Perseguição termina com um morto e três feridos em Niterói

André Silva de Sousa, de 20 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu
ROBERTA TRINDADE
Rio - Após roubar um carro na Zona Norte de Niterói para praticar assaltos na Zona Sul, um quarteto foi surpreendido por um cerco montado pela PM, no final da noite deste sábado. Ao notarem que seriam detidos, os criminosos iniciaram fuga dirigindo de volta novamente em direção à Zona Norte e efetuaram disparos contra os policiais.
Houve troca de tiros durante a perseguição - de cerca de sete quilômetros - e os quatro foram alcançados na Avenida Professor João Brasil, na Engenhoca. Um deles morreu no confronto.
Perseguição terminou em acidente e morte
Foto:  Reprodução Facebook
Policiais do 12º BPM (Niterói) foram alertados pelo rádio das viaturas que criminosos haviam roubado o Honda City prata placa KPD 5567 no Barreto e estavam praticando outros roubos.
Ao receberem a informação de que havia um carro com as mesmas características no Ingá, os PMs realizaram um cerco e conseguiram localizar os bandidos, que reagiram atirando contra as viaturas.


Um menor de 15 anos, morador do Morro da Mangueira, em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, foi baleado e conduzido ao Hospital Estadual Azevedo Lima, no Fonseca - para onde também foram levados seus outros dois comparsas.
Identificados como Vinícius Conceição de Oliveira, o Jacaré ou Jaca, 20, e Alex Sandro, 19, eles são do Morro do Castro, no bairro Tenente Jardim - na divisa entre os municípios de Niterói e São Gonçalo. O quarto criminoso, André Silva de Sousa, de 20 anos, conhecido como "Hamburgão da Nova Brasília", morreu no local. Um revólver calibre 38 foi recuperado. A ocorrência foi registrada na 78ª DP (Fonseca).
0