Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sexta-feira, 4 de abril de 2014

Bom dia! Confira os destaques dos jornais desta sexta-feira, 4 de abril. Semifinais da Copa Rio sub-17 acontecem hoje. As duas partidas da fase serão no Estádio Municipal Alair Corrêa e com transmissão do canal SPORTV

Exibindo DSC_0039.JPG


Foto: Horácio CF Zone

No próximo domingo (06/04) termina a XXVIII Copa Rio Sub 17. Das 32 equipes de diversos estados do país que iniciaram a disputa pela competição, apenas quatro restaram, e se enfrentam amanhã (sexta), no Estádio Correão, com portões abertos. O campeonato é organizado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) e conta com apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.
No primeiro jogo do dia, um clássico baiano, onde o Vitória enfrenta o Bahia, às 16h, no Correão, com transmissão do canal de TV por assinatura SPORTV. Na outra semifinal, o Fluminense joga contra o Palmeiras às 19h, ainda com transmissão do canal à cabo. As duas equipes vencedoras se enfrentam na grande final, domingo, às 13h, que também será transmitida pelo canal a cabo.
Semifinais
Sexta-feira – 06/04
16h – Vitória x Bahia
19h – Fluminense x Palmeiras
Final
Domingo – 13h - 06/04


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Jornais nacionais
Folha de S.Paulo
Consumidor pagará custos extras da luz em 2015 e 2016
Agora S.Paulo
Saiba como barrar na troca de aposentadoria a devolução de grana
O Estado de S.Paulo
Governo impõe sua própria CPI e tenta blindar Petrobrás
O Globo
Doleiro e ex-diretor teriam contas conjuntas
Correio Braziliense
Congresso gasta mais e produz cada vez menos
Estado de Minas
Ônibus fica 7,5% mais caro
Zero Hora
De cadeia no Paraguai, traficante comandava quadrilha no Estado
*
Jornais internacionais
The New York Times (EUA)
Karzai tenta manter seu domínio após fim do mandato
El País (Espanha)
Interior executa novas deportações de imigrantes não identificados
Fonte: Folha Online


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Correio Braziliense

Manchete: #vaitrabalhardeputado - Congresso gasta mais e produz cada vez menos
Faz três anos, mostra levantamento, que o volume de trabalho dos deputados federais e senadores só diminui. Foram 220 projetos aprovados em 2011; 204, em 2012; e 186 em 2013. Para 2014, ano de Copa e eleiçõee, a previsão é a pior possível. Enquanto isso, o orçamento das excelências não para de crescer. A indignação dos brasileiros também. Nas redes sociais e nas ruas da capital, brasilienses criticaram a decisão dos distritais de ter sessões de votação apenas às terças-feiras.A pressão resultou numa cena inédita na Câmara Legislativa. Pela primeira vez, neste ano, 19 dos 24 parlamentares apareceram para trabalhar em plena quinta-feira. (Págs. 1, 2, 19 e 20)
Governo e “sócios” da Petrobras peitam CPI
Donos dos cargos mais cobiçados da maior estatal brasileira, PT, PMDB, PP e PTB agem sob orientação do Planalto para barrar investigação do Senado sobre a compra da refinaria de Pasadena. Grupo belga pagou US$ 42,5 milhões pela petroleira texana e depois revendeu à Petrobras por mais de US$ 1 bilhão. (Págs. 1, 3 e 4)
Reguffe apoia Rollemberg para o GDF
O deputado federal do PDT desistiu de disputar o governo local e anunciou a adesão à candidatura do senador do PSB. O futuro do pedetista, no entanto, segue indefinido: ele pode concorrer ao Senado ou ser vice. (Págs 1 e 21)
Cotistas terão 55% das vagas da UnB em 2016
Estudantes depredaram salas em protesto contra a redução a 5% na reserva para negros — esse percentual garante o acesso também a alunos de escolas privadas. Mesmo com a mudança, em dois anos a universidade oferecerá mais vagas que o determinado na lei federal das cotas sociais. (Págs. 1 e 2)
Justiça: Menina de 5 anos pode usar remédio à base de maconha (Págs. 1 e 23)

Anchieta: Padre espanhol que viveu no Brasil é proclamado santo (Págs. 1 e 7)

Vai ter Copa! Mas nada de feriados...
O governo federal desiste de dar folga aos servidores nos jogos do Brasil e anuncia que nessas datas o expediente acaba às 12h30. No GDF, haverá ponto facultativo após às 12h quando houver partidas no Mané Garrincha. (Págs. 1 e Superesportes, 3)
Só a polícia pode parar os quenianos
Sempre favoritos nas provas de rua do Brasil, os africanos são investigados pela PF e devem ser proibidos de correr por não terem visto de trabalho. Em cinco anos, eles ganharam R$ 1,2 milhão em prêmios. (Págs. 1 e Superesportes, capa)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Manchete: 10 meses depois dos protestos - Ônibus fica 7,5% mais caro
A partir de domingo, a tarifa básica sobe de R$ 2,65 para R$ 2,85. Segundo a BHTrans, o aumento está respaldado em estudo nos contratos de concessão, parte pelos custos de manutenção do serviço e parte devido aos investimentos no BRT. O objetivo é garantir a taxa de lucro acertada com as empresas, de 8,95%. Mas a própria BHTrans admitiu que elas vinham lucrando mais antes da implantação do novo sistema.

