade.
Os especialistas combatem o pensamento de muitos pais que acreditam que a vacina pode despertar uma iniciação sexual precoce nas meninas. Para eles, trata-se de mais um mito e a lógica é justamente contrária. "Quando se entende que a vida sexual exige responsabilidade, faz com que o adolescente comece a pensar mais no assunto e a se perguntar se está preparado. A experiência e a pesquisa dizem que falar sobre o assunto, faz com que o jovem seja mais crítico e menos impulsivo", afirma Paula.
O ginecologista José Bento também concorda em que quando se aborda o assunto, de forma natural, a tendência é afastar mais do jovem de sua primeira relação sexual. "Quanto mais os pais falam de sexo com o adolescente, quanto mais o papo for aberto, mais a primeira relação é adiada. Quanto mais desconhecido, mais cedo vai procurar."
Vacina contra o HPV (Foto: TV Integração/Reprodução)Vacina contra o HPV (Foto: TV Integração/
Reprodução)
'Não dá para saber quem vai ter câncer'
Em 2011, 5.160 mulheres morreram em decorrência do câncer de colo de útero, o terceiro mais comum entre as brasileiras, atrás dos tumores de mama e colorretal. Segundo dados a Organização Mundial da Saúde (OMS), 290 milhões de mulheres no mundo têm HPV.
Para o ginecologista José Bento todas as mulheres deveriam ser vacinadas, já que as doses garantem 98% de eficácia contra o câncer de colo de útero. "É menos comum o vírus se manifestar. As mulheres acabam se curando espontaneamente. O problema é não saber quem vai ter ou não o câncer, que pode ser desenvolvido em um período de 8 a 12 anos [no caso das mulheres que contraíram o vírus]."
Uma vez infectada, a mulher precisa acompanhar, via exames, se o HPV desenvolveu lesões ou verrrugas na região genital. Quando isso ocorre, é necessário cauterizar com ácido, laser ou gelo. Se o vírus está 'dormindo' e não se manifestou, não há tratamento, neste caso é preciso cuidar do sistema imunológico. O HPV pode demorar até dois anos para sair do organismo, segundo o médico.


--------------------------------------------------------------------------------------------------

Temer desautoriza líder e defende aliança PMDB-PT

O vice-presidente Michel Temer desautorizou o líder do partido na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), que chegou a pregar o rompimento da aliança do PMDB com o governo. Poucas horas antes de se reunir com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio da Alvorada, Temer disse que "o PMDB quer manter o casamento com ela e não vê chance de divórcio"."Não é A nem B ou C nem sou eu quem vai dizer se o partido vai para um lado ou para o outro. É a convenção nacional que decide o que deve ser feito", disse Temer ainda em Tietê (SP), sua cidade natal, onde esteve neste domingo, 9, para receber uma homenagem antes de voltar a Brasília. "Tem dois terços que pensam em manter o casamento e, portanto, a maioria é pela manutenção da aliança, como eu."No fim da tarde, antes do encontro com Dilma, Temer convocou um seleto grupo do PMDB para uma reunião no Palácio do Jaburu. 

Preço do tomate já chega a R$ 20,00 nas feiras de SP

Os efeitos da forte seca e das altas temperaturas que atingiram o Sudeste do País desde o início deste ano já começaram a aparecer nas feiras livres de São Paulo.Em algumas feiras livres da Capital, como a da Rua Oscar Freire na estação Sumaré do Metrô, o quilo do tomate já chega a R$ 20,00 para uma variedade holandesa.O tomate caqui, para salada, foi vendido a R$ 10 o quilo neste domingo, 9. Para estimular a freguesia que estava assustada com o custo do tomate para salada e macarronada, o feirante avisava que na próxima semana o quilo do tomate que hoje é vendido a R$ 10 pode chegar a R$ 15.O índice de preços da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo - que mede a variação das cotações de alimentos in natura no atacado - indica alta de 9,07% em fevereiro.Nos itens pesquisados pela Ceagesp, os legumes registraram elevação de 33,89%. A principal alta foi a do tomate, de 67,4%.

