Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







terça-feira, 1 de abril de 2014

Praça das Águas de Cabo Frio, no RJ, recebe iluminação da Coréia do Sul

Obra faz parte da nova orla da cidade; total de gastos foi de R$12 milhões.
Local é considerado aquário a céu aberto; pintura subaquática surpreende.
Do G1 Região dos Lagos
Obra faz parte da nova orla da cidade; total de gastos foi de R$12 milhões (Foto: Walmor Freitas/W2Imagens)Obra faz parte da nova orla da cidade; total de gastos foi de R$12 milhões (Foto: Walmor Freitas/W2Imagens)
Localizada na Praia do Forte, em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio de Janeiro, a  Praça das Águas está chamando a atenção de moradores e turistas. A praça está em uma área de aproximadamente 1.60 metros, possui um lago com 1,5 milhão de litros de água, e integra o ponto turístico mais famoso da cidade. A prefeitura gastou R$12 milhões com a obra e com a nova orla da cidade e o projeto de iluminação utilizado na praça é da Coréia do Sul.


Ao redor da praça, foram instalados 28 postes com lâmpadas de LED. Segundo a assessoria do município, esta é a a primeira vez que a iluminação de um projeto público deste porte é feita no país. Os modelos standard, segundo a prefeitura, têm uma potência maior e são econômicos. As lâmpadas têm tons azul, verde e lavanda, para causar um efeito de tranquilidade aos visitantes. Ao todo, são160 lâmpadas que iluminam o local. 
''Você experimenta a cor, a profundidade e mais o tempo, que é a ultima dimensão ,para poder explorar o local com suas mutações. São mais de 400 cenas - mudanças de cores -  comandadas por um computador'', explicou a arquiteta e urbanista Viviane Menezes.
"A partir do acendimento urbano, a praça também começa a se ilumionar e as 400 cenas começam a rodar em looping em função da fotocélula que aciona o conjunto. Lentamente, as mutações começam em um período muito sutil e as pessoas começam a perceber movimento de cores sobre as águas", completou a arquiteta.
Segundo Viviane Menezes, a água é quase potável porque, à principio, o projeto teria vegetação, mas esta não foi utilizada para que as pessoas pudessem colocar a mão na água. ''Ela não é apropriada para banho, não é um tanque urbano, o grande forte do trabalho é a manutenção de tudo. O zelo pela manutenção tem que passar a existir não só por parte da prefeitura, como do público também'', ressaltou.
A pintura feita pelo grafiteiro e artista plástico Lobão é uma inovação, pois é o único grafite subaquático já feito no estado. "Ela é imaginária, passa da fantasia para a realidade e só podia ser feita por um desenho, por uma ilusão. A pintura feita no fundo do lago tem vivacidade na figura em 3D, que são os peixes de tecnologia brasileira, portuguesa e holandesa", completa.
Nos tanques laterais da Praça das Águas foram colocados os peixes que serão tratados diariamente por um biólogo e um veterinário, como se faz em qualquer lugar do mundo onde há vida marinha. Uma novidade também no país. O chafariz é ultrailuminado, alcançando até 2 metros de altura devido aos ventos fortes de Cabo Frio. A capacidade do jato foi calculada para evitar desperdício.
A Praça das Águas fica na Praia do Forte e quem já viu não poupou elogios. "Vim de Minas Gerais passar as férias aqui e fiquei maravilhado com este espetáculo. Temos a praia linda durante o dia, e estas cores e movimentos fantásticos de luz nesta praça à noite", comentou o turista Rogério Matias, 28 anos, moradores de Juiz de Fora.
Postar um comentário