Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







quarta-feira, 28 de maio de 2014

Menino de 11 anos atropela e mata a própria mãe com o veículo da família. Delegado ainda não conversou com o garoto, que está em estado de choque

O Dia
Um menino de 11 anos atropelou e matou a própria mãe com o veículo da família na noite de ontem (27), em Bauru, a 329 km da capital paulista. De acordo com relatos de testemunhas à Polícia Civil, a criança ajudava a mãe na venda de salgados no estacionamento de um supermercado quando acelerou o carro e a atingiu.


Testemunhas disseram que Gislaine Flora da Silva Augusto, de 38 anos, guardava a barraca e as mercadorias no carro da família, quando o menino que estava dentro carro acelerou o veículo, que estava com a marcha ré engatada, e passou por cima do corpo da mãe. O delegado do caso, Milton Bassoto Júnior disse que ainda não tem como saber se o automóvel já estava ligado, se ele tentou ligar ou brincando dentro do carro provocou o acidente.
Bassoto comentou também que o carro só parou ao atingir outro veículo que estava atrás. Gislaine chegou a ser socorrida com vida, mas morreu enquanto era atendida dentro da ambulância do Serviço Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A causa da morte será concluída após o laudo médico, mas acredita-se que o carro tenha passado pelo tórax da mãe, o que poderia ter causado hemorragia interna e levado a óbito.
O delegado afirmou que o acidente foi registrado como ato infracional culposo na direção de veículo automotor. Além disso, ele relatou que até o momento conversou apenas com um irmão da vítima, mas ainda não teve acesso à criança que entrou em estado de choque.
Uma das testemunhas disse que ao perceber que havia atropelado a mãe, o menino desceu correndo do carro para os braços dela dizendo aos prantos que a havia matado. Bassoto comentou que a maior punição que o garoto poderia ter já aconteceu, pois ele irá levar isto para o resto da vida.
Postar um comentário