Estradas do Rio têm esquema especial de trânsito na volta do feriadão

Avenida Brasil será reaberta após 60 horas de interdição.
Movimentação é intensa nesta manhã na Linha Vermelha.
Do G1 Rio
ponte rio-niteroi (Foto: globo news)Movimentação deve ser intensa na Ponte Rio-Niterói na volta do feriado (Foto: Globo News)
Os motoristas que voltam ao Rio de Janeiro após feriado prolongado de Páscoa, Tiradentes e São Jorge enfrentam tráfego lento na Linha Vermelha e nos arredores da Avenida Brasil na manhã desta quarta-feira (23). Um esquema especial de trânsito foi montado nas principais estradas que cortam o estado.

A Avenida Brasil, que foi interditada às 22h de domingo (20), volta a ser liberada para o tráfego às 10h. Os motoristas que pretendem evitar congestionamento na volta do recesso devem ficar atentos às mudanças e horários de maior movimentação. Confira abaixo as mudanças.
Ponte Rio-Niterói
A Ponte Rio-Niterói registrou a passagem de 247 mil veículos em direção a Niterói e à Região dos Lagos, entre os dias 17 e 19 de abril. Mais de 175 mil veículos atravessarão a Ponte em direção à capital, de acordo com a concessionária.
A CCR Ponte informou que equipes do SOS Usuário Mecânico e Médico estarão reforçadas no período para atender a demanda dos usuários. Elas ficarão baseadas em pontos estratégicos da rodovia, com viaturas de inspeção, guinchos e ambulâncias UTI e de resgate.

Via Lagos
O esquema especial da CCR Vialagos para o feriado mais longo do ano só termina nesta quinta-feira (24). Até lá, 73 mil veículos deverão passar pela rodovia. Até as 16h desta terça-feira (22),  foi registrada a passagem de 19 mil veículos. Entre os dias 17 e 21 de abril, 150 mil veículos trafegaram pela ViaLagos.

Para não comprometer a fluidez do trânsito na rodovia no período, as obras de implantação da divisória metálica entre as pistas serão realizadas apenas nos horários de menor movimento e duas faixas de rolamento estarão liberadas no sentido de maior fluxo.

Vias expressas
A Avenida Brasil vai reabrir às 10h desta quarta-feira após ficar interditada desde as 22h de domingo (20). A Linha Vermelha, que seria a melhor opção para os motoristas, ficou interditada nesta terça (22) por causa de protestos.
Os motoristas têm algumas opções para circular no eixo viário entre o Centro e a Zona Oeste. Quem segue em direção à Zona Oeste deve seguir pelo acesso da Ilha do Governador, fazer o contorno em direção à Avenida Brasil e optar pela Avenida Almirante Frontin e depois a Avenida Santo Adalardo.
Para os condutores que saem da Zona Oeste em direção ao Centro, a opção é seguir pela pista lateral da Avenida Brasil até o acesso à Avenida Teixeira de Castro. Depois, os motoristas devem entrar na Rua Barreiros, Avenida dos Campeões, Rua da Regeneração e Rua Sargento Silva Nunes, para poder voltar para Avenida Brasil após o trecho interditado.

Itaboraí - Nova Friburgo - Macuco
Na rodovia RJ 116, o esquema especial de trânsito irá começar às 12h desta quinta-feira (17) e vai durar até o dia 24 de abril. Cerca de 300 funcionários irão se revezar em plantões permanentes nos 140 quilômetros da estrada.
A previsão é de que o aumento do fluxo seja registrado a partir das 18h de quinta-feira (17) e no retorno do feriadão na tarde de quarta-feira (25).  A concessionária irá suspender as obras de melhorias que estão sendo realizadas em diferentes trechos da RJ 116 durante os dias de feriado.
Nova Dutra
A CCR Nova Dutra realiza também uma operação especial de orientação e atendimento aos motoristas e passageiros que utilizarão a Via Dutra durante os feriados de Páscoa e Tiradentes.
Para auxiliar os motoristas, a Via Dutra será monitorada por mais de cem viaturas e 500 profissionais, entre agentes de atendimento, médicos e enfermeiros e equipes de emergência distribuídos em 11 bases operacionais ao longo da via. Durante o feriado a CCR NovaDutra colocará à disposição dos usuários equipes extras do SOS Usuário em pontos estratégicos.
Algumas obras podem deixar o fluxo lento no trecho do KM 297,2, em Resende, e no KM 174,6, na altura de Nova Iguaçu.
Rio - Teresópolis (BR-116)
A Concessionária Rio-Teresópolis (CRT) terá a partir de quinta-feira (17) um esquema especial de plantão para atender o aumento do fluxo durante o feriadão. A estimativa é que 127 mil veículos passem pela via. A operação será mantida entre quinta-feira e domingo e na quarta-feira (23).
Todos os serviços que provocam interferência no tráfego serão suspensos. Sete guinchos, seis viaturas de inspeção, três carros de resgate, uma UTI móvel e uma ambulância estarão a disposição dos motoristas. A concessionária vai manter papa-filas na praça principal de pedágio em Bongaba, nos horários de maior movimento.
A tarifa de pedágio para carros de passeio na praça principal em Bongaba é de R$ 12,20 e R$ 8,50 nas auxiliares de Santo Aleixo e Santa Guilhermina. Os veículos pesados têm o valor da tarifa multiplicado pelo número de eixos. Motocicletas pagam R$ 6,10 na praça principal e R$ 4,25, nas auxiliares.
Rio - Juiz de Fora (BR-040)
A Concer, concessionária que administra a BR-040, vai reforçar o atendimento de socorro mecânico durante o feriado da Semana Santa e Tiradentes. Cerca de 340 mil veículos devem passar pela rodovia nos cinco dias.
Nas três praças de pedágio da rodovia, a concessionária colocará equipes de papa-filas para dar mais agilidade ao pagamento. O Centro de Controle Operacional aumentará o número de reboques para remover veículos com pane mecânica, principalmente em trechos de maior circulação de usuários, como na Baixada Fluminense e Serra de Petrópolis.
O motorista deve ter atenção em trechos da rodovia parcialmente interditados por causa de obras, principalmente ao longo da descida da serra de Petrópolis.
0