Deputado André Vargas diz que renunciará ao mandato. Decisão é motivada por denúncia de vínculo com doleiro preso pela PF.

Do G1, em Brasília
O deputado federal André Vargas (PT-PR) informou nesta segunda-feira (14) à GloboNews que renunciará ao mandato.
Ele deverá apresentar a carta de renúncia à Câmara até esta terça (15), informou o ex-assessor de comunicação e amigo pessoal Ricardo Weg.
Desde o último dia 7, Vargas está licenciado do mandato. Ele pediu afastamento por 60 dias. No dia 9, ele renunciou ao cargo de vice-presidente da Câmara.
A decisão de Vargas é motivada pela denúncias de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato, que dissolveu um esquema de lavagem de dinheiro.
O deputado chegou a admitir que viajou em um jatinho fretado pelo doleiro, mas negou ilegalidade na relação com Youssef. Em mensagens publicadas no Twitter na semana passada, disse que vai provar sua inocência "de cabeça erguida".
0