Último transatlântico da temporada em Cabo Frio chega nesta sexta-feira. Mais de 11 mil turistas de cruzeiros passaram pela cidade e deixaram uma receita significante: um pouco mais de meio milhão de reais.


Exibindo Chegando no Terminal de Transatlânticos.jpg


Exibindo Atendimento aos turistas.jpg


Exibindo Turistas do último transatlântico, 1º de março, visitaram o comércio local.jpg

Exibindo no Pier de Transatlânticos.jpg
O Navio Regatta vai encerrar a temporada 2013/2014 de cruzeiros na Praia do Forte, em Cabo Frio, nesta sexta-feira (7\3). 684 turistas devem passar pelo Terminal de Transatlânticos. A previsão é de que o navio Regatta, da operadora Oceania Cruises, aporte às 8 horas e fique na cidade até as 16 horas.
Sofisticado, elegante e encantador, o Regatta é o navio-almirante da frota da Oceania Cruises, com 342 suítes e cabines de luxo, sendo quase 70% com varanda privativa. São 684 hóspedes e uma equipe de 400 profissionais europeus.
O navio ficará fundeado na Praia do Forte e os passageiros serão transportados de 15 em 15 minutos por catamarãs até o Píer de Transatlânticos do município, localizado ao final da Avenida Assunção, no Centro. O turista encontrará no local uma estrutura de atendimento, fornecida pela Secretaria de Turismo, com pontos de táxis e diversos outros serviços. 
A segurança e o ordenamento também é feita em grande estilo por terra e pelo mar pela Guarda Marítima e Ambiental, Guarda Municipal e secretaria de Transportes que dão todo o apoio no embarque e desembarque dos visitantes, proporcionando-lhes tranquilidade e motivação para conhecer a Cidade. 
Uma equipe do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), também dá suporte aos turistas, além de informações sobre os pontos turísticos da Cidade, gastronomia e lazer.
Segundo informações da Secretaria Municipal de Turismo de Cabo Frio, desde o primeiro navio que chegou em 6 de dezembro de 2013 até esta sexta-feira, 7 de março, a Cidade recebeu 4 navios diferentes com 7 escalas, totalizando cerca de 11 mil e 400 turistas. Foram os cruzeiros da Empres (Imperatriz, da Pullmantur), MSC (Orchestra e Poesia) e o Regatta, da operadora Oceania Cruises, que movimentou o comércio, o setor gastronômico e demais serviços, confirmando Cabo Frio como um dos principais destinos turísticos do Brasil e rota dos cruzeiros marítimos de luxo.
- Já há alguns anos, Cabo Frio se firmou como escala de transatlânticos. Nesta estação, alguns navios que nunca haviam navegado em águas nacionais ancoraram na cidade, com milhares de passageiros, gerando uma receita significante: R$ 600 mil, comemora o superintendente da Sectur, Aldenir Soares, destacando que “a maioria das viagens destes cruzeiros, partem e tem como destino final os portos do Rio de Janeiro e de Santos.

 Fotos: Luane Ferreira\ Turismóloga da Sectur
Texto: Telma Flora | Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Turismo

0