Copa 2014: fluxo de turistas estrangeiros aumentará cinco vezes

Levantamento analisou reservas aéreas internacionais para o Brasil no período do mundial em relação ao ano passado
Um estudo realizado pela empresa espanhola Forward Data, junto com a Pires & Associados no Brasil, analisou as reservas aéreas para o Brasil durante a Copa do Mundo, apresentando resultados inéditos sobre como o evento afetará o turismo brasileiro. O levantamento indica que, em relação ao mesmo período de 2013, durante os dias de realização da Copa o número de turistas estrangeiros que chegarão ao Brasil por via aérea será cinco vezes maior.

De acordo com as reservas, os principais emissores internacionais serão os Estados Unidos, a Alemanha e a Inglaterra. E as três cidades mais visitadas serão Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador.As reservas domésticas para viagens de junho a agosto dispararam, com um crescimento três vezes maior quando comparado com o mesmo período em 2013, e até mesmo com um crescimento nove vezes mais quando se considera o período de 1 a 26 de Junho (incluindo as primeiras etapas do torneio).De acordo com o estudo, as 12 cidades sede da Copa – Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Fortaleza, Recife, Brasília, Belo Horizonte, Natal, Manaus, Porto Alegre, Cuiabá e Curitiba – vão ter um aumento significativo no número de visitantes durante a realização dos jogos em cada uma delas.As reservas para o Rio de Janeiro, por exemplo, mostram um fator de crescimento sete vezes maior para o período entre a cerimônia de abertura e os seis jogos agendados na cidade, com picos de chegada dias antes de cada partida agendada. Os turistas com reservas para o Rio de Janeiro são principalmente dos EUA (21%), Inglaterra (8%) e Argentina (7%).A Forward Data é um fornecedor de inteligência operacional de negócios para conselhos nacionais de turismo, cadeias de hotéis, comércio e outras empresas interessadas em monitorar e antecipar o fluxo de viajantes. A Pires & Associados tem 20 anos de atuação e é especializada em inteligência comercial e consultoria em turismo.Segundo Jeanine Pires, diretora da Pires & Associados, que também é executiva do setor de turismo e ex-presidente da Embratur, este estudo vai oferecer ferramentas para que as lideranças privadas e públicas do turismo nacional desenvolvam estratégias para o setor.Fonte: Portal da Copa
0