O Ministério Público Estadual vai periciar os números apresentados como justificativa do reajuste das passagens, para verificar se ele era necessário, e se posicionará em 30 dias. No fim da tarde de ontem, em protesto contra o aumento, manifestantes invadiram estação do BRT na Avenida Paraná, pularam roletas, picharam e colaram cartazes nas paredes. De lá, o grupo seguiu para a porta da prefeitura e depois se dispersou. (Págs. 1 e 17)
Vulnerável às tempestades
Mais um temporal para mostrar a fragilidade de importantes áreas de BH diante das enxurradas. Ontem à tarde, houve 93 pontos de alagamento. Carros foram arrastados na Rua Joaquim Murtinho, na Região Centro-Sul, a mais castigada. Os bombeiros socorreram ainda pessoas ilhadas em veículos em bairros de outras regiões. Só nos três primeiros dias do mês, choveu 132mm, mais da metade dos 235mm somados de janeiro a março. (Págs. 1 e 21)
Lacerda sinaliza que fica na PBH (Págs. 1 e 2)

Emoção na despedida
Em seu último dia à frente do governo, Antonio Anastasia (PSDB) não conteve as lágrimas ao se despedir de secretários e assessores. Hoje, ele entrega o cargo ao vice, Alberto Pinto Coelho (PP), a quem abraçou. Mesmo de saída, Anastasia não confirmou a candidatura ao Senado. (Págs. 1, 3 e 4)
Força-tarefa quer 5 mil na cadeia (Págs. 1 e 18)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Eduardo entre atos
Após 7 anos e 3 meses à frente do governo de Pernambuco, Eduardo Campos cumpriu ontem agenda de inaugurações e anúncios, renunciou ao cargo e passa hoje a função ao vice, João Lyra Neto, para candidatar-se a presidente da República.


Roteiro cumprido

Eduardo tem hoje hegemonia política no Estado, coleciona feitos como o Pacto pela Vida, mas deixa ao sucessor pendências em áreas como mobilidade.

Avant-première

Agenda da quinta-feira foi de inaugurações nos hospitais Barão de Lucena, HR e HCP, Parque da Macaxeira e museu Cais do Sertão, com direito a forró.

Próxima sessão

Lyra assume às 15h. Ontem ele anunciou o primeiro escalão e criou a Secretaria da Microempresa. (Págs. 1 e capa dois, páginas 3 a 6e especial 1 a 8)
IPTU em Gravatá sobe até 900%
Em condomínio, imposto saiu de R$ 247 para R$ 2.467. Prefeitura diz que se trata de reenquadramento. (Págs.1 e economia 4)
UFPE decide substituir vestibular pelo Enem
Adesão ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abre espaço para que vagas sejam disputadas por candidatos do Brasil inteiro. (Págs. 1 e cidades 4)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: De cadeia no Paraguai, traficante comandava quadrilha no Estado
Investigação da Polícia Federal se encerra com apreensão de 1,2 tonelada de drogas, 24 veículos e prisão dos últimos integrantes de bando liderado por brasileiro que estava em presídio em Assunção. (Págs. 1 e 40)
Na tomada: Seca deverá acrescentar 9% na conta de energia
Custo de socorro para as empresas do setor elétrico terá de ser compartilhado. (Págs. 1 e 20)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete: Aprovação à política do BC ainda supera as críticas
Ainda que façam ressalvas à intensidade ideal da alta de juros, economistas acreditam que a estratégia do Banco Central permanece como a melhor forma de conter a inflação. Do outro lado, estão os que defendem a necessidade de reformas estruturais, como a renegociação da dívida pública, para conter os índices. Neste debate, até pesos-pesados trocam farpas em artigos públicos. (Págs. 1 e 4 a 6)
Planos de teles reanimam telefone fixo
Tidas como obsoletas após a popularização dos celulares, as linhas fixas continuam conquistando novos clientes, que compram o serviço dentro de pacotes com banda larga e TV por assinatura. (Págs. 1, 14 e 15)
Fundos voltam a ter captação líquida positiva
Após sete meses de mais saída do que aplicações, os fundos de investimentos registraram em março um saldo positivo de R$ 5 bilhões. No trimestre e no ano, as perdas ainda persistem: R$ 3,30 bilhões e R$ 15,32 bilhões. (Págs. 1 e 20)
Julio Gomes de Almeida: Dúvidas sobre os setores que
crescem e pouca perspectiva de melhora de quem declina dão o retrato da indústria. (Pág. 1 e 7)
Mundo emergente: Troca de primeiro-ministro deve mudar o tom da Índia nas negociações externas (Págs. 1 e 29)

Ferro: Samarco inaugura, no Espírito Santo, pelotizadora já com toda a produção vendida (Págs. 1 e 16)

------------------------------------------------------------------------------------
EBC Serviços
Postar um comentário