Juiz nega envio de Marcola para o RDD

A Justiça voltou a negar o isolamento em regime prisional mais rígido do líder do Primeiro Comando da Capital (PCC), Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola. O pedido havia sido feito em outubro pelo secretário executivo do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Everton Zanella, após o Estado revelar uma megainvestigação do Ministério Público Estadual (MPE) sobre a facção.O pedido para inclusão no Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), com até 22 horas de isolamento, foi negado na sexta-feira pelo desembargador Péricles Piza. Segundo ele, o MPE não apresentou documentos suficientes que demonstrassem que o juiz da 5.ª Vara de Execuções Criminais da Capital, Tiago Henrique Papaterra Limongi, agiu de forma ilegal ao não colocar o detento no RDD após um representação do secretário de Administração Penitenciário do Estado de São Paulo, Lourival Gomes.

Presos após capotarem carro roubado na Candangolândia

Policiais militares integrantes do Grupo Tático Operacional 48, do 28º Batalhão, Riacho Fundo, patrulhavam a quadra QN 1 da cidade, por vola de 16h30 de hoje (9), quando viram quatro indivíduos em um veículo. Os policiais fizeram uma consulta da placa do carro junto à Ciade e constataram que o veículo havia sido roubado no dia 14 de fevereiro de 2014 no Guará II. Os policiais deram ordem de parada ao condutor do carro que desobedeceu e fugiu. Foi iniciada um acompanhamento que contou com apoio de policiais do 25º Batalhão (Núcleo Bandeirante) e do Batalhão de Polícia Militar Ambiental. Na altura do viaduto da Candangolândia, na EPIA Sul, o condutor do veículo roubado fez uma manobra brusca e capotou. Três indivíduos foram presos pelos policiais militares, mas o quarto conseguiu escapar. Dentro do automóvel foi encontrado um revólver calibre 38 com duas munições intactas.

Bancos tiram dinheiro dos EUA e colocam na Europa

A exposição de bancos brasileiros no exterior alcançou US$ 119 bilhões em setembro de 2013, numa alta de 4,4% em relação a junho, segundo o Banco Internacional de Compensações (BIS).Os bancos brasileiros fizeram uma clara alteração em suas exposições, reduzindo o volume nos países desenvolvidos e aumentando nos mercados latino-americanos. Ao mesmo tempo, transferiram recursos dos EUA para a Europa.A exposição nos desenvolvidos caiu de US$ 66,2 bilhões para US$ 64,9 bilhões, enquanto na América Latina subiu de US$ 26,2 bilhões para US$ 28,2 bilhões.Bancos brasileiros têm agora exposição de US$ 14,1 bilhões no Chile, US$ 5,9 bilhões na Argentina e US$ 2,9 bilhões no Uruguai.

Dilma condena via Twitter racismo no futebol

A presidente Dilma Rousseff voltou a usar sua conta no Twitter para falar de futebol e racismo na manhã deste domingo (9). A presidente prestou solidariedade ao jogador Arouca, do Santos, e ao árbitro Márcio Chagas da Silva por atos de racismo sofridos na semana passada. "É inadmissível que o Brasil, a maior nação negra fora da África, conviva com cenas de racismo", escreveu Dilma.A presidente afirmou que está convidando líderes religiosos de todo o mundo a enviarem manifestações contra o racismo. As mensagens serão lidas durante a Copa do Mundo. "Vamos enfrentar o racismo! Acertei com a ONU e a Fifa que a nossa #CopaDasCopas, também será a #Copa pela Paz e a #CopaContraORacismo."Arouca foi chamado de 'macaco' por um torcedor em Mogi Mirim na quinta-feira (6) e Márcio teve bananas atiradas em seu carro depois de um jogo em Bento Gonçalves (RS), na quarta-feira (5). 

Ministro investiga atraso em benefícios do INSS

O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves, afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo, que vai mandar apurar por que o INSS não determinou o pagamento das aposentadorias e do seguro-saúde a partir da última quarta-feira, 5, quando os bancos abriram meio expediente. Por determinação do INSS, os pagamentos do benefício a milhares de aposentados e pensionistas, incluindo quem recebe um salário mínimo, só começaram a ser depositados na última quinta-feira, 6, num calendário que se estenderá até a próxima quarta, 12."Na verdade isso (o pagamento do benefício) teria de ser retomado na própria quarta. Isso aí tem de ser apurado e eu vou mandar apurar. Se foi para fazer caixa para o governo? Acredito que da parte do INSS, não. Agora, houve realmente um hiato na quarta-feira", afirmou o ministro. 

