Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







terça-feira, 27 de maio de 2014

Artesanato de Cabo Frio fortalece workshop de Turismo na UVA. Artesãos apresentaram uma variedade de produtos desenvolvidos a partir da reciclagem de materiais, mostrando como o artesanato é importante para o atrativo turístico da cidade


Exibindo as vendas dos produtos superaram as expectativas.jpg

A Casa Artesanal de Cabo Frio, segmento da Secretaria de Turismo (Sectur) marcou presença na quinta-feira (22/5), no Workshop de Turismo, que a Universidade Veiga de Almeida (UVA), em parceria com a ExpoHotel Búzios e o grupo ABC do Sol, realizou no campus Cabo Frio. 
Durante todo o dia, empresas que atuam na Região dos Lagos deram pequenas mostras, por meio de fotos, vídeos e até vivências, das atividades que podem ser exploradas. 
Cerca de 30 artesãos apresentaram uma variedade de produtos desenvolvidos a partir da reciclagem de materiais, entre eles, peças produzidas com a casca de coco, mostrando como o artesanato é importante para o atrativo turístico de Cabo Frio.
 - Nosso artesanato não poderia ficar de fora, já que dentre tantos outros segmentos artísticos, movimenta hoje cerca de 50 bilhões na economia brasileira e segundo o IBGE o Brasil possui 8,5 milhões de artesãos em cada canto desse país. No turismo o artesanato ganha destaque por seu valor afetivo, já que todo mundo que viaja quer levar uma recordação do local – explicou a coordenadora do Artesanato da Sectur, Vânia Carvalho.


Quem participou da feira pode comprovar que os artesãos da Casa Artesanal agradaram e surpreenderam o público trazendo  a visibilidade e o reconhecimento  dos trabalhos do artesanato de Cabo Frio que hoje são uma referência. A prova é que as vendas surpreenderam até aos artesãos que não esperavam que a receptividade fosse ser tão imediata.

- Para muitos, a ideia era só fazer vitrine, e a exposição das peças serviria apenas como uma pequena mostra, porém por conta da qualidade e beleza do material, as vendas superaram as expectativas, o que fortalece a crença de que, quando trabalhamos com uma produção genuína, criativa e original o público se sente atraído e isso só fortalece nossa cidade quando agregamos valores ao nosso turismo – comemora Vânia Carvalho.

Em recente reunião com os artesãos da Casa Artesanal, a coordenadora Vânia Carvalho comunicaou algumas dos eventos em que o artesanato cabo-friense estará presente: Caminhadas da Natureza, no domingo (25/5), no Peró e Ilha do Japonês;  Semana do Meio Ambiente, de 2 a 6 de junho, na Praça Porto Rocha, com seis barracas de artesanato e oficinas temáticas; na Feira Forte: além da exposição e venda, os artesãos também ministrarão oficinas relâmpagos para os turistas e visitantes, mostrando que Cabo Frio tem no artesanato a força de seu povo.

- Artesanato e Turismo hoje estão intimamente ligados no fortalecimento de nossos atrativos quando acrescentamos a eles qualidade e sustentabilidade. Todas essas oportunidades marcam uma nova era para o artesão de Cabo Frio que nunca foi tão valorizado como no governo Alair Corrêa. O artesanato de Cabo Frio através da Casa Artesanal começa a demonstrar sua força, como um produto que agrega valor e leva o nome da cidade com muita competência, através dos belos trabalhos dos nossos artesãos. E vem muito mais por aí; o artesanato de Cabo Frio enfim está sendo reconhecido como um atrativo de valor e tudo graças a visão do nosso prefeito ao dar dignidade a quem faz da sua arte uma maneira de engrandecer nossa cidade – concluiu a coordenadora do Artesanato.

Texto e fotos: Telma Flora | Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Turismo
Postar um comentário