Aos 83 anos, Mãe Dináh, que dizia ter previsto acidente dos Mamonas, morre em SP

Ela estava internada no Hospital da Luz. O velório é realizado no Cemitério da Paz, Morumbi, e o enterro acontece às 15h
IG
São Paulo - A vidente Mãe Dináh, nome pela qual Benedicta Finazza ficou famosa em todo o País, morreu na sexta-feira (2) em São Paulo, aos 83 anos. O velório está sendo realizado no Cemitério da Paz, Morumbi, na zona sul de São Paulo, desde as 8h deste sábado (3). O enterro será às 15h.
Mãe Dináh foi internada no Hospital da Luz, na Vila Mariana, Zona Sul, na última quinta-feira (1). O hospital, por meio de sua assessoria de imprensa, aguarda autorização da família para divulgar as causas da morte.
Morreu, aos 83 anos, a vidente Mãe Dinah
Foto:  Ag. News
Nascida no bairro do Paraíso, zona sul de São Paulo, ela afirmou em entrevistas que passou a desenvolver sua mediunidade aos 3 anos de idade. Ficou famosa nos anos 1990, quando supostamente previu o acidente aéreo que matou o grupo Mamonas Assassinas, em 1996. Desde então, passou a aparecer em programas de TV fazendo previsões como terapeuta holística.
A médium foi criticada por ter supostamente previsto uma vitória do piloto Ayrton Senna no ano em que o ídolo morreu em acidente na Fórmula 1, em 1994. Por causa desses equívocos, ela virou motivo de brincadeira entre comediantes e chegou a protagonizar, em 2013, comercial da nova MTV, no qual ironizava suas próprias previsões.
0