Descontos ameaçam nova paralisação dos rodoviários

Quando se acreditava que a situação estava normalizada entre empresários do transporte público e rodoviários, com o fim da greve de 15 dias e o acerto do dissídio da categoria, novas ameaças de paralisação dos ônibus pairam sobre Porto Alegre. Funcionários das companhias estão revoltados com novos descontos nos contracheques, enquanto as entidades patronais garantem que não há irregularidades nas cobranças.O espanto veio no último pagamento, na semana passada. Alguns funcionários dizem que foram descontados em seis dias em razão da greve ter sido considerada ilegal pela Justiça. Mas, afirmam, a negociação para terminar com a paralisação e acertar o dissídio, em 17 de fevereiro, permitiria o cumprimento em horas extras de trabalho ou o pagamento parcelado mês a mês.

TCU detecta pagamentos indevidos pelo Garantia Safra

Auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) identificou irregularidades na concessão de benefícios do Programa Garantia Safra, entre 2011 e 2013. De acordo com o órgão, foram pagos 65,8 mil benefícios a pessoas fora do perfil requerido pelo programa, que somaram mais de R$ 66 milhões no período.Entre os beneficiários considerados fora do perfil do programa estão pessoas com vínculo com prefeituras, governos estaduais e federal, participantes que vivem fora da região de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que recebem mais de 1,5 salário mínimo, falecidos e até vereadores, prefeitos e um vice-prefeito.O cruzamento feito pelo TCU, entre as bases de dados de beneficiários do Garantia Safra e do Registro Nacional de Veículos Automotores ( Renavan), também revelou que, em 2011, mais de 135 mil beneficiários (17,5%) do Garantia Safra eram proprietários de veículos automotores; números que evoluíram para 119 mil (18,2%) em 2012.

Tráfico mostra seu poderio bélico em áreas pacificadas

A morte de mais um policial em comunidade pacificada na última quinta-feira evidencia o que moradores dessas áreas têm visto há alguns meses: o tráfico voltou a ocupar com armas alguns locais, na tentativa de mostrar seu poder. Comunidades como os complexos do Alemão — onde o soldado da PM Rodrigo Paes Leme, de 33 anos, morreu —, da Penha, Rocinha e Mangueira têm sofrido na pele com as investidas de traficantes que não escondem mais sua força bélica. Segundo testemunhas, há quadrilhas fortemente armadas que controlam a circulação de moradores e até de policiais.Na Rocinha, policiais contaram que integrantes da facção criminosa Amigos dos Amigos (ADA) já retomaram pelo menos seis localidades: Valão, Campinho da Cachopa, Macega, Roupa Suja, Rua 2 e 199. “Qualquer guarnição que entre nesses locais é atacada. 

Inclua períodos na carteira e garanta a aposentadoria

Trabalhadores que ficaram sem o registro de um ou mais empregos na carteira profissional também podem conseguir a aposentadoria da Previdência Social.Mas, para isso, precisam provar que foram funcionários durante o tempo exigido pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).Os caminhos para conseguir o benefício são os mesmos para quem nunca teve a carteira registrada e para quem precisa apenas completar um período de contribuição.O primeiro passo é ir a uma agência da Previdência Social e pedir para preencher um formulário chamado de JA (Justificação Administrativa).Quem preferir pode escrever a JA em casa e levá-la ao posto.

Vacinação contra HPV começa hoje nos postos de saúde

Começa nesta segunda-feira, dia 10 de março, a campanha de vacinação contra o HPV, voltada para meninas entre 11 e 13 anos. No Rio, todos os postos de saúde e Clínicas da Família vão oferecer a dose, considerada de extrema importância para a prevenção do câncer de colo de útero.Segundo a Secretaria municipal de Saúde, 220 salas de imunização serão disponibilizadas na cidade. A campanha também será realizada em algumas escolas públicas e privadas, com o objetivo de facilitar o acesso à vacina e aumentar o número de adolescentes protegidas.— É uma vacina ainda pouco conhecida pela população, por isso estamos levando não só o imunizante, mas também informação para as escolas — ressalta o secretário de Saúde do Rio, Hans Dohmann.Proteção contra quatro tipos de vírus.A vacina contra o HPV (papilomavírus humano) tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não tiveram contato com o vírus.
0