Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







terça-feira, 6 de maio de 2014

Prefeitura de Cabo Frio faz apresentação de campanha de combate ao abuso sexual de jovens. Solenidade contará com a presença da ex-nadadora olímpica Joanna Maranhão, que dá nome à uma lei federal que alterou as regras de prescrição dos crimes de pedofilia e estupro de crianças e adolescentes.


Exibindo 05.05 - 15 segundos folder 1.jpg

A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria da Criança e do Adolescente (SECCA), apresenta nesta quinta-feira (8/5), às 19 horas, a Campanha de Atenção Permanente de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A apresentação acontece no auditório da Prefeitura, no centro da cidade. 
"Você tem apenas 15 Segundos para transformar essa realidade". O slogan da Campanha se refere ao alarmante número divulgado pela Organização das Nações Unidas (ONU), destacando que a cada 15 Segundos, uma criança é vítima de violência sexual no mundo. Segundo dados do Disque 100 (Disque Direitos Humanos Nacional), a cada 8 minutos uma criança sofre abuso sexual no Brasil. Em cerca de 80% dos casos, os abusadores são pessoas próximas, familiares ou amigos, que frequentam o ambiente com liberdade e conhecem a rotina da família. 
A equipe que integra a Secretaria Municipal da Criança e do Adolescente - profissionais na própria Secretaria, do Centro de Referência da Infância e Adolescência (CRIA) e Conselhos Tutelares - participou de um curso de capacitação no tratamento e prevenção ao abuso sexual de crianças e adolescentes, com o objetivo de aprimorar conhecimentos e compartilhar experiências profissionais, melhorando as ações de enfrentamento.



A campanha vai contar com a distribuição de flyers, folders, cartilhas informativas e cartazes que serão fixados em estabelecimentos turísticos, escolas e no comércio em geral. O trabalho de enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes vem sendo realizado desde o início da administração Alair Corrêa, e essa campanha tem o objetivo de reforçar a atuação em prevenção, tratamento e denúncia, junto à comunidade.

O evento terá uma presença ilustre: Joanna Maranhão, ex-nadadora olímpica, que em 2008, revelou publicamente que havia sofrido abuso sexual de seu ex-treinador, aos 9 anos de idade. Em 2009, um ano após a denúncia, foi aprovada uma lei federal que leva o nome da nadadora, com alterações nas regras de prescrição dos crimes de pedofilia e estupro de crianças e adolescentes. Joanna encerrou a vitoriosa carreira no ano passado.

A campanha de atenção permanente é realizada em uma parceria da SECCA com as secretarias de Turismo, Educação, Assistência Social e Comunicação Social.

Texto: Raissa Carvalho | Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal da Criança e do Adolescente
Postar um comentário