Trânsito de volta para casa é intenso na quarta-feira de cinzas no Rio

Até as 7h40, Ponte Rio-Niterói tinha trânsito livre nos dois sentidos.
Prefeitura já começou liberação das principais vias da cidade, após feriado.

Do G1 Rio
O trânsito era tranquilo, sem congestionamentos, no início da manhã desta quarta-feira (5) de cinzas no Rio de Janeiro. No entanto, devido ao movimento de volta para casa, o fluxo de veículos começava a ficar intenso em algumas das principais rodovias do estado.
Na Ponte Rio-Niterói, motoristas encontravam o tráfego livre, e o tempo de travessia era normal, de 13 minutos nos dois sentidos. A previsão da CCR Ponte é que 176 mil veículos utilizem a via neste fim de feriado.
Quem saía da Região dos Lagos por volta das 7h pegava a Via Lagos sem lentidão, mas com fluxo intenso. O motorista que utilizava a Rodovia Niterói-Manilha, BR-101, sentido Rio, também encontrava as mesmas condições, sem retenção. Enquanto isso, quem seguia pela Rodovia Amaral Peixoto, RJ-106, já enfrentava 15 quilômetros de lentidão, no trecho entre os municípios de Cabo Frio e Araruama, dois dos principais destinos preferidos do carioca.


Na Via Dutra, o tráfego ainda era normal no sentido Rio, por volta das 7h35. A concessionária Nova Dutra estima que o fluxo comece a aumentar a partir das 12h. Na BR-040, o trânsito também era bom.
A Linha Vermelha e a Avenida Brasil estavam livres, nos dois sentidos, ao longo do início da manhã, de acordo com o Centro de Operações Rio (COR). No Viaduto do Gasômetro, o trânsito era normal. Na Avenida Rodrigues Alves, Zona Portuária, o fluxo já era intenso, sentido Praça Mauá, altura da Rua Cordeiro da Graça.
Centro
Logo no início da manhã, às 5h40, as vias do Centro do Rio começavam a ser liberadas, após dias de operação especial de trânsito para o carnaval. A pista sentido Candelária da Avenida Presidente Vargas foi totalmente liberada para o tráfego de veículos, segundo o Centro de Operações da Prefeitura, e tinha trânsito sem retenção.
A pista sentido Praça da Bandeira da Avenida Presidente Vargas continuava interditada, na altura da Central da Brasil. Assim como a Avenida Rio Branco, que deve seguir fechada até as 10h desta quarta.
Quem viaja de avião encontra um movimento de pessoas maior que o normal no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, na Ilha do Governador. As decolagens e pousos decorriam normalmente. No Aeroporto Santos Dumont, no Centro, as operações também eram normais nesta manhã.
Acesse o Radar G1 e saiba como está o trânsito no Rio de Janeiro agora, com câmeras nas principais vias e indicações de onde o fluxo de carros está lento, intenso ou livre
0