Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







quinta-feira, 15 de maio de 2014

Mancha que apareceu em Búzios foi formada por microalgas, diz Inea

Instituto do Meio Ambiente divulgou laudo das amostras recolhidas.
Praias não foram interditadas; mancha já desapareceu.

Do G1 Região dos Lagos
Amostras foram coletadas para saber o que formou mancha (Foto: Zilma Cabral/Folha de Búzios)Mancha foi vista em três praias do balneário
(Foto: Zilma Cabral/Folha de Búzios)
A mancha visualizada na tarde de terça-feira (13) em três prais de Armação dos Búzios, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, é resultante de uma floração da cianobactéria trichodesmium erythraeum, segundo o Instituo Estadual do Ambiente (Inea).
Essa floração de cianobactérias, consideradas microalgas, é típica da plataforma continental e pode ter sido trazida para a costa devido à entrada da frente fria ocorrida no último sábado (10). Nas condições observadas, não oferece risco à saúde do banhista, ainda de acordo com o Inea. 
A mancha amarela com aproximadamente 200 metros de comprimento apareceu nas praias da Armação, Ossos e João Fernandes na manhã da última terça-feira (13). Assim que foi notificado sobre o caso, o secretário do Meio Ambiente na cidade, Fábio Dantas, fez uma vistoria nos locais e informou ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea) sobre o aparecimento de mais uma mancha nas praias de Búzios neste ano.


Assim que a equipe do Inea chegou na cidade, um sobrevoo foi feito na região das três praias do balneário. Ainda de acordo com o secretário, por voltas das 16h de terça (13), a mancha foi levada para o alto mar pela forte maré e vento que chegaram na cidade. Com um barco da Secretaria de Meio Ambiente, amostras foram coletada. 
Postar um comentário