Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sexta-feira, 30 de maio de 2014

Empresários conhecem em Cabo Frio, oportunidade de negócios nas olimpíadas 2016. Motivação, poder de decisão e amadurecimento profissional foram técnicas apresentadas pelo ex- treinador da seleção, René Simões


Exibindo Rene apresenta suas técnicas de sucesso.jpg





Na manhã de quinta-feira (29\5), 80 micro e pequenos empresários da Região dos Lagos participaram no Teatro Municipal do projeto Sebrae no Pódio, iniciativa promovida pelo Sebrae\RJ, em parceria com a Prefeitura de Cabo Frio, por meio da secretaria de Turismo e a ACIA - Associação Comercial, Industrial e Turística de Cabo Frio, quando conheceram as oportunidades de negócios que os jogos trarão para o Rio de Janeiro. O orçamento do Comitê Olímpico para planejamento e organização dos dois eventos é de R$ 7 bilhões, dos quais R$ 300 milhões estão destinados às micro e pequenas empresas. 
- Nossa ideia é fazer com que a micro e pequena empresa tenha participação efetiva nas Olimpíadas 2016, explicou o coordenador do Sebrae no Pódio Francisco Marins, abrindo o evento.
Exibindo o início de sua carreira.jpg
Depois de conhecer melhor o projeto, os empresários assistiram à palestra sobre a experiência profissional de René Simões, ex-treinador das seleções feminina e masculina de futebol.
- Montar um time não é difícil. O verdadeiro desafio é construir uma equipe campeã, afirma René, que organiza a tarefa em 11 passos, todos comentados à luz de acontecimentos ao longo dos seus 30 anos de carreira, explicando ainda como vê a postura e as responsabilidades do líder no processo.
O técnico mostrou ainda como o incômodo é uma arma estratégica contra o comodismo e a falta de ambição, pontuando a discussão com casos relevantes de motivação. Usa, ainda, a própria biografia para falar de poder de decisão e amadurecimento profissional.
- Há 10 anos,  descobri que podia fazer de minhas histórias inspiração para muita gente. Foi assim que me tornei palestrante, atividade que exerço constantemente, transformando as situações vividas por minhas equipes em reflexão para diferentes ambientes de trabalho, disse.
Exibindo Francisco, Aldenir e René posam com o mapa de Glauco Brasil.jpg
René fez aos empresários uma apresentação completa, contendo imagens, informações e fatos novos sobre o processo que o levou ao pódio em Atenas. Cada crise envolvendo a equipe da seleção é contada para despertar reflexão sobre o próprio ambiente de trabalho.
- “O que é uma equipe”? “E Como comandar uma equipe?” são questões que percorrem o trajeto que vai da primeira convocação ao pódio, objetivo do projeto.
René Simões revisitou experiências profissionais vividas ao redor do mundo para construir uma mensagem de persistência e fé aos participantes e apontou a importância de extrair o máximo de cada situação, seja ela positiva ou negativa. Assim, percorreu tópicos como aprender a ouvir, comodismo, foco e sonho, entre outros.
A viagem começa na Arábia Saudita, em 1989, e segue para a Gold Cup, na Jamaica, em 1998. As Olimpíadas de Atenas, em 2003, com a seleção feminina de futebol, e o campeonato brasileiro pelo Coritiba, em 2006, foram outros pontos fortes da palestra.
O superintendente da secretaria municipal de Turismo Aldenir Soares, agradeceu a participação dos empresários, agora, segundo ele, estimulados para conquistarem bons resultados em seus negócios.
Exibindo atenção dos participantes.jpg- O René falou da história de vida dele e fez um paralelo com seu lado empresarial e de sucesso: dar o exemplo e superar a própria vaidade para estreitar o relacionamento e gerenciar dezenas de pessoas, lidando com suas frustrações, opiniões e ressentimentos, racionalizando objetivos e atacando as causas de insucesso nas edições olímpicas anteriores, em 1996 e 2000. Em alguns momentos, o líder precisa lançar mão de sensibilidade em função do desejo coletivo, mesmo que modifique em parte os planos traçados. Afinal, liderar é cuidar dos seus em todos os aspectos e antecipar possíveis crises. Mas, a trajetória até tais conclusões leva tempo, destacou Aldenir Soares, que presenteou em nome do prefeito Alair Corrêa, o ex-técnico com um mapa de Cabo Frio todo em couro e grafado pelo artesão cabo-friense, Glauco Brasil.
Ana Claudia Melo Vieira, coordenadora do Sebrae na Região dos Lagos acredita que a Olimpíada 2016 é uma excelente oportunidade de negócios e um número significativo de empresários na região está preparado para responder com seus produtos e serviços.
- As empresas interessadas no processo devem entrar em contato com a unidade do Sebrae, que fará uma visita à organização, conforme a demanda do evento. Em seguida, é feito um diagnóstico do negócio e são definidos os indicadores de gestão. Com a contratação de médias empresas, abrem-se, obrigatoriamente, rodadas de negócio. As empresas também recebem cursos e consultorias especializadas e têm definido o diagnóstico de sustentabilidade, concluiu.

Texto e fotos: Telma Flora

Assessora de Imprensa da secretaria Municipal de Turismo de Cabo Frio
Postar um comentário